Petz incentiva a castração em suas unidades

Postado por PETZ, em Atualizado em Jan 6, 2021

Cães
Petz incentiva a castração em suas unidades
Tempo de leitura: 1 minuto

shutterstock_304415168

Embora os apaixonados por cães e gatos estejam sempre preocupados com o bem-estar de seus pets, nem todas as famílias com bichinhos de estimação se atentam para algumas precauções importantes para a saúde desses amigos tão queridos, como a castração.

Capaz de prevenir o desenvolvimento de uma série de doenças e problemas graves, esse procedimento eletivo pode ser um fator determinante no nível de qualidade de vida de um pet.

Além de correr riscos consideravelmente menores de sofrer com o câncer de próstata ou de testículos, os machos castrados também costumam apresentar menos agressividade e territorialismo em relação aos pets que não passaram pela cirurgia.

No caso das fêmeas há ainda mais vantagens ao optar pelo procedimento, já que as pets castradas se livram da possibilidade de uma gravidez psicológica e de contrair a piometra (infecção grave no útero que pode chegar a ser fatal), além de diminuir em 90% as chances de desenvolver o câncer de mama.

Promovendo o bem-estar do seu pet de um modo geral e aumentando a sua expectativa de vida, a castração é um procedimento cirúrgico considerado relativamente simples e de pós-operatório tranquilo; exigindo alguns cuidados especiais como o uso de uma roupa cirúrgica e um colar  protetor elisabetano, para evitar que o  pet tenha acesso aos pontos da  região cirúrgica.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 Comentários

Antonio nogueira - 09/05/2018

Olá, gostei do artigo, aguardo mais dicas como esta. Para eu que estou começando agora são dicas muito importantes.

Antonio nogueira - 10/11/2015

Olá, gostei do artigo, aguardo mais dicas como esta. Para eu que estou começando agora são dicas muito importantes.

Cláudia - 09/05/2018

Eu preciso de local em São Gonçalo ou Niterói – Rio de Janeiro

Petz - 09/05/2018

Olá Cláudia, tudo bom?
No link a seguir você encontra todos os nossos endereços e pode encontrar a unidade mais próxima de você: http://somosdicaspetz.com.br/nossas-lojas/
Esperamos que encontre tudo o que precisa na Petz! 🙂

Fernanda Monteiro - 09/05/2018

Tem uma semana que adotei outra cadela, alguns dias dps notei que a cachorra que ja tenho está com ciúmes e está rosnando e arrepiando pra outra, a castração resolve nesse caso de ciúme e territorialismo no caso de fêmea? A “novata” até tentou se aproximar dela mas sem sucesso.
Obrigada!

Petz - 09/05/2018

Olá Fernanda, tudo bom?
A castração tem vários benefícios, entre elas evitar doenças como infecções e tumores de mama e do aparelho reprodutor.
Ser territorialista pode ser uma personalidade do animal, e a castração corrige, normalmente, a agressividade se ligada à questões hormonais. Por isso, se for possível, castre a pet; mas lembre-se que isso pode ser uma alteração comportamental do animal. Caso seja, indicamos também que busque um veterinário especialista em comportamento animal.

A rotina da cadelinha que você já tinha foi alterada e é preciso paciência para aproximá-las.
Vá aos poucos, deixe elas se cheirarem sob sua supervisão. Tente colocar um pano com o cheiro da cadelinha ‘novata’ pra outra ir se acostumando. Essa é uma boa dica!
Saiba que uma semana é pouco tempo, não desista! Trate a cadelinha que você tinha naturalmente. Acreditamos que dará certo porque a ‘novata’, pela descrição, não é uma cadela dominante e está permitindo a aproximação da outra. Boa sorte!
Esperamos ter ajudado 🙂
Equipe Petz

Cláudia - 05/12/2015

Eu preciso de local em São Gonçalo ou Niterói – Rio de Janeiro

Petz - 08/12/2015

Olá Cláudia, tudo bom?
No link a seguir você encontra todos os nossos endereços e pode encontrar a unidade mais próxima de você: http://somosdicaspetz.com.br/nossas-lojas/
Esperamos que encontre tudo o que precisa na Petz! 🙂

Fernanda Monteiro - 05/12/2015

Tem uma semana que adotei outra cadela, alguns dias dps notei que a cachorra que ja tenho está com ciúmes e está rosnando e arrepiando pra outra, a castração resolve nesse caso de ciúme e territorialismo no caso de fêmea? A “novata” até tentou se aproximar dela mas sem sucesso.
Obrigada!

Petz - 08/12/2015

Olá Fernanda, tudo bom?
A castração tem vários benefícios, entre elas evitar doenças como infecções e tumores de mama e do aparelho reprodutor.
Ser territorialista pode ser uma personalidade do animal, e a castração corrige, normalmente, a agressividade se ligada à questões hormonais. Por isso, se for possível, castre a pet; mas lembre-se que isso pode ser uma alteração comportamental do animal. Caso seja, indicamos também que busque um veterinário especialista em comportamento animal.

A rotina da cadelinha que você já tinha foi alterada e é preciso paciência para aproximá-las.
Vá aos poucos, deixe elas se cheirarem sob sua supervisão. Tente colocar um pano com o cheiro da cadelinha ‘novata’ pra outra ir se acostumando. Essa é uma boa dica!
Saiba que uma semana é pouco tempo, não desista! Trate a cadelinha que você tinha naturalmente. Acreditamos que dará certo porque a ‘novata’, pela descrição, não é uma cadela dominante e está permitindo a aproximação da outra. Boa sorte!
Esperamos ter ajudado 🙂
Equipe Petz