Hamster hibernando: aprenda a identificar quando isso ocorre

Postado por PETZ, em Atualizado em Sep 16, 2021

Comportamento
Hamster hibernando: aprenda a identificar quando isso ocorre
Tempo de leitura: 4 minutos

Você já ouviu falar em hamster hibernando? Não? Ao ouvir falar em hibernação, a maior parte das pessoas logo pensa nos ursos. Mas você sabia que eles não são os únicos a hibernar?

Na verdade, a hibernação é um processo natural muito comum em animais homeotérmicos – isto é, capazes de manter a temperatura corporal relativamente constante independente do ambiente –, principalmente naqueles de pequeno porte, como os hamsters.

Por diminuir o metabolismo dos dentuços, deixando-os em estado de letargia, a hibernação é perigosa. Isso, não só porque alguns hamsters debilitados podem nunca mais voltar “à ativa”, mas também porque é comum que os tutores tomem o pet como morto e se desfaçam dele.

Para que isso não ocorra, vamos explicar as causas, como reconhecer e o que fazer em caso de hamster hibernando.

Afinal, quando e por que os hamsters hibernam?

A razão pela qual animais homeotérmicos conseguem manter sua temperatura corporal constante é o funcionamento de seu metabolismo. É ele quem promove o consumo de energia e as reações metabólicas responsáveis por, entre outras coisas, gerar calor e evitar a perda de temperatura para o ambiente.

Quando as temperaturas estão muito baixas e o alimento é escasso, algumas espécies hibernam como forma de poupar a energia do organismo. Para isso, durante a hibernação, elas permanecem inativas, o metabolismo delas cai, assim como a temperatura corporal. O objetivo é garantir a sobrevivência com o mínimo de energia possível!

Na natureza, o processo é mais comum em animais que vivem nas regiões temperadas e árticas. Já nos hamsters domésticos, ele pode acontecer sempre que ocorrem quedas bruscas de temperatura, normalmente abaixo dos 15°C.

Além do frio, uma alimentação inadequada também pode contribuir para que o hamster entre em um quadro de hibernação. Isso porque, devido à falta de energia, o organismo do pet pode entender que o melhor a fazer é poupá-la no menor sinal de temperaturas mais baixas.

Como saber se o hamster hibernou

Saber que quando um hamster está imóvel pode ser devido à hibernação é o primeiro passo para tomar medidas capazes de salvar a vida dele. Mas resta a dúvida de como identificar se o pet, infelizmente, veio à óbito ou se está realmente hibernando. Nesse sentido, considere os seguintes aspectos:

  • Observe se o hamster faz movimentos de respiração. Lembre-se que a taxa respiratória cai muito durante a hibernação, por isso, os movimentos (quando perceptíveis) são bem discretos e pode levar mais de um minuto entre um suspiro e outro.
  • Considere o histórico de saúde do pet. Um hamster jovem, que não apresentou nenhuma doença ou mudança de comportamento em tempos recentes, dificilmente iria falecer de uma hora para outra. Por isso, se ele ficou imóvel sem precedentes, pode ser que esteja hibernando.
  • Questione-se se houve mudanças bruscas na temperatura. Junto com a alimentação, quedas na temperatura são a principal causa de hibernação dos hamsters. Sendo assim, se a temperatura ambiente foi de 24°C a 10°C de maneira repentina, é mais provável que o pet esteja hibernando.
  • Tente aquecer e reanimar o hamster. Se ele começar a dar sinais de vida aos poucos, é porque estava hibernando. A seguir, veremos algumas técnicas de como fazer isso.

Em tempo, a hibernação é mais comum nos hamsters sírios, já que hamsters da espécie anão russo são originários da Sibéria e, portanto, são capazes de suportar temperaturas mais baixas sem hibernar.

Posso tentar reanimar o hamster hibernando? Como fazer isso?

O fato de a hibernação de roedores ser um processo natural não quer dizer que ele não ofereça riscos ao peludo. Na verdade, a hibernação costuma ser muito perigosa para esses roedores, já que, diferente dos ursos, eles não fazem uma reserva de gordura corporal.

Sem energia para queimar, os hamsters acabam ficando muito debilitados, jamais retornando do processo. Além disso, a hibernação também pode gerar neles um quadro de profunda desidratação. Ou seja, ao suspeitar que o pet está hibernando, você deve tentar reanimá-lo imediatamente, reaquecendo o corpo dele.

Para isso, aqueça toalhas com o ferro de passar, ou utilize uma bolsa de água quente envolta em panos para aquecê-lo. Só tome muito cuidado para não queimar o pet e também para deixar tanto a boca quanto o nariz dele livres.

Se o hamster começar a dar sinais de vida, leve-o assim que possível ao veterinário. Ele saberá o que fazer para hidratar e recuperar o estado de saúde do dentuço.

Quanto à prevenção, procure manter a temperatura do local em que seu hamster vive estável e não exposto ao vento. Também é importante garantir que ele tenha um ninho bem quentinho na gaiola, para se proteger do frio.

Cuidado com panos soltando fio que pode prender na pata do animal e causar outros problemas, a melhor forma para o ninho é colocar papel sem tinta, por exemplo, papel toalha, guardanapo, ou mesmo papel higiênico.

Já em relação à alimentação, a melhor opção são os alimentos extrusados feitos especificamente para esses roedores. Procure as opções disponíveis na loja online da Petz ou na unidade mais próxima a você!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *