Tetra negro: tudo que você precisa saber sobre esse peixe

Postado por PETZ, em Atualizado em Mar 16, 2020

Aquário
Tetra negro: tudo que você precisa saber sobre esse peixe
Tempo de leitura: 4 minutos

Também conhecido como tetra preto e black tetra, o tetra negro é uma das espécies mais populares nos aquários ornamentais!

E é fácil entender o por quê: pequenos e resistentes, eles não dependem de um aquário muito grande e decorado. Além disso, vivem bem em aquários comunitários — desde que em cardumes — e se adaptam bem numa ampla faixa de temperatura.

Quer saber mais sobre esse peixe de aquário preto? Listamos abaixo as principais características e curiosidades sobre a espécie muito recomendada para iniciantes.

Origem e habitat do tetra negro

Uma informação muito disseminada a respeito do peixe tetra negro é que seu aquário não necessita de termostato. Na verdade, o ideal é que todo aquário conte com bons equipamentos de filtragem e de manutenção da temperatura.

Entretanto, existe um motivo para que tanta gente considere o termostato desnecessário no caso dos tetras negros. A questão é que ele se adapta bem em uma faixa de temperatura que varia de 22°C a 26°C. Ou seja, temperaturas comuns no Brasil.

O fato não é mera coincidência. Isso porque o tetra negro é mesmo originário da América do Sul — mais especificamente das regiões das bacias do Guaporé (Pantanal) e do Paraguai. Por isso, a espécie está presente no Brasil, no Paraguai e na Argentina!

Características gerais do tetra negro de aquário

A facilidade na manutenção não é o único motivo para a popularidade do peixe tetra preto. Ele também é dono de um visual muito charmoso. Nesse sentido, uma das características que mais chamam a atenção é seu formato tetragonal, com a região central mais larga. 

Já nas cores, o tom acinzentado, mas brilhante, fica ainda mais bonito por causa do degradê. O tom mais claro presente na boca vai escurecendo até chegar à cauda. Sem contar a presença de duas faixinhas mais escuras no dorso, que dão a ele um toque “zebrado”. Legal, né?

Além do tetra negro típico, existem ainda algumas outras variedades de peixe. Entre as mais conhecidas estão o tetra negro semi-albino (branco com olhos pretos) e o negro com véu, isto é, com barbatanas maiores.

Estas deixam o nado dos tetras ainda mais fluido e bonito. Portanto, vale a pena incluir um deles no cardume. Veja outras características do tetra negro:

  • Nome científico: Gymnocorymbus ternetzi;
  • Tamanho adulto: em média, entre 6 e 7 cm,
  • Expectativa de vida: aproximadamente 5 anos.

Temperamento e sociabilidade

O tetra negro é um peixe sociável e relativamente tranquilo, sendo uma ótima opção para aquários comunitários. Para isso, o ideal é que ele viva em cardume. No geral, recomenda-se adquirir entre três e seis indivíduos de cada tipo para criar no aquário.

Nesse sentido, vale destacar que, embora o tetra preto raramente ataque outras espécies, ele costuma ser territorialista com outros nadadores do cardume.

Portanto, evite colocar indivíduos muito pequenos em relação aos outros para evitar problemas mais graves.

Tamanho do aquário e parâmetros da água

Como regra geral do aquarismo, quanto menor é o aquário, mais difícil é fazer sua manutenção. No caso do peixe tetra, recomenda-se um recipiente de, no mínimo 60 litros.

Isso porque com menos que isso, o peixe pode ficar estressado, e o aquarista, ter problemas para manter as condições do aquário estáveis. Sobre elas, é importante seguir os seguintes parâmetros:

  • Temperatura: de 22°C a 26°C;
  • pH: entre 6 e 7,
  • Dureza da água: mole a média (3° a 10° GH).

A fim de controlar esses parâmetros, o aquarista deve realizar testes regularmente. Enquanto um termômetro deve estar sempre à vista no aquário (e estar acompanhado de um termostato), os demais testes podem ser feitos uma vez por semana ou, no caso do teste de amônia, sempre que a água estiver turva ou com coloração suspeita.

Aliás, a frequência de todos os testes pode variar de acordo com a estabilidade do ecossistema do aquário.

Alimentação do tetra negro

O tetra negro é um peixe de hábito com tendência ao carnivorismo. Isso significa que, na natureza, ele se alimenta principalmente de vermes, insetos e pequenos crustáceos. Além disso, ele complementa a dieta com a ingestão de plantas.

Em casa, a recomendação para garantir uma dieta balanceada é fazer uso de rações prontas adequadas para a espécie.

Para completar, também é indicado oferecer alimentos vivos desde que adquiridos em lojas especializadas, como a Petz, para evitar contaminações no aquário.

Lembre-se de que as cores vivas e a beleza do seu tetra negro está diretamente ligada a seu bem-estar. Por isso, se perceber algo de diferente, não deixe de consultar um especialista!

Gostou de saber tudo sobre a espécie de peixe tetra negro? Aqui, no blog da Petz, você encontra mais informações incríveis sobre o mundo do aquarismo. Acompanhe as nossas publicações!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *