Cachorro nadando: perigos e cuidados com os pets na água

Postado por PETZ, em Atualizado em May 6, 2019

Cães
Cachorro nadando: perigos e cuidados com os pets na água
Tempo de leitura: 4 minutos

Cachorros adoram água! Seja na chuva, em poças ou mesmo em lagos, os melhores amigos do homem sempre encontram um jeito de se divertir. Mas, por mais que seja fofo ver seu cachorro nadando, é necessário cuidado na hora de levar seu filho de quatro patas para a água.

Mesmo ótimos nadadores podem sofrer acidentes e se machucar gravemente. Por isso, fique de olho e aprenda perigos e cuidados com cachorro na água!

Todo cachorro sabe nadar?

Cachorros são inteligentes, ágeis e naturalmente aptos para uma série de atividades. Assim, muitas pessoas assumem que cachorros já nascem sabendo nadar! Afinal, não se chama o “nado cachorrinho” assim por nada, não é mesmo?

Na verdade, nem todo cachorro é um nadador nato, e muitos cães podem afundar como um saco de batatas! Especialistas dividem os cachorros em três categorias:

  • Aqueles que são naturalmente bons nadadores, como os golden retrievers, cocker spaniels e labradores;
  • Aqueles que aprendem a nadar após um tempo: como poodles, malteses e dobermans – você pode pesquisar como ensinar um cachorro a nadar para ajudar seu companheiro,
  • E tem aqueles que só podem brincar na água com itens de segurança. Aqui se enquadram raças como pugs, dachshunds, bulldogs e boxers.

Porém, até mesmo o mais exímio dos nadadores pode, eventualmente, se afogar. Então tenha sempre muito cuidado quando o assunto é cachorro nadando.

Cachorros podem nadar em piscinas?

Quem tem piscina em casa muitas vezes permite que o pet dê um mergulho, especialmente em dias mais quentes. Mas será que cachorro pode nadar na piscina?

“Se a piscina estiver limpa e o cão vermifugado, não há problemas em atividades recreativas.”, explica a médica veterinária da Petz, Dra. Thais Batista. No entanto, alguns cuidados são necessários:

  • Atenção à exposição ao sol: Cachorros, assim como humanos, podem se queimar com a radiação UV. Tome cuidado e utilize protetor solar de cachorro;
  • Não deixe ele beber a água da piscina: Ela possui muito cloro e pode fazer mal para seu amigo, causando vômitos e diarréias;
  • De um banho antes e depois da piscina: Por mais que seu filho de quatro patas seja limpinho, um banho vai tirar os pelos mortos, e evitar que eles sujem a água da piscina. O banho após a brincadeira é para tirar o cloro, que pode irritar a pele,
  • Não se esqueça de secar o cachorro por completo: Os pelos molhados podem causar alergias e irritações. Além disso, se o cachorro ficar molhado. pode ter sua imunidade prejudicada, facilitando o surgimento de doenças.

Saiba mais em tudo o que você precisa saber antes de levar o cachorro na piscina e garanta um momento de diversão para você e seu amiguinho.

E praia? Água do mar faz mal para o cachorro?

É comum vermos cachorros na praia, e eles adoram! Mas será que a água do mar faz mal para os cachorros? Primeiramente, vale ressaltar que nem todas as praias permitem a presença de cachorros. Algumas cidades possuem legislação bem restrita quanto a isso, e desobedecer a regra pode render uma multa bem “salgada”.

Se conhecer uma praia permitida, ainda é necessário atenção. A verdade é que este ambiente pode trazer riscos à saúde do pet. No mar, diferente de piscinas, as ondas são imprevisíveis, e seu amigo pode acabar tomando um “caldo”. Isso pode facilitar doenças de ouvido, que são comuns nos cachorros.

Além disso, a areia e o mar podem ser meios de contaminação de protozoários e outras doenças contagiosas. Se seu filho de quatro patas ama nadar no mar, tome alguns cuidados com o cachorro nadando:

  • Faça um check up antes de ir para a praia. O veterinário saberá dizer se seu amigo está saudável para este ambiente;
  • Mantenha a vacinação e vermifugação sempre em dia,
  • Dê um banho e seque muito bem o cachorro após um mergulho no mar. Não se esqueça de limpar embaixo das orelhas.

Outros cuidados

Geralmente, um cachorro nadando não trará grandes dores de cabeça para o tutor. Eles costumam ser bem independentes e se divertir muito durante suas brincadeiras. Mas, é claro, ter cuidados com o cachorro no verão é muito importante.

A natação para cachorro é uma atividade muito benéfica, que pode auxiliar em sua saúde. Mas, para garantir que tudo ficará bem com seu amigo enquanto ele nada, alguns cuidados são recomendados:

  • Tenha um colete salva-vidas. Eles ajudam o pet a fazer menos esforço e se divertir por mais tempo!
  • Fique de olho no clima. Dias muitos frios não são recomendados para o nado. Em dias quentes, não se esqueça do protetor solar;
  • Não deixe o cachorro nadar sozinho. Em casas com piscina, o ideal é que o pet fique isolado da área com água, para evitar acidentes,
  • Atenção aos sinais de cansaço. Muitas vezes, os cachorros se cansam de nadar no meio da atividade, e têm dificuldades de voltar para terra firme.

    Pronto para ver seu cachorro nadando e se divertindo? Na Petz, você encontra produtos para auxiliar seu pet a brincar com segurança! Venha nos fazer uma visita!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *