Quantos anos vive um gato? Saiba tudo sobre a vida dos bichanos!

Postado por PETZ, em Atualizado em May 6, 2019

Curiosidades
Quantos anos vive um gato? Saiba tudo sobre a vida dos bichanos!
Tempo de leitura: 4 minutos

Você já se perguntou quantos anos vive um gato? Em julho de 2018, por exemplo, o gato inglês Rubble, fez 30 anos e ficou conhecido por ser o bichano mais velho dos dias atuais.

Mas, apesar de impressionante, a verdade é que o felino ainda precisa viver muito para bater o recorde histórico. Isso porque, de acordo com o Guinness, o Livro dos Recordes, o gato que viveu por mais tempo foi Crème Puff, que chegou aos 38 anos e 3 dias!

Então, descubra quantos anos vive um gato saudável e confira dicas do que fazer para que o seu amigo permaneça anos e anos ao seu lado.

Gatos: uma responsabilidade a longo prazo

Ao decidir levar um gato para casa é preciso muita responsabilidade. Pets domésticos costumam ter uma expectativa de vida longa, exigindo que a gente considere alguns fatores antes de decidir se tornar um tutor.

Mudanças de casa ou de cidade, por exemplo, podem influenciar diretamente a vida do seu filho de quatro patas. Outros fatores, como a chegada de um bebê ou uma rotina atribulada em um emprego novo, também podem afetar o gato, deixando-o estressado.

Isso não quer dizer que, para adotar um gato – ou qualquer outro pet — você tenha que se comprometer a não mudar seu estilo de vida nunca mais. Mas é importante levar a expectativa de vida dele em conta para se planejar e tomar uma decisão de forma consciente.

Afinal, quantos anos vive um gato?

Atualmente, a expectativa média de vida de um gato doméstico é de 15 anos. Segundo a médica-veterinária da Petz, Dra. Viviane Itaziki, ela vale para qualquer bichano, incluindo aqueles sem raça definida.

Portanto, esqueça o mito de que gatos SRDs são mais resistentes. “Não é a raça, mas o estilo de vida que tem maior impacto em quanto tempo o bichano vai viver”, explica a Dra. Viviane.

Nesse sentido, é importante destacar que esse tempo médio de vida de gato considera o bichano doméstico saudável e que não tem acesso à rua. Já para pets fujões ou com alguma doença genética, o tempo médio de vida cai para algo entre 3 e 10 anos.

Mas não se preocupe! Separamos algumas dicas que vão ajudar a proporcionar uma vida longa e saudável para seu amigo.

Fatores de risco

Conforme explicou a Dra. Viviane, o estilo de vida é fator fundamental quando se pergunta quantos anos vive um gato. Muitos tutores, por exemplo, permitem que o bichano saia de casa livremente. Se é seu caso, saiba que, segundo a especialista, esse é um dos principais “encurtadores” da vida de um gato.

“O acesso à rua é perigoso, porque pode facilitar o contato com doenças infecciosas, por exemplo. O pet também corre riscos de se envolver em brigas ou sofrer acidentes”, alerta.

Mas, mesmo dentro de casa, é preciso adotar alguns cuidados para garantir que todas as fases da vida de gato sejam saudáveis e prósperas. Para os que vivem em apartamento, a rede de segurança é essencial.

Gatos são aventureiros e gostam de se arriscar, podendo sofrer quedas graves em saltos mal planejados. Não é à toa que a maior parte das ONGs só permite a adoção de gatos por quem já tem todas as janelas de casa protegidas.

Outros pontos de atenção são a alimentação e a higiene. Oferecer uma ração de qualidade vai garantir que seu amigo tenha os nutrientes necessários para viver por muitos anos, evitando problemas como obesidade, doenças hepáticas, renais, entre outras.

E atenção à caixa de areia suja! Segundo a especialista, além de estressar o pet, a falta de higiene pode contribuir para o desenvolvimento de doenças e infecções.

Gatos mais velhos, ótimos companheiros

Uma das vantagens de saber quantos anos vive um gato é aprender que nunca é tarde para dar ao bichano uma segunda chance. Em feiras de adoção, é comum que as pessoas queiram levar para casa somente os filhotes, mas pense que os bichanos mais velhos, mesmo aqueles com mais de 10 anos, também merecem todo o amor e carinho!

Além disso, esses gatos tendem a ser mais tranquilos e podem ser uma boa alternativa para tutores inexperientes. Veja alguns cuidados com gatos idosos que você deve ter para prolongar ao máximo a vida deles:

  • Para gatos idosos, o ideal é que eles passem por check-up no veterinário uma vez a cada seis meses;
  • Mesmo que eles não tenham mais tanta disposição para pular, coloque telas nas janelas e não permita o acesso à rua;
  • Converse com um médico-veterinário e prefira as rações desenvolvidas especialmente para as necessidades de gatos mais velhos,
  • Gatos idosos preferem ambientes tranquilos, sendo mais indicados para casas sem crianças pequenas e sem muito barulho.

Pensando em adotar um gato mais velho como seu novo companheiro? As feiras de adoção da Petz possuem bichanos de todas as idades! Confira nosso calendário e venha nos fazer uma visita!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *