Meu gato não quer comer: veja sete causas comuns para o problema

Postado por PETZ, em Atualizado em Mar 15, 2019

Gatos
Meu gato não quer comer: veja sete causas comuns para o problema
Tempo de leitura: 3 minutos

Assim como nós deixamos de comer por uma série de motivos, a falta de apetite nos gatos também não tem uma única explicação e pode ser causada tanto por questões muito simples até por doenças bastante graves. Por isso, muitos tutores se perguntam: por que meu gato não quer comer?

Com certeza, esse problema não pode ser ignorado. Afinal, independentemente do motivo da inapetência, um gato mal alimentado ficará debilitado e estará mais sujeito a desenvolver outras doenças.

Nós da Petz listamos sete motivos comuns para um gato deixar de comer, mas é importante ressaltar que essas dicas não substituem a avaliação de um médico-veterinário!

Temperaturas altas

Dias de verão podem ser uma delícia, mas eles também dão aquela moleza. Com os gatos não é diferente! Por isso, em dias de muito calor é comum que eles passem mais tempo dormindo em alguma área fresquinha da casa, o que faz parecer que o gato não quer comer e nem beber água.

Na verdade pode acontecer de seu amigo acabar “esquecendo” de comer e até de tomar água. Para minimizar o problema, procure deixar água fresca e limpa sempre disponível, de preferência em um bebedouro do tipo fonte.

Mudanças no ambiente

Os bichanos não gostam muito de novidades. Basta uma pequena mudança na disposição da mobília de casa para deixá-los estressados. Logo, com esse estresse muitos param de comer.

O mesmo vale para a chegada de um novo pet, viagens, mudança de casa, presença de desconhecidos, festas, troca dos acessórios do animal, como bebedouro, cama, etc. Para tentar ajudar o seu companheiro a se acostumar com a nova situação, uma dica é apostar nos difusores de feromônios felinos, que tranquilizam o gato, reduzindo o estresse.

Apetite seletivo

Como carnívoros, os bichanos têm um olfato muito apurado, que eles utilizam para selecionar os alimentos. Por isso, na hora de escolher uma ração para gato, não basta que ela seja saborosa. Ela também precisa ter um aroma agradável.

É importante destacar que alguns gatos têm apetite mais seletivo e, se esse for o caso do seu bichano, busque em uma das lojas da Petz informações sobre rações fabricadas exatamente para esses animais de paladar mais exigente.

Troca repentina de ração

Mudar a ração de um pet de uma hora para outra nunca é uma boa ideia, porque é comum que a troca repentina cause problemas gastrintestinais, como desconfortos ou diarreias.

Mas, no caso dos gatos, há outro agravante: alguns bichanos sofrem com a chamada neofobia alimentar, ou seja, se recusam a ingerir um alimento novo. Portanto, faça a transição de maneira gradual, misturando a nova ração à antiga aos poucos, até o gato se acostumar. Outra recomendação importante é consultar um médico-veterinário, ele pode indicar uma dieta para gato que não quer comer.

Bola de pelos

Quando os gatos se lambem para se limpar, eles acabam ingerindo pelos, que, em geral, são eliminados nas fezes. Os chamados tricobezoares aparecem quando isso não acontece. Essas bolas de pelos obstruem o trato gastrintestinal e podem causar inapetência. Para evitar o problema, escove o gato com regularidade e ofereça alimentos específicos para impedir a formação dessas bolas de pelos. Graminhas para gato também ajudam a estimular o trânsito intestinal.

Idade avançada

Lembra que o olfato é muito importante para que os gatos selecionem os alimentos? Com o envelhecimento, eles perdem um pouco esse sentido e se sentem menos motivados a comer.

A perda de dentes também contribui para a redução do volume de alimento ingerido e, por isso, é importante oferecer rações adequadas à faixa etária do animal.

Doenças, incluindo intoxicações

A falta de apetite costuma estar entre os sintomas de praticamente todas as doenças. Por isso, sempre que o gato deixa de comer, é fundamental levá-lo ao veterinário para uma avaliação.

Nesse sentido, fique atento também a outros sinais de que há algo de errado, o gato não quer comer e está vomitando, por exemplo, assim como casos de diarreias e redução de ingestão de água, para descrever o quadro mais completo possível ao médico-veterinário.

Agora que você já está a par de todas as informações sobre a falta de apetite e probleminhas alimentares do seu bichano, não deixe de acompanhar mais postagens sobre saúde, bem-estar e curiosidades sobre os gatinhos aqui no blog da Petz!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentários

Rogerio - 23/10/2019

muito obrigado por sua ajuda