Burmilla
Sossegado, leal e carinhoso, essa é uma das raças mais jovens!

Informações Gerais

O gato Burmilla é bastante raro, difícil de ser visto por aí. Surgiu na Grã-Bretanha como uma das raças de felinos mais novas, nascida em 1981. Mesmo com tanta jovialidade, ele é muito famoso, principalmente pela dificuldade de ser encontrado.

Irreverente, o Burmilla gato tem um lado independente que o torna bastante tranquilo e sossegado. Porém, na maior parte do tempo, ele precisa receber atenção e trocar carinhos com os tutores.


Neste guia você vai encontrar:


Condição Física

Logo de cara, você se depara com um gato robusto e pesado, com a musculatura bem desenvolvida. No entanto, ele não precisa de uma rotina árdua de exercícios, sendo apenas necessária alguma distração para seu corpo se alongar todo dia. Além disso, essas atividades ajudam no controle do peso.

Apesar do médio porte, ele é um gato muito adequado para viver tanto em ambientes internos como externos. Caso o felino passe períodos fora de casa, é importante tomar muito cuidado com outros pets, pois eles podem não se dar muito bem a princípio.



Peso

4,5 a 6kg

Expectativa de Vida

10 a
16 anos

Nivel de Fofura

alto

Características

É um gato

geralmente saudável
CUJA PELAGEM É FÁCIL DE CUIDAR
QUE GOSTA DE BRINCAR
QUE MIA MUITO
Foto

SE RELACIONA BEM?

com crianças
com sua família humana
com estranhos
com outros pets
Foto

Rações para Burmilla

Destaques e curiosidade

Introdução

A raça de gato Burmilla é a nossa caçulinha. Com muita graça, ela encanta todos por onde passa! Não há tempo ruim, ela se adapta facilmente aos ambientes e quer sempre agradar os tutores! Vamos aproveitar e conhecer alguns fatos curiosos e divertidos sobre o felino?

Sabia que o gato Burmilla não tem a cor dos olhos definida até os dois anos de vida? Isso mesmo, a coloração dos olhinhos do felino pode levar todo esse tempo até se estabelecer!

Uma das características mais marcantes do Burmilla é o temperamento tranquilo na maior parte do tempo. É claro que também gosta dos momentos de brincadeiras, mas ele é ideal para quem procura uma raça calma e sossegada.

É preciso acender um sinal de alerta quanto à alimentação do felino Burmilla. Isso porque ele tem uma grande tendência à obesidade. Assim, cuidar da dieta e incluir exercícios na rotina do pet ajudam a manter o peso adequado durante a vida dele.

Burmilla guia raças

História do Burmilla

Origem

O Burmilla nasceu de um cruzamento acidental em 1981, na Grã-Bretanha. Um gato Persa Chinchila acabou encontrando uma fêmea Birmanesa e, dessa mistura, nasceram quatro filhotes diferenciados.

Continuação da raça

O nascimento desses quatro filhotes com os pelos curtos, prateados e pretos impressionou os criadores da época. A partir daí, foi inaugurado um processo de procriação, misturando as raças Persa Chinchila e Birmanêss. Atualmente, o Burmilla ainda é considerado uma raça experimental.

Migração

Não se sabe ao certo quando a raça começou a ser levada para outros lugares. Ela ainda é bastante rara, principalmente nos Estados Unidos. É mais fácil encontrá-la em seu país de origem.

Reconhecimento

A Cat Association of Britain reconheceu o gatinho Burmilla no ano de 1983 e, no ano seguinte, o felino foi reconhecido pela Fédération Internationale Féline. Já em 2011, o bichano entrou para a classe de Diversos da Cat Fanciers Association.

Características físicas

De porte médio, o Burmilla tem um corpo musculoso e forte, que lembra muito seu antecessor Birmanês. As patas são ovais e elegantes, combinando com o resto do corpinho luxuoso.

A cabeça é arredondada e o focinho, largo no centro. As orelhas têm as pontas redondinhas, e os olhos, de tamanho médio, possuem tons variados de verde. A boquinha é bem posicionada e desenhada perfeitamente para o rosto do gato!


Personalidade

A principal característica da personalidade do Burmilla é ser um gato sossegado. Ele precisa da atenção dos tutores e adora brincar em certos momentos. Também gosta de pequenas aventuras, mas é um pouco desajeitado. Com ele, a diversão é garantida!

O gato adora brincar com crianças e outros pets, pois tende a se socializar rapidamente. Os estranhos precisam ter um pouco mais de paciência, porque ele pode se esquivar das gracinhas inicialmente.

Saúde e bem-estar

Escovação dos pelos

A pelagem do bichano da raça é fina, macia e sedosa, podendo ser curta ou longa, muito parecida com a do gato Persa. A cor dos pelos é muito bonita, com um fundo branco prateado que dá um brilho ainda mais intenso aos fios.

Para manter essa pelagem divina impecável, não é preciso ter cuidados tão rígidos. Uma escovação semanal já é suficiente para remover os pelos mortos e evitar nós. Nos períodos de queda, pode-se escovar com uma frequência um pouco menor.

Higiene

Os banhos na raça são raramente necessários, podendo ser mensais. No período entre banhos, é preciso observar se a cor da pelagem está muito suja. Outro ponto de atenção é a limpeza das orelhas e dos olhos. Se for preciso, limpe essas regiões semanalmente com um pano úmido. Isso evita o acúmulo de secreção e bactérias.

Cortar unhas

Como todos os gatos, o Burmilla precisa ter as pequenas garras aparadas periodicamente para não se machucar ou estragar objetos. A escovação dos dentes deve ser feita de acordo com a orientação do veterinário, uma vez por semana.

Cuidados com a saúde do Burmilla

O gatinho tem uma saúde bastante forte e resistente, não sofre com doenças congênitas, como acontece com algumas raças. Para manter o bem-estar dele, é importante fazer exames regulares e manter vermifugação e vacinas em dia.

higiene e limpeza para Burmilla


Burmilla

O gato Burmilla tende à obesidade, como já foi dito. Por isso, os cuidados com a alimentação dele devem ser redobrados. Escolha sempre rações de qualidade, indicadas para a idade do peludo. Aproveite as consultas com o veterinário para verificar a quantidade das porções diárias.

É fundamental manter um cantinho com a comida do pet e também água limpa e fresca para ele. A hidratação é uma parte do caminho para ter uma vida saudável e um bem-estar completo!

Manter o acompanhamento do peludo com o veterinário em dia é tudo que ele precisa, além de carinho e atenção. Esse cuidado é fundamental, pois é nas consultas que possíveis doenças podem ser identificadas e tratadas, a dieta do peludo é ajustada e muito mais.

Além disso, as vacinas devem ser iniciadas com o gatinho ainda filhote. Elas garantem a proteção dele e de toda a família contra várias doenças contagiosas. Mantenha a vermifugação em dia também!

O Burmilla filhote é como todas as raças de gatos: precisa de muitos cuidado e carinho ao chegar no novo lar. Ele passará por um processo de adaptação que vai ajudá-lo a se sentir bem.

É nessa fase que o filhote já precisa de caminha, comida adequada e brinquedos à disposição. As consultas com o veterinário, as vacinas e a vermifugação também precisam ser iniciadas nesse período.

Dicas de adestramento

Sobre a raça

Como vimos, essa raça é bastante sossegada, mas sabe guardar as energias para os momentos de brincadeira. Então, aproveite esses tempinhos para treinar o seu peludo.

Truques

Aposte em brincadeiras que envolvam escaladas, saltos, etc. Por mais quieto que seja, o felino é muito habilidoso nessas atividades e adora praticá-las! Para incentivá-lo, use elogios e petiscos.

Gato Burmilla, um caçula que a Petz adora!

Gostou de conhecer esse gato sossegado? O Burmilla tem várias características interessantes, né? Aproveite as opções de produtos aqui do Pet Shop on-line da Petz e cuide do seu felino. Ele vai adorar ser mimado e bem cuidado!