Aguarde...
Carregando...
Ordenar por
Carregando produtos...

Vitamina para Cachorro Idoso

Vitamina para cachorro idoso

De forma geral, os cães tornam-se idosos a partir do sétimo ano de vida. Nessa condição, o organismo do pet já não é tão forte e começa a apresentar alguns distúrbios, como imunidade baixa, que, consequentemente, acarreta uma série de patologias. As principais enfermidades apresentadas pelos cães idosos vão desde insuficiência crônica, insuficiência hepática e diabetes, além de alguns casos de câncer. A importância de consultas periódicas quando idoso é pelo fato de que, quando uma doença é diagnosticada em sua fase inicial, fica muito mais fácil tratá-la e chegar à cura. Quanto mais rápido o diagnóstico, maior a eficiência do tratamento.

Quando o assunto é nutrição, devemos ter atenção redobrada, pois a alimentação é um fator fundamental para garantir o metabolismo do cão idoso sempre saudável. Sabe-se que, nessa condição, o pet tem o metabolismo mais frágil e, consequentemente, diminui sua massa muscular. Vitaminas e suplementos entram em ação para suprir a necessidade nutricional do organismo do cão idoso, garantindo todas as vitaminas e minerais que as rações muitas vezes não possuem. Cada vitamina tem seu objetivo, como a Vitamina A, que ajuda na manutenção da pelagem, e a B, eficiente no tratamento de doenças do sistema nervoso.

Você deve ter se perguntado se a vitamina para cachorro ficar forte e saudável é a mesma utilizada por humanos. A resposta é não, pois os cães têm necessidades nutricionais diferentes dos humanos, por isso, há uma diferenciação entre o suplemento para cães idosos e os suplementos para humanos idosos. Vale mencionar que os suplementos e as vitaminas são complementos alimentares e não substituem as rações tradicionais, apenas agregam maior valor nutricional.

leia mais...

Vitamina para cães idosos

A carência nutricional, em especial para cães idosos, pode acarretar diversos distúrbios no organismo do pet, fazendo com que ele perca peso, disposição, pelo, dentre outros problemas de saúde. É preciso se atentar com a alimentação do animal, pois se a ração não fornecer as vitaminas necessárias para seu metabolismo, uma boa pedida é recorrer às vitaminas como forma de suplementação.

Como tudo em excesso faz mal, é preciso não só saber de quais vitaminas o animal precisa, como também manter o equilíbrio delas. Um exemplo é o excesso de Vitamina A, que em doses muito altas pode causar vômitos, diarreias e deformidades ósseas. Já o excesso de vitamina D causa náuseas e aumento da frequência urinária. O equilíbrio é a chave para o bom uso das vitaminas, seja uma vitamina para cachorro filhote ou uma vitamina para cadela amamentando.

 

Cães idosos: consulte um veterinário

É extremamente importante fazer consultas periódicas no veterinário para certificar que seu pet não está com nenhuma anormalidade no organismo. Peça orientação de um profissional antes de escolher o suplemento para cachorro, garantindo o valor nutricional mais adequado para a condição do seu pet.

E, lembre-se: nunca dê quaisquer medicamentos para seu animal de estimação sem antes consultar um veterinário! Seja consciente!

fechar...