Cachorro pode comer pêssego?

Postado por PETZ, em Atualizado em Aug 14, 2020

Cachorros
Cachorro pode comer pêssego?
Tempo de leitura: 4 minutos

Um dos prazeres de conviver com um pet é poder dividir bons momentos com ele. E a hora da refeição é uma boa oportunidade de carinho e diversão. Porém, devemos ter cuidado e só oferecer petiscos seguros para os peludos. Isso porque frutas, por exemplo, são um assunto delicado. Nesse caso, será que cachorro pode comer pêssego

pêssegos em uma mesa

Quem tem um pet comilão sabe que, muitas vezes, eles adoram um alimento diferente. No entanto, será que é uma boa ideia? Continue lendo para saber se cães podem comer pêssego

Afinal, cachorro pode comer pêssego? 

Frutas são saudáveis, cheias de nutrientes e deliciosas. Pensando nisso, não há por que não oferecê-las para nossos amigos de quatro patas, não é mesmo? A verdade, porém, é que a alimentação dos pets não é tão simples. 

Os peludos precisam de nutrientes completamente diferentes dos nossos, e mesmo algo que é saudável para nosso organismo pode ser tóxico para os cães. Com isso em mente vem a pergunta: cachorro pode comer pêssego? 

A resposta pode ser um pouco complexa. De maneira geral, podemos dizer que sim, pode dar pêssego para cachorro. Porém, para que o alimento seja seguro para os cães, é necessário tomar alguns cuidados. 

Ração é sempre a melhor escolha 

Uma boa nutrição é um dos pontos principais na hora de cuidarmos da saúde dos filhos de quatro patas. Nesse sentido, especialistas concordam que a ração é sempre a melhor escolha. Esse produto é preparado por especialistas e contém tudo que nossos peludos precisam. 

Isso não significa, porém, que você não pode oferecer um petisco diferente para seu pet. Caso queira variar a alimentação com frutas ou outros alimentos seguros, consulte antes um veterinário. 

Além disso, os petiscos nunca podem representar mais de 10% da nutrição total do cãozinho. Assim, sempre certifique-se que o pote de ração está cheio antes de agradar seu amigo com um alimento diferente! 

Cuidados ao oferecer pêssego para os cachorros

Agora que já sabemos que cachorro pode comer pêssego dentro de algumas condições, é preciso conhecer os cuidados necessários ao oferecer a fruta para nossos amigos. 

Apesar da fruta em si ser segura, o caroço deve ser evitado. Isso porque, em primeiro lugar, há o risco de o peludo se engasgar com a semente, que é grande e áspera. Ela também contém uma pequena quantidade de cianeto, uma substância tóxica que pode causar sérios problemas para o organismo dos pets. 

Assim, quando oferecer pêssego para cães, lembre-se de tirar o caroço! Se possível, também é recomendado descascar a fruta. Algumas variedades de pêssego possuem uma casca grossa, o que também gera risco de o pet se engasgar. 

Por fim, as folhas e galhos do pessegueiro também possuem cianeto. Nesse caso, se você tem um pé de pêssego em casa, o melhor é evitar que seu amigo chegue perto da árvore. 

cachorro com olhar de coitado

Picolé: uma ótima pedida para o verão

Se você quer agradar seu peludo em um dia quente, uma boa dica é fazer um picolé caseiro de pêssego. Essa é uma forma segura de oferecer frutas para o amigo peludo, além de ajudar a refrescar nos dias mais quentes. Para isso, basta seguir as dicas abaixo:

  • Tire a casca da fruta e pique em pedaços de aproximadamente 3 cm; 
  • Encha os moldes de picolés até a metade com a fruta picada. Complete o restante com água filtrada, 
  • Leve ao freezer ou congelador por no mínimo quatro horas. 

Pronto! Você terá um picolé caseiro de pêssego que, além de delicioso, ainda é seguro para e ajuda a refrescar os pets nos dias quentes, principalmente quando eles estão claramente incomodados com o calor. 

Benefícios do pêssego

Quando oferecido de forma segura, o pêssego pode ser um petisco saudável para o amigo de quatro patas. A fruta possui nutrientes que auxiliam o funcionamento do organismo dos peludos. Os benefícios do pêssego para cachorro são:

  • Fibras: essenciais para o bom funcionamento do intestino; 
  • Vitamina A: importante para uma boa visão,
  • Vitaminas do complexo B: auxiliam o sistema nervoso.

Além disso, o pêssego possui minerais como fósforo e magnésio, essenciais para o crescimento e bom funcionamento do organismo. Assim, a fruta, além de ser um petisco delicioso, também pode ser saudável. 

Cachorro pode comer pêssego em calda? 

O pêssego é uma fruta versátil, que pode ser aproveitada de diversas formas! Uma das maneiras mais saborosas de comê-la é em calda, muito comum em sobremesas. Quando preparado ou comprado em calda, entretanto, o pêssego faz mal para cachorro

Frutas enlatadas possuem uma quantidade alta de açúcar, o que pode prejudicar a dieta dos cães. Por isso, deixe a sobremesa apenas para os outros membros da família, oferecendo para o peludo um petisco mais seguro. 

Quando tomamos todos os cuidados, cachorro pode comer pêssego sem problemas. Mas lembre-se que para uma boa saúde, pets precisam de uma alimentação equilibrada, atividades frequentes e muito carinho. 

pêssego aberto

Agora que sabe se cachorro pode comer pêssego, confira o blog da Petz para outros assuntos sobre bem-estar e saúde animal! 

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *