Aguarde...
Carregando...
Ordenar por
Carregando produtos...
Filtrar Produtos X

Displasia canina

A displasia canina é um problema de saúde comum que pode atingir qualquer cachorro em qualquer idade. Geralmente aparece em pets que não costumam praticar atividades físicas diariamente e/ou que estão acima do peso.

leia mais...

A displasia coxofemoral atinge as articulações da bacia e o fêmur do pet, causando dores e dificuldade em caminhar, entre outros sintomas bem comuns facilmente identificados pelo tutor. Pensando nisso, é importante levar o pet no veterinário para que ele possa começar um tratamento o quanto antes!

Como identificar displasia em cachorro

Se você percebeu que o pet está com certa dificuldade para andar, cansa muito rápido em ficar em pé, não consegue pular como antes ou até mesmo anda mancando em alguns momentos, é importante se atentar! Esses são sintomas básicos da displasia coxofemoral, e assim como qualquer doença deve ser tratada.

Segundo especialistas, essa é uma doença que não tem cura, mas pode ser prevenida e tratada, mantendo os sintomas menos agressivos e desconfortáveis para que seu pet possa ter uma vida mais feliz e confortável!

Displasia em cachorro: como prevenir?

Um medicamento para cachorro pode ser utilizado para o tratamento, mas é importante que o seu amiguinho faça uma visita ao médico veterinário para que ele possa verificar seu estado clínico e indicar o melhor medicamento.

Se o seu pet estiver no início da doença, você pode ajudá-lo com a displasia cachorro sem precisar medicá-lo, fornecendo exercícios diários — mas sem exigir muito — e fornecendo uma alimentação balanceada para ajudá-lo a diminuir o peso e, consequentemente, ajudando no alívio de dores e dificuldade para andar.

Displasia coxofemoral: como tratar?

Se o seu amiguinho estiver em um estágio avançado da displasia coxofemoral em cães, você precisará recorrer aos medicamentos e um tratamento mais avançado também, como utilizar dos benefícios de fisioterapeutas veterinários.

O especialista poderá realizar um check-up no seu pet e indicar a melhor forma de começar o tratamento, incluindo medicamentos para displasia coxofemoral canina. Além disso, também existem procedimentos cirúrgicos que podem ajudar a solucionar o problema de saúde do seu bichinho.

Medicamentos para displasia coxofemoral canina é na Petz!

Não é recomendado medicar os animais sem prescrição médica, mas quando o especialista indicar o remédio para displasia canina, você pode correr aqui para o Pet Shop da Petz e consegui-lo com um preço especial! Então não deixe a saúde e bem-estar do seu pet para depois, então confira nosso catálogo e nossos precinhos que vão caber no seu bolso!

fechar...

A displasia canina é um problema de saúde comum que pode atingir qualquer cachorro em qualquer idade. Geralmente aparece em pets que não costumam praticar atividades físicas diariamente e/ou que estão acima do peso.

leia mais...

A displasia coxofemoral atinge as articulações da bacia e o fêmur do pet, causando dores e dificuldade em caminhar, entre outros sintomas bem comuns facilmente identificados pelo tutor. Pensando nisso, é importante levar o pet no veterinário para que ele possa começar um tratamento o quanto antes!

Como identificar displasia em cachorro

Se você percebeu que o pet está com certa dificuldade para andar, cansa muito rápido em ficar em pé, não consegue pular como antes ou até mesmo anda mancando em alguns momentos, é importante se atentar! Esses são sintomas básicos da displasia coxofemoral, e assim como qualquer doença deve ser tratada.

Segundo especialistas, essa é uma doença que não tem cura, mas pode ser prevenida e tratada, mantendo os sintomas menos agressivos e desconfortáveis para que seu pet possa ter uma vida mais feliz e confortável!

Displasia em cachorro: como prevenir?

Um medicamento para cachorro pode ser utilizado para o tratamento, mas é importante que o seu amiguinho faça uma visita ao médico veterinário para que ele possa verificar seu estado clínico e indicar o melhor medicamento.

Se o seu pet estiver no início da doença, você pode ajudá-lo com a displasia cachorro sem precisar medicá-lo, fornecendo exercícios diários — mas sem exigir muito — e fornecendo uma alimentação balanceada para ajudá-lo a diminuir o peso e, consequentemente, ajudando no alívio de dores e dificuldade para andar.

Displasia coxofemoral: como tratar?

Se o seu amiguinho estiver em um estágio avançado da displasia coxofemoral em cães, você precisará recorrer aos medicamentos e um tratamento mais avançado também, como utilizar dos benefícios de fisioterapeutas veterinários.

O especialista poderá realizar um check-up no seu pet e indicar a melhor forma de começar o tratamento, incluindo medicamentos para displasia coxofemoral canina. Além disso, também existem procedimentos cirúrgicos que podem ajudar a solucionar o problema de saúde do seu bichinho.

Medicamentos para displasia coxofemoral canina é na Petz!

Não é recomendado medicar os animais sem prescrição médica, mas quando o especialista indicar o remédio para displasia canina, você pode correr aqui para o Pet Shop da Petz e consegui-lo com um preço especial! Então não deixe a saúde e bem-estar do seu pet para depois, então confira nosso catálogo e nossos precinhos que vão caber no seu bolso!

fechar...