Gato de pelo
curto europeu
Uma raça natural, que esbanja lealdade e um corpo atlético!

Informações Gerais

O gato de pelo curto europeu é um felino extremamente doméstico, perfeito para famílias e também pessoas que moram sozinhas. Os laços que criam com seus tutores é surpreendente, tornando-os exímios companheiros para todas as horas.

A inteligência desse animal chama bastante a atenção. Ele tem uma grande capacidade de aprendizado, seja na hora das brincadeiras ou dos treinamentos. Quer conhecer todas as características do gato europeu comum? Então, continue conosco e acompanhe cada detalhe!


Neste guia você vai encontrar:


Condição Física

O gatinho de pelo curto europeu tem um tamanho médio, mas um nível de energia significativamente alto. Por isso, ele precisa de um espaço em que possa praticar exercícios e fazer atividades diárias.

Porém, isso não quer dizer que ele não possa viver em apartamentos. Nesses casos, é indicado montar um circuito ou um espaço para o bichinho se exercitar e gastar energia. Brinquedos interativos também são uma ótima opção. Para os que vivem com quintais à disposição, fique atento à segurança dele, para não fugir!



Peso

5kg

Expectativa de Vida

15 a
20 anos

Nivel de Fofura

alto

Características

É um gato

geralmente saudável
CUJA PELAGEM É FÁCIL DE CUIDAR
QUE GOSTA DE BRINCAR
QUE MIA MUITO
Foto

SE RELACIONA BEM?

com crianças
com sua família humana
com estranhos
com outros pets
Foto

Rações para Gato de pelo
curto europeu

Destaques e curiosidade

Introdução

O pelo curto europeu tem cores parecidas com outras raças. Por exemplo, o pelo curto americano é semelhante ao nosso gatinho da Europa. No entanto, algumas curiosidades e informações são exclusivas dele, e vamos conhecê-las agora!

Se você deseja adotar um gatinho dessa raça, pode ser difícil encontrá-lo em abrigos fora do território europeu. Como a fama e a popularidade do gatinho são quase exclusivas da Europa, o bichano não é muito comum em outros lugares do mundo.

Existem muitas raças que são frutos de misturas de gatos diversificados, mas o pelo curto europeu é o contrário da miscigenação. Ele é uma raça pura, natural, ou seja, surgiu sem nenhuma interferência humana na criação dela.

Uma das principais características do felino europeu é ser considerado um “gato doméstico”. O uso desse termo mostra que ele é um animal mais tranquilo. No entanto, ele também apresenta traços de caça e territorialismo.

Gato de pelo<br> curto europeu guia raças

História do Gato de pelo
curto europeu

Origem

A raça apareceu no Império Romano, acompanhando invasores, devido à habilidade de caça dela. Depois de um tempo, essa competência o tornou um bichano excelente para fazendas. Assim, ele reapareceu, com as características atuais, na Suécia, onde se popularizou.

Raças próximas

Essa raça teve surgimento natural, ou seja, não sofreu nenhuma miscigenação de outros gatos. Os felinos mais próximos a ele são Celtic Shorthair, exóticos e até mesmo persas, mas não são considerados ancestrais dele.

Descendentes

Alguns testes feitos na raça por cientistas descobriram que o gato de pelo curto americano tem traços do europeu e existe uma ligação bem próxima entre eles. Isso quer dizer que, em algum momento das colonizações, o felino da Europa atravessou o oceano.

Reconhecimento

Para preservar as origens romanas do gato de pelo curto europeu, a Fédération Internationale Féline reconheceu a raça em 1992. Esse reconhecimento foi feito também para separá-lo definitivamente de outros pelos curtos.

Características físicas

O gato europeu é de tamanho médio, mas alguns machos ficam um pouco maiores. O corpo é firme, com uma barriguinha um pouco avantajada. As patas são fortes e bem definidas, com um aspecto atlético.

A cabeça da raça costuma ser grande, com orelhas médias, arredondadas e bem posicionadas na parte superior do crânio. As orelhinhas podem ter um pequeno tufo de pelos. Os olhos são um pouco pequenos, repuxados nos cantos e em diversas cores.


Personalidade

O felino da Europa é bastante afetuoso com a família e busca agradar a todos na maior parte do tempo. Brincadeiras com os tutores são momentos preferidos deles. A interação dele com outros pets e crianças é muito boa, mas é preciso se atentar a bichinhos muitos pequenos, que podem se tornar caças para ele.

Mesmo sendo bastante equilibrado mentalmente, o animalzinho pode ser tímido e territorialista com estranhos. Nessas situações, respeite o gato e, se necessário, tenha pulso firme. No mais, invista em atividades que estimulem a capacidade física e mental para a inteligência do bichano se manter ativa.

Saúde e bem-estar

Escovação dos pelos

Os pequenos pelos do gatinho são de fácil manutenção. Encontrado em diversas cores, como gato europeu preto, os fios precisam ser escovados uma vez por semana. Dessa forma, é possível evitar nós por toda a pelagem e remover fios mortos.

Higiene

A rotina de higiene do gato de pelo curto não é rígida. Devem ser dados banhos esporádicos para que ele se sinta limpinho, além da própria autolimpeza. Fique atento ao acúmulo de sujeira nas orelhas do pet, que pode causar infecções e inflamações.

Unhas

O corte das unhas do felino deve ser feito regularmente conforme o crescimento das pequenas garras. Caso não consiga cortá-las em casa, leve o peludo a um centro especializado como a Petz. Ter um arranhador em casa também é bom para o desgaste das unhas.

Dentes

Converse com o veterinário para que ele indique a frequência ideal e os produtos adequados para escovar os dentes do peludinho. A escovação é fundamental para cuidar da saúde bucal do gato.

higiene e limpeza para Gato de pelo
curto europeu


Gato de pelo<br> curto europeu

Ofereça rações para o peludo que correspondem ao peso e ao porte dele. Além disso, escolha sempre comidinhas indicadas para a idade atual do bichano. O aporte nutricional correto em todas as fases da vida faz muita diferença!

Peça ao veterinário uma dieta equilibrada para o peludinho, com todas as porções diárias na quantidade adequada. Petiscos devem ser oferecidos com a autorização do profissional para não fugir do valor nutricional necessário ao felino todos os dias.

Como já foi reforçado, é fundamental manter uma rotina de consultas com o profissional que cuida do gatinho. Assim, o acompanhamento geral da vida dele será feito direitinho, com tudo o que ele precisa e todas as avaliações necessárias.

Não se esqueça também de manter a caderneta de vacinação do gato europeu de pelo curto sempre em dia. Existem algumas vacinas que devem ser dadas logo no início da vida do peludo e todas elas devem ser cumpridas. Essa atitude é benéfica para toda a família.

Quando um filhote de gato de pelo curto europeu chega ao lar, é um momento muito especial para a família e para o bichinho. Ele precisa se adaptar ao ambiente e se sentir confortável. A adaptação rápida é uma característica da raça que vai ajudar nessa hora.

Para que o gato comum europeu filhote se sinta bem, prepare um espaço com comedouro, bebedouro, brinquedos e caminha. Ajuste a rotina para dar a maior atenção possível a ele, pois é nessa fase que os laços familiares serão criados!

Dicas de adestramento

Sobre a raça

Essa é uma raça bastante inteligente, pequenos exercícios diários já vão ser suficientes para estimulá-lo ao aprendizado. Como gosta muito de brinquedos, pode ser uma boa opção utilizar varinhas e lasers, por exemplo, durante os treinos.

Truques

Não há nenhum truque específico indicado para o adestramento da raça. Ainda assim, é preciso ter paciência e, de preferência, um dos tutores da família deve participar dos treinos. Os resultados serão incríveis!

Raças relacionadas

Seu gatinho bem cuidado com a ajuda da Petz!

Todos os nossos itens estão prontos para ajudar nos cuidados diários com o seu gato de pelo curto europeu. Aproveite os preços incríveis aqui do Pet Shop on-line da Petz e garanta tudo que seu felino precisa. Faça todas as suas compras sem precisar sair de casa!