Saiba o que fazer para ajudar seu cachorro assustado

Postado por PETZ, em 01/08/2021

Bem-Estar
Saiba o que fazer para ajudar seu cachorro assustado

Seja em finais de campeonato, viradas de ano ou até mesmo naqueles dias decisivos de reality show, quem tem um melhor amigo em casa sabe que esses momentos são rodeados de muita preocupação devido à queima de fogos de artifício e rojões. Afinal, só quem tem um cachorro assustado sabe o quanto isso pode ser traumático para os bichinhos. 

cãozinho.assustado.o que fazer?

Ultimamente, cada vez mais cidades têm proibido a queima de fogos, não só por afetar os pets, mas também devido à poluição sonora. Em contrapartida, nós sabemos que isso ainda não é realidade em todo o mundo, e precisamos adotar alguns cuidados para deixar os cãezinhos mais seguros durante esses momentos.

Descubra os motivos que fazem os cachorros terem medo de barulho

 

Que o som assusta cachorro já é de conhecimento dos tutores, mas você sabe o porquê disso acontecer? Ao contrário dos humanos, que não associam o barulho a algo ameaçador, os bichinhos costumam fazer essa conexão logo de primeira, principalmente porque, na natureza, estrondos repentinos são ligados a situações de perigo.

A Dra. Karina Mussolino, veterinária e gerente técnica da Petz, lembra que esse comportamento do cachorro acontece devido a sua audição ser bem mais sensível do que a nossa, o que contribui para deixá-lo assustado a partir de qualquer sinal de um som mais estrondoso.

Como reconhecer os comportamentos de um cachorro assustado?

Apesar do medo relacionado a fogos de artifício ser bastante comum, esse não é o único motivo que pode deixar seu cachorro assustado e tremendo. Em outras situações, é preciso de um pouco mais de atenção para reconhecer os sintomas e tentar ajudá-lo da melhor forma. 

Segundo a Dra. Karina, cães estressados podem evoluir para um quadro de pânico, chegando até mesmo a se machucarem. Quando eles estão desesperados para se protegerem, não é raro que acabem fugindo, se prendendo em portas ou portões, ou até mesmo se ferindo com guias ou coleiras. Por isso, mantenha-as sempre longe do seu pet nesses momentos. 

Mas, afinal, como reconhecer quando seu cachorro está assustado? O Blog Petz te ajuda nessa missão:

Comportamento fora do normal

A principal forma de sentir o medo do seu cachorro é analisando seu comportamento. Agressividade e latido incessante são alguns dos sintomas mais evidentes, mas não são os únicos! Baba excessiva, busca por atenção, postura encolhida, tremores e hiperatividade também são atitudes comuns que seu animalzinho pode tomar.

cachorro.assutado. como tirar o medo

Fezes, urina e vômito

Agora, outros meios de sentir seu cachorro assustado é analisando suas necessidades fisiológicas. É comum seu pet ter um local específico para isso, certo? Caso ele comece a fazer fora do local de costume, assim como vomitar, é um sinal de que pode estar passando por um momento turbulento. 

Como ajudar seu cachorro assustado?

Não sabe o que fazer com cachorro assustado? Há diversas maneiras de ajudar seu amigo de quatro patas a se acalmar. Chamar o pet para brincar, evitar segurá-lo no colo ou agir normalmente são dicas já comuns, mas que podem não ser as mais eficientes. Quer saber mais? Vem com a gente que te ajudamos.

Presenteie com petiscos

O petisco é uma ótima forma de ter como acalmar cachorro agitado. Estimulá-lo com isso é uma maneira interessante, mas é importante não deixá-lo ainda mais assustado, por isso, ofereça sempre quando ele não estiver latindo ou com ataques de raiva. Tenha paciência! Assim, o bichinho vai se sentir amado e bem-cuidado.

Providencie um porto seguro

Não há nada como o cachorro ter um lugarzinho para chamar de seu, não é? Providencie um local onde ele tenha uma casinha ou uma caixa de transporte recheada de cobertores, toalhas e até alguma peça de roupa sua para que ele possa sentir seu cheiro e se acalmar. 

 

Converse com seu veterinário

Já pensou em utilizar feromônios sintéticos? Seu veterinário pode te dizer se isso é recomendado ou não, e até mesmo falar qual o mais indicado para o seu amigão. Que tal aproveitar e também perguntar sobre a possibilidade de usar protetores articulares? Eles ajudam a reduzir o impacto causado pelo barulho.

O que não fazer?

Punir ou tratar com indiferença não é uma forma recomendada de lidar com o problema. Em vez disso, ofereça petiscos e brinquedos, e fique próximo a ele! Mostre compaixão, que é o que o bichinho mais procura nesses momentos. E, claro, em hipótese alguma ofereça calmante para cachorros agitados.

Antecipe o problema!

Não espere um dia de estrondos para aprender como tirar o medo do cachorro. Uma dica é já ir adaptando-o a sons mais altos antes mesmo de eles acontecerem. Você pode colocar na TV algum programa que tenha barulho de fogos ou rojões, e ir brincando para distrair seu amigão.cachorro assutado. como ajudá-lo?

A presença de um profissional em adestramento também é muito importante. Ele pode te ajudar a encontrar as melhores técnicas para o seu pet e montar um cronograma de truques para superar o medo. Um veterinário também consegue ver atitudes que o bichinho toma quando está com medo que podem passar despercebidas pelos tutores.

Gostou das nossas dicas? Agora você já sabe a melhor maneira de ajudar o seu cachorro assustado a se sentir mais seguro e protegido. Na Petz você encontra petiscos e outros produtos essenciais para ajudá-lo nos momentos mais difíceis. Acesse nosso pet-shop online ou encontre a unidade mais próxima de você. 

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *