Orquídeas, como cuidar? Dicas para aprender a cultivar essa planta milenar

Postado por PETZ, em Atualizado em Nov 28, 2019

Plantas
Orquídeas, como cuidar? Dicas para aprender a cultivar essa planta milenar
Tempo de leitura: 4 minutos

Algumas espécies fazem sucesso entre os amantes de jardinagem. E, não à toa, entre elas estão as orquídeas. Sua muda fofa e colorida tem conquistado cada vez mais os admiradores de flores. No entanto, para conservá-las por mais tempo, é preciso saber mais sobre orquídeas e como cuidar de cada uma delas.

Continue lendo para conhecer o origem das orquídeas e o que fazer para preservá-las!

Orquídea de flores brancas em fundo rosa.

Como surgiram as orquídeas?

Em agosto de 2007, um artigo publicado na revista científica Nature mexeu com o universo da botânica. A matéria acompanhava o desdobramento de estudos feitos a partir de um fóssil encontrado em 2000, na República Dominicana.

Conservado em âmbar, o fóssil trazia uma abelha envolta em uma polínia, isto é, um aglutinado de grãos de pólen típico da orquídea.

De acordo com os pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, trata-se do fóssil de orquídea mais antigo encontrado até o momento. Com origem na era Cenozóica, entre 15 e 20 milhões de anos atrás.

No entanto, para os cientistas, a distribuição geográfica das orquídeas pelo mundo indica que elas teriam surgido a partir de uma única espécie, muito antes disso. Há cerca de 75 e 80 milhões de anos, o que significa que os dinossauros podem ter conhecido as orquídeas!

Curiosidades sobre sua origem à parte, o fato é que, hoje em dia, a família Orchidaceae é uma das maiores famílias de plantas existentes, com mais de 25 mil espécies.

Tanta variedade contribuiu para que as orquídeas caíssem no gosto popular e se tornassem uma das plantas preferidas para decorar a casa, presentear pessoas queridas e até para colecionar.

Para quem, assim como a gente, também é apaixonado pela beleza da planta, a seguir montamos um guia de como cuidar de orquídeas para que floresçam todos os anos.

Plantação de orquídeas.

Como escolher a sua orquídea ideal?

Quase todo apaixonado por orquídeas já passou pela experiência de comprar a flor mais bonita e ela acabar perdendo sua floração em pouco tempo.

Embora cuidados inadequados sejam parte do problema, a escolha de um vaso de orquídea com uma planta ainda em desenvolvimento contribui para o maior tempo de floração.

Nesse sentido, os seguintes fatores devem ser observados:

  • Dê preferência aos vasos de orquídea com folhas de diferentes tamanhos;
  • As raízes devem ser abundantes e estar com aspecto saudável;
  • Além do número de flores, prefira as orquídeas com a maior quantidade de botões,
  • Fuja de vasos com acúmulo de água no fundo, isso favorece o apodrecimento das raízes.

Quanto à escolha da espécie, algumas das mais comuns são as dos gêneros Cattleya e Phalaenopsis. Fique à vontade para levar para casa a que achar mais bonita.

No entanto, vale notar que as espécies podem exigir cuidados específicos. Em caso de dúvidas, converse com os especialistas na sessão de jardinagem das lojas Petz.

Orquídeas: como cuidar no dia a dia?

Então, você levou uma orquídea para casa e, claro, quer que ela permaneça florida pelo maior tempo possível. E mais, que ela volte a florescer com regularidade no futuro.

Assim como todas as plantas, a saúde de diferentes tipos de orquídeas depende de cuidados que vão desde a escolha de um local adequado para o vaso até as regas.

Confira algumas dicas:

  • Incidência solar: típicas de florestas tropicais, as orquídeas se adaptam melhor a locais iluminados. Contudo, a luz deve ser indireta, como próximo a uma janela com incidência solar pela manhã (antes das 10h) ou no fim da tarde (após às 16h);
  • Vaso ideal: as opções mais comuns são os vasos de plástico, de barro ou de fibra. Todos podem ser utilizados desde que as regas sejam feitas de acordo com a capacidade de drenagem de cada um (plástico, por exemplo, retém mais água);
  • Frequência das regas: vai depender de fatores como condições climáticas, tipo de vaso e de substrato, assim como estado da planta. As orquídeas devem ser regadas sempre que o substrato estiver seco (nunca quando estiver úmido) e de forma comedida, para evitar o apodrecimento das raízes.
  • Umidade: também por conta de sua origem tropical, a maior parte das orquídeas precisa de umidade. Por isso, em épocas ou em locais de clima muito seco, é recomendado borrifar água na planta todos os dias, evitando molhar as flores.

Ainda sobre a rega, outra recomendação é que ela seja feita preferencialmente no período da manhã. Isso evita o acúmulo de água nas raízes durante à noite, o que também favorece seu apodrecimento.

Orquídea de flores brancas com manchinhas rosas.

Substrato: ele ajuda a manter a orquídea saudável!

Uma das funções mais importantes do substrato é a fixação da planta. Nesse sentido, é importante que o substrato da orquídea seja aerado, permitindo o crescimento das raízes.

Além disso, ele deve contribuir para a drenagem da água, evitando o acúmulo no vaso, que leva ao apodrecimento da planta.

Entre as opções mais recomendadas estão: fibra de coco, casca de pinus, pedras e lascas de madeiras nobres. Lembrando que o tipo de substrato pode interferir na frequência das regas de acordo com sua capacidade de drenagem.

Agora você sabe tudo sobre orquídeas e como cuidar delas com dicas incríveis. Aproveite para conferir mais conteúdos sobre essa espécie tão bonita de planta aqui no blog da Petz. Acompanhe nossas publicações!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *