Aguarde...
Carregando...
Ordenar por
Carregando produtos...

Gestação Canina

Gestação Canina

Uma cadela entra no cio a partir do sexto mês de idade e, após dois ou três cios já é possível engravidar. Embora seja algo natural, a gestação é um momento muito delicado e deve ser supervisionada de perto para que a cachorra prenha possa aproveitar sua gravidez com saúde, segurança e tranquilidade. Todas as instruções dadas pelo médico veterinário devem ser rigorosamente seguidas.

Mas como vou saber se a cadela está realmente grávida? Bom, se a gravidez é verdadeira e não uma pseudociese, a forma de descobrir é por meio de um exame de ultrassom, que revela quantos filhotes a cadela dará à luz a partir de 35 dias.

 

Tempo de gestação de cachorro

Calma, sua cachorra não ficará prenhe durante 9 meses. Geralmente, o desenvolvimento dos filhotes ocorre em 60 dias, ou seja, aproximadamente dois meses, e só se inicia após o período do cio. O número de filhotes, por sua vez, varia bastante, mas em média são 6 cães por gravidez.

leia mais...

Gestação de cadela: cuidados pré-parto

Alguns procedimentos deverão ser feitos para garantir uma gestação saudável e fora do perigo, tanto para a cadela quanto para os filhotes. A primeira mudança é na alimentação da cachorra. Para esse período, o teor de calorias, proteínas e cálcio deverá ser maior, assim como a quantidade de ração também deverá ser aumentada.

Geralmente, são recomendadas as próprias rações para filhotes, pois elas possuem a quantidade suficiente de nutrientes para gestantes e, como o próprio nome diz, para os filhotes. Garantir que esses ingredientes estejam na dieta da cachorra evita a doença conhecida como eclâmpsia por falta de cálcio, algo semelhante com uma convulsão. Portanto, fique atento no que o veterinário recomendará.

Mudanças de hábitos também são necessários. Sua cadela não poderá mais fazer tanto esforço quanto antes da gravidez. As atividades físicas deverão ser mais leves (em menor duração e em menor distância), mas não extinguidas – afinal, é assim que a cadela fortalecerá seus músculos para um parto mais fácil. Após o parto deve-se intensificar as atividades para perder o excesso de massa ganha na gestação e evitar a obesidade da cadela. 

 

Gestação cachorro: cuidados pós-parto

Não é só ao pré-parto que o dono deve ficar atento. É importante deixar o lugar onde a cadela deu cria limpo e trocar todos os paninhos utilizados durante o parto. O lugar, por sua vez, deve ser aconchegante e longe da umidade, frio, vento e chuva.

O comedouro deve ficar perto da caminha para facilitar a alimentação da mãe dos filhotes. E, ah! É normal que a cadela não deixe ninguém chegar perto das crias, então respeite seu tempo e espaço, evitando estresse e até mesmo mordidas.

Lembrando que o processo de gestação deve ser acompanhado por um profissional, garantindo as melhores formas para o pré e pós-parto.

fechar...