Répteis de estimação: quais os cuidados com esses pets durante o inverno

Postado por PETZ, em Atualizado em Jul 8, 2019

Comportamento
Répteis de estimação: quais os cuidados com esses pets durante o inverno
Tempo de leitura: 3 minutos

As mudanças de temperatura afetam desde as plantas até os animais. E, no caso dos répteis de estimação, existe ainda um agravante: eles regulam sua temperatura interna a partir da temperatura externa.

Sendo assim, o friozinho do inverno não é nada aconchegante, ainda mais em se tratando de pets originários de climas tropicais. Muito pelo contrário! Ele pode colocar em risco a saúde do seu amigo.

Para que isso não aconteça, vamos conferir alguns cuidados com os répteis de estimação no inverno?

Terrário: clima sempre constante para seu réptil de estimação

Justamente pelo fato desses pets regularem sua temperatura a partir do ambiente externo, um dos acessórios mais importantes é o terrário para répteis.

Afinal, dentro dele, é possível regular as condições de temperatura, iluminação e umidade por meio de aquecedor com termostato e higrômetro.
Isso, não apenas no inverno, mas ao longo do ano todo. Só assim você garante o bom funcionamento do metabolismo do seu amigo.

Para definir as condições ideais, não existe uma regra. Na verdade, elas variam conforme a espécie, de acordo com o habitat natural de cada uma.
As iguanas, por exemplo, vivem principalmente em florestas tropicais. Portanto, dependem de temperaturas mais elevadas (entre 25 °C e 30 °C), assim como de umidade alta.

Enquanto uma temperatura incorreta acelera ou diminui o metabolismo dos répteis de estimação, a umidade em excesso pode facilitar a proliferação de fungos e de bactérias na pele do pet. Já uma umidade baixa pode levar ao ressecamento e à desidratação.

Antes de adquirir répteis de estimação, converse com um especialista, como os que você encontra no Mundo Safári da Petz. Eles poderão informá-lo sobre as condições adequadas para o terrário, tamanho e formato ideais, entre outras informações. Assim, fica mais fácil manter o bem-estar do seu novo companheiro em todas as estações.

Atenção aos jabutis! Eles também precisam de um terrário

Um dos répteis que mais sentem frio são os simpáticos jabutis. Isso porque, no Brasil, é muito comum a prática de criar esses quelônios no jardim. Mas saiba que ela é extremamente prejudicial para eles, especialmente no inverno.

Tanto o jabuti-piranga quanto o jabuti-tinga (as duas espécies liberadas pelo IBAMA) são originárias de clima tropical. Isso significa que precisam de temperatura e de umidade altas.

Especialmente no inverno, jabutis criados em jardins podem ter seu metabolismo reduzido, chegando até mesmo a hibernar!
Bastante perigosa para os répteis, a hibernação diminui a imunidade do pet, podendo, inclusive, levá-lo a óbito.

Fique de olho também na iluminação

Além das condições de temperatura e de umidade, outro fator muito importante para quem quer saber como cuidar de réptil em casa, é a exposição ao sol.

Quase todos os répteis dependem da luz ultravioleta para a produção de vitamina D. Essa vitamina, por sua vez, é essencial para que consigam fazer a absorção de cálcio.

Como, muitas vezes, o vidro dos terrários têm proteção contra raios solares, a recomendação é fazer uso de lâmpadas UV durante o ano todo.

Mas, ao cuidar do réptil no inverno você irá perceber que a incidência solar é bem menor. Ou seja, elas se tornam ainda mais imprescindíveis.
E você, está preparado para enfrentar o inverno ao lado do seu réptil de estimação? Na Petz você encontra tudo o que você precisa para manter seu amigo.

Confira nossa loja on-line ou venha nos fazer uma visita na Petz mais próxima a você!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *