Rosnado de cachorro: o que pode ser e como lidar?

Postado por PETZ, em Atualizado em Nov 29, 2021

Cães
Rosnado de cachorro: o que pode ser e como lidar?
Tempo de leitura: 4 minutos

Quase todo tutor gostaria que seu amigo de quatro patas fosse sociável, rosnando apenas para pessoas mal-intencionadas, como ocorre nos desenhos animados. Ainda assim, embora não devessem, muitos toleram quando o rosnado de cachorro é destinado aos desconhecidos. 

rosnado de cachorro

Em caso de cachorro rosnando para o dono, a preocupação tende a ser maior. Porém, nem sempre isso é sinal de agressividade. A seguir, entenda o que pode estar por trás dos rosnados de cachorro e o que fazer para contornar o problema quando ele se torna um comportamento indesejado.

Quando e por que o cachorro rosna para o tutor?

De acordo com a Dra. Katia de Martino, médica-veterinária especialista em comportamento, assim como os latidos, o som de rosnado de cachorro faz parte da comunicação dos animais.

Sendo assim, ao contrário do que muitos acreditam, ele não é necessariamente um rosnado de cachorro bravo. “Pode significar desconforto, medo, defesa de recursos ou até uma brincadeira”, diz.

Por exemplo, é comum ver o cachorro rosnando para outro cachorro durante uma brincadeira. Longe de serem um sinal de que o cão está prestes a atacar, esse rosnado de cachorro indica que ele está empolgado e envolvido na atividade. Assim, não é recomendado recriminá-lo.

Por outro lado, é importante ficar atento a outros possíveis sinais de agressividade, já que os rosnados também podem indicar algum tipo de desconforto. A Dra. Katia explica que “os cães sempre dão pistas mais sutis de que estão desconfortáveis com uma situação. Quando não as percebemos, eles começam a intensificar a comunicação, chegando a um rosnado ou, em casos mais graves, até a uma mordida”.

Sobre os rosnados direcionados especificamente aos tutores, a médica-veterinária comportamentalista diz que eles são mais comuns em cães desconfiados e que não têm uma relação tão boa com os humanos. É o caso, por exemplo, de pets que recebem muitas punições, o que faz com que eles percam a confiança com o tempo. 

Por fim, outro caso relativamente comum de rosnado de cachorro diz respeito a bichinhos muito possessivos com recursos, como comida, brinquedos, espaço físico ou em relação ao tutor, quando o pet rosna para pessoas que se aproximam.

O que fazer para o cachorro parar de rosnar?

Por ser uma forma de comunicação natural, o barulho de cachorro rosnando nunca deve ser simplesmente repreendido. Ao contrário, ao observar que ele ocorre com frequência, é fundamental atentar-se para as situações em que ele costuma ocorrer.

rosnado de cachorro

Sendo assim, é importante perceber se o pet está rosnando ao brincar, quando alguém chega perto da comida dele, ao levar uma bronca ou o cachorro rosnando pro nada.

A solução vai depender da origem dos rosnados. Por exemplo, para evitar a disputa por recursos entre cães que convivem em um mesmo ambiente, é essencial garantir que cada um tenha o próprio comedouro, bebedouro, caminha, brinquedo, etc. 

Destacamos que, se seu cachorro também costuma rosnar para as pessoas, quando elas se aproximam de seus pertences, é importante buscar a ajuda de um especialista em comportamento canino, como um consultor comportamental.

Busque caminhos para a não repreensão 

Seja como for, proporcionar o bem-estar físico e emocional do pet, assegurando que ele seja corretamente socializado e tenha uma rotina adequada, é indispensável para ter um cãozinho mais saudável e feliz. 

“Geralmente, cães ansiosos e com nível de estresse muito alto têm dificuldade para relaxar e ficam sempre na defensiva, achando que algo vai acontecer. Com isso, é maior a probabilidade deles rosnarem em diversas situações”, alerta a Dra. Katia de Martino. 

Em tempo, a especialista diz que, em hipótese nenhuma, é recomendado punir o cachorro quando ele começa a rosnar, uma vez que isso piora a desconfiança que o pet sente, prejudicando o vínculo com o tutor. Ao contrário, é preciso entender porque o animal está rosnando e trabalhar as causas, buscando alternativas para deixar o cachorro mais confortável. 

A importância de entender a linguagem canina

Um aspecto interessante a respeito do rosnado e das mordidas é que eles não costumam acontecer de uma hora para outra. Na verdade, na maior parte dos casos, os cães tendem a manifestar esse tipo de comportamento como último recurso, quando estão desconfortáveis ou com medo em alguma situação. 

Dito de outro modo, antes de partirem para o rosnado e o ataque, o mais comum é que os cães deem uma série de outros sinais mais sutis para comunicarem que não estão confortáveis com alguma coisa. O problema é que, muitas vezes, nós, tutores, não sabemos reconhecer essas pistas apaziguadoras. 

Será que o cachorro está incomodado? 

Entre os gestos que indicam que o cão está desconfortável, podemos citar: virar de costas para alguém, sentar-se e/ou começar a se coçar em vez de interagir e até bocejar. Feito isso, se o incômodo continuar, o pet começará a rosnar, podendo morder alguém ou outro animal. 

Por outro lado, se você percebeu que o cachorro passou a rosnar muito rapidamente, sem aparentar outros sinais prévios de incômodo, não deixe de procurar ajuda. Esse é um indicativo de que a situação já se agravou bastante. 

“Infelizmente, alguns cães deixam de usar a linguagem prévia de desconforto, pois perceberam que ela não funciona, então acabam rosnando e mordendo diretamente”, alerta a veterinária. 

rosnado de cachorro

Gostou de saber um pouco mais sobre as causas de rosnado de cachorro e a importância de entender a linguagem canina? Então, confira outros conteúdos exclusivos como este no blog da Petz!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *