Gato troca de dente? Desvendamos a dentição dos bichanos

Postado por PETZ, em Atualizado em Jan 26, 2021

Gatos
Gato troca de dente? Desvendamos a dentição dos bichanos
Tempo de leitura: 3 minutos

Por mais que, hoje, os felinos se alimentem de ração e não mais a carne crua que caçavam, os dentes continuam sendo muito importantes. Por isso, ao perceber que um dente do gato caiu, é normal ficar preocupado. Mas será que isso é comum? Gato troca de dente?
Chamamos uma especialista no assunto e respondemos essas e outras perguntas sobre o tema. Aprenda!

Gato troca de dente?

Sim, gato troca de dente! Na verdade, o ciclo dos dentes dos gatos é muito similar ao dos humanos. Quando nascem, os bichanos não possuem dente nenhum. A partir de sua terceira semana, começam a crescer os primeiros dentes decíduos, os populares dentes de leite.

“À medida que se desenvolvem, esses dentes de leite do gatinho dão espaço à dentição definitiva”, explica a médica-veterinária da Petz, Dra. Thalita Rocha. A troca por dentes permanentes começa com 3 meses de idade, e pode durar até os 7 meses.

Sintomas da troca de dente

Assim como nos humanos, a troca de dente de gato pode causar algum desconforto. Geralmente, pode coçar e até doer. Por isso, o tutor deve ficar atento aos sinais do pet, para aliviar seu mal-estar. É possível que nesta fase o gato apresente os seguintes sintomas:

  • Mau hálito;
  • Gengivite;
  • Salivação intensa;
  • Alteração no comportamento;
  • Mau humor;
  • Irritabilidade;
  • Perda de apetite,
  • Dor.

Como auxiliar o pet

Já sabemos que trocar de dente pode ser bem difícil para os bichanos. Mas como podemos ajudar os pets nesse momento?

“Muitas vezes, para aliviar esses sintomas, o gato pode morder objetos comuns de sua casa. Para evitar riscos à saúde do pet, cabe ao tutor a aquisição de brinquedos atóxicos próprios para felinos feitos de plástico ou borracha. Também é recomendado o fornecimento de ração úmida neste período”, explica a Dra. Thalita.

O acompanhamento com um médico veterinário também é recomendado, visto que ele poderá identificar possíveis problemas com o bichano.

A troca de dente pode gerar doenças?

Todos os gatos domésticos trocam de dentes decíduos para dentes permanentes. Se o gato não perder o dente de leite, isso pode complicar a saúde do pet.

“A persistência dos dentes decíduos após o sétimo mês de vida é muito frequente. Isso pode gerar problemas como mal posicionamento e desgaste dos dentes, além de traumas na gengiva”, comenta a Dra. Thalita.

Em alguns casos, é necessária a extração do dente decíduo, que deve ser sempre feita por um especialista. Assim, levar o bichano em um médico-veterinário para um check-up em sua dentição é sempre recomendado.

Escovação: quanto antes melhor

Apesar dos dentes de leite caírem em algum momento, especialistas recomendam que a escovação se inicie antes mesmo da troca pela dentição definitiva. Assim, cria-se uma rotina de higiene bucal no pet, que vai estar acostumado com a prática.

“A placa bacteriana e acúmulo de resíduos alimentares são as principais portas para desenvolvimento de doenças dentárias” explica a Dra. Thalita.

“A falta de escovação pode causar dores nas gengiva, mau hálito e, em casos mais graves, infecções e perda de dentes, impactando diretamente na saúde e qualidade de vida do pet” complementa a veterinária.

Vale lembrar que existem escovas e cremes dentais específicos para gatos, que podem ser adquiridos em nosso Pet Shop on-line ou nas nossas lojas especializadas.

Ah, vale lembrar que, em caso de dúvidas ou qualquer sintoma de alteração nos dentes dos gatos, um veterinário deve ser consultado o quanto antes. Só assim é possível garantir que seu pet terá um tratamento adequado e poderá se deliciar com sua ração favorita tranquilamente.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *