Tudo sobre aquário: confira os 5 problemas mais comuns e como solucioná-los

Postado por PETZ, em Atualizado em Apr 24, 2019

Aquário
Tudo sobre aquário: confira os 5 problemas mais comuns e como solucioná-los
Tempo de leitura: 4 minutos

Ter atenção e garantir o bem-estar dos pets é parte da rotina dos tutores de quaisquer espécies. Alimentação, segurança e higiene são apenas alguns dos cuidados diários que precisamos ter com nossos animais de estimação, inclusive com os peixinhos. Por isso, abordaremos a seguir tudo sobre aquário.

Em constante crescimento no número de adeptos ao redor do mundo, o aquarismo se diferencia pela possibilidade de proporcionar um visual incrível a qualquer residência e pelo desafio de se aprender técnicas e cuidados específicos para garantir o equilíbrio do ambiente para os peixes.

Pensando nisso, nossos especialistas escolheram cinco situações comuns de acontecerem em aquários e deram infalíveis dicas para aquaristas iniciantes contorná-las. Confira!

Mudança na coloração da água

O que pode estar acontecendo: aquários com água turva ou esbranquiçada sugerem crescimento bacteriano causado por altos níveis de matéria orgânica ou por um leve desequilíbrio no filtro biológico, enquanto a coloração esverdeada pode significar proliferação de algas e a amarelada é resultado da decomposição da matéria orgânica.

Como solucionar

Água esbranquiçada: realize uma troca parcial da água e, em até 24 horas, o problema terá desaparecido.

Água esverdeada: pode ocorrer por uma série de motivos e cada um demandará uma medida específica. Você pode suspeitar, essencialmente, de três causas:

  • Excesso de luz: a luz do aquário não deve permanecer ligada por mais de 10 horas por dia e também é importante evitar que haja exposição direta à luz solar;
  • Filtragem insuficiente: o sistema instalado em seu aquário pode não ser condizente ao volume de água ou à quantidade e tipos de peixes. Faça a substituição por um sistema mais adequado e utilize um acelerador biológico para o controle da proliferação de algas,
  • Excesso de matéria orgânica: realize a manutenção adequada e utilize ração de qualidade, sem excessos, evitando a sobra de comida na água.

Água amarelada: realize a troca parcial da água e utilize carvão ativado no sistema de filtragem.

Manchas esbranquiçadas no substrato do aquário

O que pode estar acontecendo: excesso de alimentação pode levar ao acúmulo de ração não ingerida se decompondo no fundo do aquário, o que induz a proliferação de fungos.

Como solucionar

Observe o comportamento dos seus peixes e sirva menos ração caso perceba que eles não estão comendo tudo. Retire rapidamente toda a comida não ingerida para não ficar causar acúmulo.

Meu peixinho morreu, e agora?

O que pode estar acontecendo: os principais fatores são brigas entre os peixes, má qualidade da água, problemas na alimentação (insuficiente ou excessiva).

Como solucionar

Antes de mais nada, deve-se realizar os testes hidrológicos da água, amônia, nitrito, nitrato e pH, pois, na maioria dos casos, os óbitos ocorrem por problemas em algum destes parâmetros. A troca parcial da água e a utilização de condicionadores específicos ajudam a controlar e regular tais parâmetros.

Peixes buscando por ar na superfície

O que pode estar acontecendo: 1) a temperatura da água pode estar muito alta; 2) pode haver pouco oxigênio dissolvido na água ou; 3) altos níveis de nitrito na água.

Como solucionar

Verifique a temperatura da água, que deve estar em torno de 27ºC, e utilize um termostato para manter essa estabilidade. A movimentação da água auxilia a oxigenação e filtros e compressores de ar podem contribuir com esse processo. Para os altos níveis de nitrito, realize a troca parcial da água e utilize condicionadores específicos.

Alguns peixes estão comendo, outros não

O que pode estar acontecendo: alguns peixes preferem comer na superfície, enquanto outros preferem comer no fundo do aquário.

Como solucionar

Utilize rações específicas para cada tipo de peixe do seu aquário e, de preferência, evite misturar peixes de comportamento lento com peixes agitados, pois, nestas condições, as espécies mais lentas terão dificuldade em se alimentar.

Checklist de cuidados básicos, de acordo com especialista

  • Verifique diariamente se todos os equipamentos do aquário estão funcionando;
  • Durante a alimentação, observe se todos os peixes estão comendo de maneira satisfatória;
  • Observe se os peixes brigam entre si;
  • Certifique-se de que a luz do aquário fique ligada por, no máximo, 10 horas diárias;
  • Evite ração em excesso;
  • Tenha atenção ao nível da água e, sempre que necessário, reponha a água perdida por evaporação,
  • Lembre-se sempre de utilizar um condicionador na água antes de colocá-la no aquário.

Seguindo a risca todos esses cuidados, seus peixinhos terão uma vida muito mais longa e saudável. Para ajudá-los, contamos com os melhores produtos para aquarismo em nosso Pet Shop on-line. Venha conhecer!

 

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *