Gato com gases: será que os bichanos também sofrem do problema?

Postado por PETZ, em Atualizado em Dec 8, 2020

Bem-Estar
Gato com gases: será que os bichanos também sofrem do problema?
Tempo de leitura: 4 minutos

Imaginar um gato com gases pode ser até mesmo um pouco engraçado. Entretanto, é importante conhecermos o sistema digestivo de nossos amigos peludos. Em alguns casos, a flatulência pode ser sintoma de um problema de saúde! 

gato deitado no sofá

Porém, um eventual “pum” não é um sinal de perigo. Gostaria de saber mais sobre o assunto? Continue lendo e descubra se gato tem gases e como saber se seu bichano precisa de ajuda. 

Afinal, gato solta “pum”? 

Se você acha que está com um gato com gases em casa, saiba que este não é um fenômeno raro. Especialistas explicam que o sistema digestivo dos mamíferos é bem semelhante e, por isso, gato peida

Entretanto, nossos amigos felinos possuem uma particularidade: eles não costumam soltar “puns” com tanta frequência, De acordo com veterinários, na maioria das vezes os gases dos bichanos são decorrentes de ingestão de ar. 

Além disso, sempre são silenciosos. Por isso, se às vezes você pensa “meu gato não solta pum”, saiba que está tudo bem com seu pet. O que ocorre é que os felinos são elegantes até mesmo quando estão com gases! 

Por que os gatos têm gases? 

Um gato com gases está apenas seguindo o curso natural da natureza, ou seja, é normal gato soltar pum. O sistema digestivo gera gases naturalmente e, eventualmente, eles precisam sair. Porém, no caso dos felinos, há alguns motivos especiais. De acordo com especialistas, os principais motivos para gatos com gases são:

  • Ingestão de ar ao se alimentar (ocorre quando o bichano é afobado e acaba com a ração muito rápido);
  • Dietas com muita fibra;
  • Ingestão de comida estragada;
  • Leites, manteiga, queijos e outros laticínios,
  • Mudanças de dieta.

Perceba que, em alguns casos, a causa pode ser preocupante. Por isso, é importante ficar atento aos sinais dados por seu pet para perceber quando é necessário buscar ajuda de um veterinário. 

Gato com gases: quando devo me preocupar? 

Como a flatulência é normal no sistema de qualquer mamífero, um gato com gases fedidos ou não nem sempre é sinal de perigo. Se você desconfia que seu bichano está soltando um ou outro pum eventual, provavelmente ele está saudável e não há porque se preocupar. Entretanto, alguns sintomas podem indicar problemas de saúde, como:

  • Gato com gases e barriga inchada;
  • Gato com gases e diarreia;
  • Gases excessivos;
  • Gases barulhentos;
  • Vômitos;
  • Barulhos estomacais;
  • Falta de apetite; 
  • Apatia;
  • Moleza;
  • Sangue nas fezes,
  • Manifestações de dor. 

Ao notar qualquer um dos sinais acima, busque um veterinário imediatamente! Além disso, lembre-se que seu peludo deve fazer consultas médicas regulares. Mantenha a saúde do seu bichano sempre em dia. 

gato com a pupila dilatada

Possíveis causas

Os gases excessivos nos pets podem ser sinal de diferentes problemas. Tudo vai depender do quadro apresentado pelo bichano, seu histórico e seus sintomas. Entre as doenças mais comuns associadas ao problema, podemos destacar:

  • Intoxicação alimentar: a ingestão de certos produtos, como o leite ou alimentos estragados, pode desregular o intestino do bichano gerando flatulência;
  • Parasitas e vermes: os vermes se alojam no sistema digestivo e causam diversos problemas. Entre eles, os gases. 
  • Doenças inflamatórias: algumas inflamações no sistema digestivo podem causar diversos problemas, como o excesso de gases.
  • Doenças no pâncreas: o pâncreas é um órgão importante, atuando de forma decisiva na digestão. Algumas alterações podem gerar gases. 
  • Obstrução intestinal: se o bichano estiver com problema digestivo ou tiver ingerido algo indevido, pode ter gases, 
  • Vírus e doenças autoimunes: alguns vírus e doenças autoimunes podem desregular o intestino, causando a flatulência. 

As causas acima são as mais comuns quando o assunto é gato com gases. Porém, lembre-se que apenas um veterinário poderá realizar o diagnóstico de seu amigo de quatro patas! 

Diagnóstico e tratamento

Ao receber um gato com gases em seu consultório, o veterinário irá analisar os sintomas e o histórico do bichano para chegar a um diagnóstico. Em alguns casos, alguns exames podem ser necessários, como o ultrassom e o exame de sangue. 

Com esses resultados em mãos, o especialista poderá saber exatamente qual o problema do bichano e iniciar o tratamento mais indicado. Como diferentes doenças podem causar gases em gatos, o tratamento pode ser variado. Em alguns casos, um simples comprimido pode ser o suficiente. 

Porém, se o peludo estiver com um problema de saúde mais grave, o profissional poderá receitar terapias mais intensas, até mesmo envolvendo cirurgias. Tudo dependerá do diagnóstico. 

Devemos lembrar apenas que o tratamento para pets deverá ser receitado apenas por especialistas. Por isso, se você está pesquisando “o que dar para gato com gases”, busque um veterinário de sua confiança. Em alguns casos, a ingestão de remédios caseiros pode complicar ainda mais a saúde do bichano! 

Prevenindo o problema

Corta o coração ver seu filho de quatro patas com problemas de saúde! Por isso, prevenir o problema é sempre a melhor escolha. No caso de gases em gatos, basta oferecer uma vida saudável para seu pet! Com uma ração de qualidade, exercícios diários e visitas regulares ao veterinário, seu bigodudo ficará com uma saúde de ferro! 

gato laranja do olho laranja

Agora que sabe as causas e tratamentos para gato com gases, não deixe de conferir no blog da Petz outros conteúdos sobre bem-estar e saúde animal!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *