Gato chorando: o que pode ser e o que fazer?

Postado por PETZ, em Atualizado em Apr 9, 2020

Bem-Estar
Gato chorando: o que pode ser e o que fazer?
Tempo de leitura: 3 minutos

Gatos são super divertidos e estão sempre dispostos a brincar. Mas e quando eles não se sentem dessa forma, tem como saber o que está acontecendo? Saiba que com alguns sinais é possível perceber que há algo errado. Por exemplo, você sabia que é possível perceber gato chorando?

gato com olhar triste

Por esse motivo, separamos algumas dicas do porquê gato chora, o que causa os choros em gato, como identificar e o que fazer se o pet estiver chorando. Assim, é possível ajudar o peludo e garantir a alegria do amigo de quatro patas.

Como identificar gato chorando?

Apesar de nos cães o choro vir em forma de choramingos, no caso do gato é mais complicado perceber quando ele está chorando. Isso porque a maioria dos felinos não tem o hábito de reclamar à toa, então quando eles miam fica difícil saber o que está acontecendo.

No entanto, se você notou que o pet mia com o tom mais agudo e sem parar, é possível que ele esteja chorando. Apesar de os olhos dos bichanos não lacrimejarem quando estão chorando, o miado do gato não nega sua insatisfação.  

gato deitado triste

Portanto, se você percebeu o olho lacrimejando no felino e acha que o gato triste chorando pode ter algum motivo, o mais indicado é levá-lo ao veterinário. Isso pode indicar alguma alergia, irritação nos olhos ou lesão ocular. 

De qualquer maneira, se o felino só está miando sem parar e está inquieto, é possível que esteja chorando. Nesse caso, é preciso investigar mais a fundo a razão da infelicidade do bichano.

Quais são as causas mais comuns de gato chorando?

As causas variam de acordo com a idade do gato. Por exemplo, os filhotes tendem a chorar com mais facilidade, seja pela mudança de ambiente, por saudade da mãe, por estarem com fome ou frio e até mesmo por medo.

Nesse caso, deixe-o em um lugar aconchegante, dê comida e água, além de brinquedos para o peludo se distrair. Assim, diminuirão os choros de filhote de gato chorando e, aos poucos, ele sentirá que o local é seu novo lar. 

É importante lembrar que ele é filhote e a adaptação não vem do dia para a noite. Portanto, cuide bem do peludinho para ele se sentir em casa o quanto antes. 

Já nos gatos adultos, que não têm o hábito de miar à toa, é importante investigar a fundo a razão do choro. Entre elas, é possível que seja uma mudança recente na rotina, por exemplo. 

Bichanos são pets territorialistas e isso pode causar vários traumas.  Também é possível que se trate de alguma dor, já que dores fortes estressam os bichanos, podendo ser a razão de ele estar chorando constantemente.

O que fazer se o gato está chorando?

Se é um gato chorando muito e você não sabe o que fazer, comece observando se não houve alguma troca recente de ração, adoção de outro pet ou até mesmo mudança de casa. Esses são indícios de que o felino está estressado e, por isso, ele chora.

Verifique também se o gato está comendo adequadamente, se bebe água, e se o comportamento mudou de alguma forma. Essas são pequenas pistas de que alguma coisa não está certa para o peludo.

gato com cabeça entre as patas

Caso encontre algum ferimento ou perceba muito incômodo por parte do pet, é importante verificar a intensidade e o grau do machucado. Se é um gato miando chorando, é bem provável que esteja doendo muito. Portanto, leve-o ao médico imediatamente para o seu amigo de quatro patas não sofrer mais.

Agora que você sabe os motivos de gato chorando, confira o blog da Petz  mais conteúdos sobre bem-estar animal!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *