Canários: 6 curiosidades sobre esses pássaros cantores

Postado por PETZ, em 05/07/2019

Aves
Canários: 6 curiosidades sobre esses pássaros cantores

Originários das Ilhas Canárias, na Costa Africana, os canários começaram a ser exportados para a Europa por volta de 1500. Graças a seu canto, eles conquistaram as famílias nobres, ganharam a população geral e, atualmente, estão entre os pássaros mais conhecidos e populares.

Tanto é que, no Brasil, é comum ouvir falar deles em expressões como — cantar como um canarinho — e até no futebol, com nossa seleção canarinho. Mas será que você conhece tudo sobre canários? A seguir, separamos 6 curiosidades interessantes sobre esses pássaros cantores.

1. Não existe uma única espécie de canário

São muitas as espécies conhecidas popularmente como canário. Só no Brasil, já foram registradas oito espécies nativas: saí-canário, canário-andino-negro, canário-da-terra-verdadeiro, canário-do-amazonas, canário-do-brejo, canário-do-campo, canário-do-mato e canário-rasteiro.

No entanto, a espécie mais popular em cativeiro é o canário-belga. Única espécie de canário considerada doméstica, ela também é a única que não exige autorização do IBAMA para ser criada em casa.

2. O Brasil realmente tem um Canarinho Pistola!

As espécies de canário podem ser muito diferentes entre si. Isso, não só na aparência, como também no comportamento.  Sucesso nas redes sociais desde que foi lançado pela CBF, em 2016, o Canarinho Pistola passa longe do temperamento dócil dos canários domésticos. Mas saiba que ele tem um correspondente na nossa fauna!

Nativo do Brasil, o canário-da-terra tem coloração amarelo-esverdeada, canto melodioso e é muito conhecido por ser naturalmente territorialista e brigão. Bem parecido com o mascote da nossa seleção!

3. Mas, em casa, convivemos mais com um canário amoroso

Já o canário-belga, considerado doméstico, é o contrário. Muito dócil, ele adora estar na companhia do tutor e de outros canarinhos, mas sempre fique atento com o convívio em uma gaiola só.

Afetuosos e inteligentes, podem ficar triste quando passam muito tempo sozinhos. Além disso, são capazes de reconhecer a voz de seus tutores e costumam fazer festa ao escutá-la, emitindo cantos ou piados.

4. Eles são muito inteligentes e podem aprender truques

Os psitacídeos não são as únicas aves domésticas capazes de aprender com o reforço positivo! Bastante curioso e inteligente, o canário-belga também memoriza truques e pode te impressionar.

Entre as façanhas mais divertidas desempenhadas por eles estão desde brincar com bolinhas até atender voar em sua direção. Para facilitar o aprendizado, acostume o pet à interação desde cedo.

Além disso, procure fazer sessões de treinamento curtas e sempre em momentos em que o pássaro estiver relaxado. Lembre-se que aves se estressam facilmente.

5. O canário vermelho também é belga

Quando pensamos nos canários domésticos, logo lembramos da cor amarela. Mas sabia que existe uma variação de coloração avermelhada? Conhecido como canário vermelho, ele é uma variação do canário-belga.

Acredita-se que sua cor tenha vindo do cruzamento com o pintassilgo-da-venezuela. Embora os cuidados com ele sejam muito parecidos com os do canário-belga amarelo, sua dieta deve ser muito rica em betacaroteno. Do contrário, o passarinho pode perder sua coloração original.

6. A alimentação deles não consiste em alpiste

A máxima válida para todas as aves domésticas é verdade também no caso das canários! O famoso mix de sementes é muito pobre em nutrientes.

Por isso, para garantir uma alimentação balanceada, parecida com uma dieta de pássaros ornamentais, o ideal é optar por alimentos extrusados, específicos para canários. Compostos por ingredientes como aveia, linhaça, ovos, milho, mel, frutas secas, entre outros, eles garantem a nutrição do pássaro.

Lembrando que, no caso do canário vermelho, ele pode precisar também de suplemento de betacaroteno. Se você pretende ter canários filhotes para cuidar, saiba que a alimentação deles é um pouco mais complicada. É possível preparar uma espécie de papa em casa mesmo, utilizando ingredientes como farinha de rosca, mel, ovo, levedura de cerveja e negrillo.

Esperamos que você tenha gostado de saber um pouquinho mais sobre os canários! Para quem pensa em ter um casa, vale reforçar que esses pássaros gostam muito de voar.

Sendo assim, uma gaiola para canários precisa ser espaçosa, alta e com alguns poleiros. Encontre todos os acessórios que você precisa em nossa loja online ou na Petz mais próxima a você!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *