Ordenar por
Carregando produtos...

Antipulgas e carrapatos

1 2 3 4 5 6 7 8 9

Antipulgas

Uma pequena infestação de pulgas e/ou carrapatos pode se tornar um verdadeiro pesadelo para quem não toma as devidas providências, tanto para eliminar os parasitas do animal quanto do ambiente. Além do uso de medicamentos, é preciso também ter certos cuidados no que diz respeito à higiene do local onde o bicho de estimação vive, afinal, é ali que pulgas e carrapatos se reproduzem e desovam seus ovos, provocando novas infestações. 

Esses parasitas, além de incomodarem, e muito, o cachorro, podem também transmitir graves doenças, como babesiose e erliquiose, no caso dos carrapatos, e anemia, no caso das pulgas. Essas infestações se proliferam rapidamente e precisam ser tratadas logo no início, evitando novas dores de cabeça.

 

Como acabar com pulgas

Antes de tudo consulte um veterinário para que ele possa determinar o melhor tratamento para o caso do seu pet, pois cada infestação tem um grau, e o período e o remédio de tratamento podem variar de caso a caso. Além disso, são necessários alguns cuidados com a higiene do cão e do local onde ele vive. Banhos e limpeza do ambiente com veneno para pulgas são altamente recomendados para impedir a reprodução de novos parasitas. Atenção para os donos de filhotes, fêmeas gestantes e gatos: é proibido o banho com produtos inseticidas. Consulte um profissional.

leia mais...

Como eliminar pulgas: tipos de remédios

Existem diversos tipos de remédios antipulgas recomendados por veterinários. Pomadas, sprays, coleiras, sabonetes e shampoos são os mais comuns, além dos comprimidos, indicados em casos mais graves de infestação.

 

Como acabar com carrapatos

Geralmente os carrapatos são retirados da pele do cão com o auxílio de uma pinça. Atenção: essa não é uma técnica recomendada. O ferrão da pinça pode ferir o animal e, muitas vezes, provocar uma infecção em sua pele, portanto, é indicado outro método utilizando uma bucha de algodão. Para isso, é preciso molhá-la no álcool e pressioná-la na região infestada, desgrudando os carrapatos um por um em cerca de alguns minutos.

 

Não é recomendado espremer o carrapato, pois o sangue da fêmea pode liberar ovos e prosseguir com a reprodução. Converse com seu veterinário sobre como acabar com carrapatos corretamente. Assim como no caso das pulgas, também é preciso se atentar à higiene do ambiente, tomando cuidado principalmente com frestas, muros e plantas.

 

Remédio de carrapato

Assim como os remédios de pulgas, os mais comuns para carrapatos são a coleira carrapaticida, o shampoo e as pipetas, que são os carrapaticidas em gotas. No caso dos banhos, é preciso ter cuidado para que o cão não lamba o produto; já as pipetas são aplicadas na nuca e têm efeito por até 30 dias.

 

É importante saber que nem sempre a coceira excessiva é resultado de uma infestação de pulgas ou carrapatos, podendo haver outras doenças relacionadas, como a dermatite canina. Para evitar a administração indevida de qualquer produto e garantir a saúde do seu animal de estimação, confirme com um profissional se seu pet está realmente com algum desses dois parasitas.

fechar...