Gestação de cachorro: como descobrir e quais cuidados você deve ter com ela?

Postado por PETZ, em Atualizado em Aug 2, 2018

Saúde e Cuidados
Gestação de cachorro: como descobrir e quais cuidados você deve ter com ela?
Tempo de leitura: 4 minutos

Com a conscientização sobre a importância da castração para a saúde das cadelas, está cada vez mais difícil ouvir falar em gestação de cachorro em casa, na rua e entre os tutores de animais de estimação.

Já no caso das cadelas não castradas — seja por acidente ou porque o tutor optou por cruzá-la — é possível que ela fique grávida em algum momento. Nesses casos, é preciso ficar atento! É que, assim como os humanos, fêmeas gestantes também precisam de cuidados especiais que garantam a saúde delas e de seus filhotes. Vamos conhecer um pouco mais sobre a gestação de cachorro?

Como saber se a cadela está grávida?

Não espere o aparecimento da famosa barriguinha para investigar se você tem uma futura mamãe pet no seu lar. Isso porque ela pode levar até quatro semanas para se tornar mais evidente.

Considerando que a o período da gestação da cadela é de 63 dias, possivelmente você só ficará sabendo da gravidez quando ela já estiver na metade. Sendo assim, além da barriga proeminente, é importante ficar atento não só ao histórico de cio e de cruza da cadela, mas também observar o aparecimento de um ou mais dos seguintes sintomas:

  • Redução de apetite;
  • Inchaço nas mamas,
  • Mudanças de comportamento.

Vale ressaltar que tais sinais também não aparecem de uma hora para a outra, ou seja, logo após o início da gestação de cachorro. O mais comum é que eles surjam a partir dos 20 dias.

O bom é que justamente nessa fase — a partir do 21° dia — o veterinário já poderá solicitar um ultrassom abdominal a fim de confirmar a gravidez. Por isso, ao aparecerem os primeiros sintomas, leve sua pet para uma consulta o quanto antes.

Cuidados com a cadela na gestação

gestacao-de-cachorro-2

Confirmada a gestação da cadela por meio do ultrassom, o veterinário fará um check-up na sua companheira, dando início ao pré-natal. Isso mesmo! Cadelas gestantes também precisam realizar exames, seguir orientações e receber acompanhamento médico.

Embora as orientações sejam diferentes de acordo com o estado geral de cada pet, de maneira geral, alguns cuidados são extremamente essencial, como:

  • ofereça somente alimentos de qualidade super premium, seguindo sempre as recomendações do veterinário de quantidade e frequência em cada fase;
  • mantenha a carteirinha de vacinação e de vermifugação atualizada;
  • garanta um ambiente confortável e livre de estresse para ela;
  • diminua o ritmo da caminhada durante os passeios,
  • mantenha sua amiga hidratada, oferecendo água fresca.

Além desses cuidados em casa, respeite também o calendário de visitas ao veterinário para ficar em dia com o estado de saúde com a futura mamãe e ofereça uma ração para cadela gestante, com a quantidade de vitaminas e nutrientes ideal.

Parto canino: como se preparar para o grande evento

Salvo quando algo não vai bem, o parto canino costuma acontecer em casa, sem a necessidade de assistência especializada. Mas, isso não quer dizer que você não possa dar uma mãozinha para a cadela no que diz respeito ao ambiente.

Naturalmente, cadelas prenhas procuram um lugar tranquilo, quentinho e seguro para proteger seus bebês e se concentrar no parto. Por isso, escolha um espaço com essas características e longe de correntes de vento.

Você também pode providenciar uma caixa de papelão para servir de toca, com toalhas limpas, garantindo mais conforto durante esse momento tão especial para a sua companheira. Mantenha água e alimentos no local e lembre-se que é muito importante deixá-lo sempre bem limpinho e higienizado.

Ah, e muito cuidado com locais de difícil acesso à pet! Isso porque é importante que você consiga chegar perto dela para ajudá-la ou mesmo para levá-la ao veterinário em caso de complicações.

Quando devo procurar ajuda para o parto?

gestacao-de-cachorro-3

Sempre que a cadela demonstrar sofrimento durante o parto, o tutor deve procurar imediatamente uma clínica veterinária. Além disso, também é imprescindível buscar ajuda em qualquer um dos casos abaixo:

  • Se as contrações pararem ou se tornarem pouco vigorosas;
  • Caso apresente um feto insinuado no canal vaginal que não progride;
  • Se o intervalo entre o nascimento de um filhote e outro for maior que duas horas,
  • Quando a cadela manifestar sinais de muita dor e desconforto, ou parecer extenuada.

Lembre-se que, quanto antes você agir, maiores as chances de ficar tudo bem com a nova mamãe e seus filhotinhos.

Acha que sua cadela pode estar prenha? Procure a Petz mais próxima. Nela você encontra rações Super Premium adequadas para cada fase da gestação de cachorro e uma equipe de veterinários que poderá fazer um acompanhamento ideal para garantir o bem-estar da pet e de suas crias.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *