Alergia alimentar em gatos: saiba o que é e como ajudar seu amigo!

Postado por PETZ, em Atualizado em Mar 31, 2021

Comportamento
Alergia alimentar em gatos: saiba o que é e como ajudar seu amigo!
Tempo de leitura: 5 minutos

A alergia alimentar em gatos é um problema sério, que precisa de toda a atenção dos tutores. Quando não é tratada de forma correta, pode comprometer a nutrição dos bichanos e trazer graves prejuízos para sua saúde. 

gato deitado

Porém, através do tratamento correto, é possível superar o problema, oferecendo mais segurança e qualidade de vida para o pet! Conhecer mais sobre a doença é o primeiro passo para ajudar seu amigo. Pensando nisso, elaboramos um guia com tudo sobre gato com alergia. Continue lendo para saber mais! 

O que é a alergia alimentar em gatos? 

A alergia alimentar em gatos é um problema muito comum, que pode ocorrer em pets de diferentes idades. Para tirar todas as dúvidas sobre o problema, convidamos a Dra. Luiza da Silva, médica-veterinária da Petz. 

A especialista explica que a alergia é um fenômeno que ocorre quando uma substância segura é repelida pelo organismo. Essa substância, então, recebe o nome de alérgeno. Nos gatos, geralmente, o problema está relacionado às proteínas.  

Durante a digestão, o alimento é quebrado em pedaços bem pequenos para, dessa forma, ser absorvido no intestino. “No gato alérgico, as proteínas não são reconhecidas. O organismo apresenta uma reação exacerbada, soltando um sinal de perigo para as células de defesa”, explica a veterinária. 

Ou seja, na alergia alimentar, o corpo do bichano se confunde e passa a tratar as proteínas como uma ameaça. Isso gera uma série de consequências para o peludo. 

Causas da alergia alimentar

Como explica a Dra. Luiza, a alergia ocorre quando o organismo do pet passa a reconhecer as proteínas como ameaças. Mas por que isso ocorre? Essa pergunta intriga cientistas do mundo todo e ainda não possui uma resposta definitiva. 

Atualmente sabemos que alguns fatores genéticos podem influenciar e, aparentemente, os gatos siameses são mais propensos à doença. Mas, de acordo com grande parte dos pesquisadores, a reação alérgica exacerbada é um erro no sistema imunológico de causa desconhecida. 

Imagine que as células de defesa têm uma tarefa difícil: identificar todas as substâncias que entram no corpo do bichano e proteger o organismo de ameaças. Nesse processo, alguns erros podem acontecer.

Como saber se meu gato tem alergia alimentar?

Os sintomas de gato com alergia alimentar podem confundir o tutor. Isso porque a doença nem sempre ocorre apenas no sistema digestivo. Outras partes do corpo do bichano também podem apresentar lesões, dependendo da reação do organismo. 

Entretanto, alguns comportamentos costumam ser bem comuns. Abaixo, listamos os principais sintomas de alergia alimentar em gatos:

  • Diarreia e vômitos crônicos: quem tem um bichano em casa sabe que, de vez em quando, os bigodudos vomitam sem grandes motivos. Porém, no caso da alergia alimentar, esses eventos ocorrem com frequência, sempre que o pet se alimenta. Se seu amigo está com problemas intestinais e vomitando, busque um veterinário o mais rápido possível; 
  • Coceiras: um “coça-coça” interminável nunca é um bom sinal. Apesar de, muitas vezes, a coceira em gatos estar associada a parasitas, às vezes ela possui origem alimentar. Se seu amigo está incomodado, se coçando e se esfregando nos móveis e paredes, procure um especialista; 
  • Eritema: esse é o nome científico para manchas vermelhas na pele. Como os bichanos são peludos, nem sempre é fácil notar esse sintoma. Geralmente, as áreas mais afetadas são próximas às orelhas e ao nariz;
  • Feridas: a pele sensível, associada às coceiras, pode causar feridas na pele dos bichanos. Muitas vezes, elas se localizam na face, próximas às áreas mais afetadas. As patas dos bichanos também podem ficar machucadas. 

Os sintomas acima podem aparecer em conjunto ou separados. O mais importante é perceber se eles são frequentes. Como os bichanos comem todos os dias, nos casos de alergia alimentar em gatos os sintomas aparecem constantemente. Isso diferencia o problema de doenças ocasionais. 

gato se lambendo

Alergia em gatos: como tratar

Para o diagnóstico de alergia em gatos, é necessário o acompanhamento de um veterinário. O especialista irá analisar os sintomas do peludo e solicitar exames de sangue e ultrassom. Em alguns casos, pode ser necessária biópsia do estômago e intestino. 

Dessa forma, é possível identificar qual elemento está causando a alergia e, a partir disso, receitar uma terapia eficaz para o problema. “O tratamento consiste em oferecer um alimento de fácil digestão, como as rações hipoalergênicas. 

Em alguns casos, pode ser necessária medicação”, comenta a Dra. Luiza. O remédio para alergia alimentar pode variar. Entretanto, a ração para gatos com alergia alimentar é sempre necessária. 

A importância da ração hipoalergênica 

Como vimos, parte importante do tratamento para alergia alimentar em gatos é a utilização de uma ração hipoalergênica. Esse tipo de produto é elaborado especialmente para os bichanos com problemas alimentares. 

“A ração antialérgica para gatos possui proteína com baixo peso molecular. Isso significa que quando a proteína chegar ao intestino, ela irá passar despercebida pelas células de defesa. Assim, não ocorre o processo inflamatório”, explica a Dra. Luiza. 

A veterinária ressalta que, se for constatada a alergia alimentar, o bichano deverá se alimentar exclusivamente da ração hipoalergênica. Hoje, encontramos diferentes marcas que produzem esse tipo de produto. 

É importante que você escolha uma ração que se adeque às necessidades do seu peludo. Por fim, a Dra. Luiza reforça que a recuperação de um gato com alergia à ração precisa ser acompanhada de perto por um médico-veterinário. O especialista poderá verificar a saúde do bichano, recomendado medicamentos caso seja necessário. 

Uma boa nutrição é a base para uma boa saúde. Por isso, converse com um veterinário de confiança e identifique qual o melhor tratamento para seu bichano. Nos Centros Veterinários Seres você encontra profissionais especializados que ficarão felizes em ajudar você e seu peludo. 

gato peludo descansando

Conhecer as causas e os tratamentos para alergia alimentar em gatos é a melhor maneira de proporcionar qualidade de vida e saúde ao pet. E para mais conteúdos como este, continue acompanhamento o blog da Petz!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *