Visão das aves: como os pássaros enxergam o mundo?

Postado por PETZ, em Atualizado em Jun 1, 2021

Aves
Visão das aves: como os pássaros enxergam o mundo?
Tempo de leitura: 4 minutos

Os pássaros são animais muito intrigantes. A visão das aves, por exemplo, é um aspecto que desperta muitas dúvidas. Afinal, com um olho em cada lado da cabeça, como elas enxergam? Será que é do mesmo jeito que nós? Existe alguma diferença? 

Na verdade, nossas amigas voadoras possuem uma maneira muito especial de enxergar o mundo a sua volta. Quer saber como funciona? Então continue lendo este texto e aprenda mais sobre a visão das aves!

O campo de visão

Antes de entendermos melhor como é a visão das aves, devemos nos atentar a alguns pontos. Em primeiro lugar, nem todos os pássaros enxergam da mesma forma. Uma característica-chave para entender melhor isso é notar onde os olhos estão localizados 

Algumas aves, como os periquitos e papagaios, possuem olhos bem nas laterais da cabeça. Outras, como as corujas e gaviões, têm os olhos localizados na parte frontal, em um formato mais parecido com o dos humanos.

No primeiro caso, os pássaros têm um campo de visão maior, ou seja, conseguem enxergar sem precisar mexer o pescoço. Algumas espécies de aves, inclusive, podem enxergar até 300° sem precisar se virar. 

Já os pássaros que possuem os olhos localizados na frente, como as corujas, não conseguem enxergar ao seu redor sem mexer a cabeça.  Por isso, é comum vermos esses animais virando o pescoço a todo tempo, alertas para possíveis presas ou predadores.

Visão monocular ou binocular

Ter os olhos mais separados pode ser uma grande vantagem para a visão das aves, não é mesmo? Afinal, teoricamente, dessa forma elas podem enxergar mais coisas ao mesmo tempo. No entanto, os olhos não funcionam de maneira tão simples, visto que dentro da biologia existem as chamadas “visão monocular”  e  “visão binocular”.

A visão monocular permite que os animais enxerguem apenas com um olho, que apesar de aumentar o campo de visão, prejudica o senso de profundidade. Já a visão binocular utiliza os dois olhos. Isso diminui o campo de visão, mas melhora a noção de profundidade. 

Para entender esses dois tipos de visão, é possível fazer um simples teste: observe bem um ambiente com os dois olhos abertos. Em seguida, tape um de seus olhos e, depois, troque o olho que está tapado. 

Percebeu como algumas coisas, principalmente as mais distantes, parecem mudar ligeiramente de um lado para outro? Essa é uma visão monocular, por isso, a profundidade e a localização das coisas no espaço fica menos precisa. 

Como muitos tipos de pássaros possuem os olhos bem separados, boa parte do seu campo de visão é monocular. Porém, predadores como a coruja ou o gavião precisam saber exatamente onde está sua presa para um ataque certeiro. Por isso, nesses casos, a visão binocular é mais útil. 

Um festival de cores!

E as habilidades proporcionadas pela visão dos pássaros não param por aí. Pesquisadores descobriram que as aves podem enxergar cores invisíveis para nós. Isso é possível graças à presença excessiva de uma célula do olho chamada cone, que é responsável por captar diferentes cores.

Os humanos possuem três tipos dessa célula, assim, conseguem enxergar boa parte das cores existentes. Cachorros e gatos, por exemplo, possuem apenas dois tipos de cone e, por isso, enxergam algumas tonalidades de forma mais apagada.

Enquanto isso, a maioria dos pássaros domésticos ou selvagens possui quatro tipos de cone. Estudiosos da Universidade de Birmingham, na Inglaterra, acreditam que a quarta célula seja responsável por enxergar as luzes ultravioletas, invisíveis para nós. A visão das aves é incrível mesmo, não é verdade? 

Uma cor, muitas utilidades

Enxergar a luz ultravioleta pode parecer apenas mais uma curiosidade sobre as aves. No entanto, essa característica favorece as penosas em diversos aspectos. De acordo com pesquisadores, os pássaros utilizam esse mecanismo para: 

Buscar comida

Como as aves enxergam luzes ultravioleta, elas têm uma vantagem na hora de procurar por comida. Afinal de contas, esse fator facilita bastante a vida das bicudas para encontrar minhocas, insetos e pequenos parasitas. 

Encontrar um parceiro

Muitos pássaros não têm dimorfismo sexual, ou seja, machos e fêmeas são muito parecidos a olho nu. Assim, cientistas pensavam que os animais não conseguissem se diferenciar pela visão. Hoje, acredita-se que os animais consigam saber o sexo uns dos outros por conta da luz UV. 

Proteção da espécie

De acordo com o estudo da Universidade de Birmingham, enxergar a luz ultravioleta auxilia as aves a identificar ovos de sua própria espécie. É uma capacidade útil para a aproximação, proteção e propagação de seus semelhantes. 

Em outras palavras: enxergar a luz ultravioleta é quase um super poder! Afinal de contas, é a forma que a natureza encontrou de garantir a proteção e a preservação dos pássaros. 

Gostou de aprender mais sobre a visão das aves? Esperamos que, com esses novos conhecimentos, você possa admirar ainda mais sua amiga ou amigo de penas. Para mais conteúdos como esse, não deixe de ficar de olho por aqui, no blog da Petz

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *