Calopsita pode comer jiló?

Postado por PETZ, em Atualizado em Mar 2, 2021

Aves
Calopsita pode comer jiló?
Tempo de leitura: 3 minutos

O jiló está longe de ser uma unanimidade no quesito sabor: há quem ame e quem odeie. Mas se tem uma coisa com a qual todos devem concordar é que se trata de um alimento muito saudável. E é pensando nisso que muitos tutores se perguntam se calopsita pode comer jiló.

duas calopsitas no galho

Rico em diversas vitaminas e minerais importantes para as aves, o jiló pode, sim, ser inserido na alimentação de calopsita como petisco de vez em quando. Porém, ele não deve substituir a ração, sob o risco de a calopsita desenvolver deficiências nutricionais.

Faz mal quando calopsita come jiló?

Calopsita come jiló e, geralmente, adora! Não faz mal dar jiló para essas aves. Dono de um sabor amargo e marcante, o jiló é uma boa fonte de fibras, vitaminas e minerais. 

Além disso, é um alimento pouco calórico: cada 100 g de jiló contém, em média, 27 calorias, não contribuindo para o aumento de peso. Então, jiló está na lista do que a calopsita pode comer.

A fim de aumentar a segurança do alimento, a calopsita pode comer jiló que esteja fresco e bem lavado. Pode ser servido às calopsitas com casca e tudo. Se possível, dê preferência ao jiló orgânico, que não possui concentração de agrotóxicos.

Quais os benefícios da calopsita comer jiló?

Uma calopsita com alimentação balanceada depende do aporte correto tanto de macronutrientes, como carboidratos e proteínas, quanto de micronutrientes, como vitaminas e minerais. 

Embora também possam ser fonte de carboidratos e proteínas, frutas, verduras e legumes são responsáveis principalmente pela ingestão de vitaminas. Classificadas como lipossolúveis ou hidrossolúveis, elas desempenham diversas funções importantes para o bom funcionamento do organismo das aves

calopsita no galho

No entanto, elas não são sintetizadas pelo corpo. Logo, devem ser obtidas a partir da alimentação. A seguir, saiba mais sobre as vitaminas presentes no jiló:

  • Vitamina A: também conhecida como retinol, é importante para a visão e atua nos processos de regulação da pele e da plumagem, mantendo-as saudáveis;
  • Vitaminas do complexo B: são cofatores em múltiplas reações metabólicas no organismo das aves. Sua deficiência afeta o organismo como um todo, mas é sentida principalmente na aparência ruim de pele e plumagem;
  • Vitamina C: é um importante antioxidante, retardando o envelhecimento e contribuindo para a manutenção do sistema imunológico. 

A calopsita pode comer jiló também porque ele é uma boa fonte de minerais. Entre eles: cálcio, ferro, potássio, magnésio e ferro. Assim como as vitaminas, eles participam de uma série de reações metabólicas, sendo importantes para a manutenção da saúde, da beleza e do bem-estar das aves.

Calopsita pode comer jiló cru?

Antes de falar sobre a melhor maneira de servir jiló para calopsita, vale destacar que nem todos os indivíduos da espécie gostam desse vegetal. Se esse for o caso da sua amiga emplumada, não insista. Utilize outra comidinha permitida como petisco. A maçã é uma das preferidas!

Como demais frutas, legumes e verduras liberados para calopsita, o jiló deve ser servido sempre fresco e bem lavado. A calopsita pode comer jiló cru, que é bom para reter os nutrientes.

Para reduzir o amargor do vegetal, uma dica é deixá-lo de molho por 15 minutos numa mistura de água e sal. Em seguida, lave-o em água corrente para remover resíduos. Assim, a calopsita pode comer jiló deliciosamente!

A importância da ração para a alimentação da calopsita

Não há problema algum em oferecer alimentos diferentes, como o jiló, para sua calopsita de vez em quando. Mas é importante ter em mente que eles não substituem o uso da ração como base da alimentação das aves domésticas. A calopsita não pode comer jiló todo dia.  

Ao oferecer uma ração própria para as aves, em geral não é preciso complementar a dieta com suplementos de vitaminas e minerais. A não ser, é claro, em caso de recomendação de um veterinário, o que pode acontecer em caso de problemas de saúde ou de períodos como troca de penas e reprodução.

um monte de jiló

Aqui, no blog da Petz, você pode conhecer ainda mais sobre a alimentação de calopsitas, levando em conta todas as necessidades nutricionais da espécie! Aproveite nossos conteúdos!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *