Como escolher o cuidador de cachorro ideal para o seu pet

Postado por PETZ, em 16/07/2019

Bem-Estar
Como escolher o cuidador de cachorro ideal para o seu pet

Viajar com o pet é uma delícia. No entanto, nem sempre é possível ou recomendado levá-lo junto com você. E, quando isso acontece, é fundamental encontrar um cuidador de cachorro! Mas, atenção: para isso, é preciso escolher bem a pessoa que vai cuidar do seu cachorro.

Caso contrário, você pode ter surpresas desagradáveis ao retornar para casa. Para te ajudar a encontrar o cuidador de animais ideal elaboramos um texto com tudo o que você deve considerar.

E, aí, pronto para descobrir como escolher o melhor cuidador de cachorro para o seu animalzinho não se sentir abandonado em sua ausência?

Cuidador de cachorro: boa vontade é importante, mas não é tudo!

Vamos imaginar que você decidiu viajar durante as férias e algum amigo ou parente se ofereceu para ficar com seu filho de quatro patas. Uma vez que o hotel para cachorro aumenta o custo da viagem, é normal aceitar a proposta logo de cara.

Porém, de acordo com o médico-veterinário da Petz, Dr. Samuel Teófilo, é preciso levar em conta outros fatores além da boa vontade. Entre as medidas recomendadas por ele, estão:

  • Visitar o local para saber se tem redes de proteção ou se apresenta qualquer perigo;
  • Fazer a adaptação do pet com outros animais da casa (caso existam);
  • Questionar se o pet ficará sozinho em casa e por quanto tempo;
  • Certificar-se de que a pessoa é devidamente capacitada para cuidar do pet e se terá condições de tomar providências em caso de emergências,
  • Verificar se a rotina do cachorro é condizente com a rotina do local de hospedagem.

Risco de intoxicação aumenta quando o pet está fora de casa

Conhecer bem o local em que o pet vai ficar na sua ausência é importante, pois assim, você consegue dar as orientações específicas sobre os hábitos do seu pet, principalmente, referentes a alimentação para a babá de cachorro.

Segundo o Dr. Samuel, são comuns os casos de intoxicação alimentar na casa de um pet sitter. Nesse sentido, a presença de crianças e a própria falta de conhecimento do cuidador pode levar o pet a comer comidas inapropriadas.

“Também podem ocorrer quadros de intoxicação ou de alergias naqueles pets com dieta específica e que, por ventura, venham a comer a ração de outro pet na casa”, destaca o veterinário.

Checklist do cuidador de cachorro

Isso se torna ainda mais importante quando o pet vai ficar na casa de alguém que não é um experiente cuidador de cachorro. Por isso, não tenha medo de anotar uma série de dicas e recomendações.

Bastante simples, a medida é capaz de evitar diversos problemas, especialmente no caso de filhotes, incluindo a, já mencionada, intoxicação:

  • Avise sobre problemas de saúde ou de alergia com o seu amigo;
  • Além dos seus dados de contato, deixe também o telefone de um veterinário ou de uma clínica de sua confiança, para emergências;
  • Caso o cachorro faça uso de medicamentos, já deixe as doses separadas. Ou, se não for possível, coloque as orientações detalhadas em um papel, com quantidades e horários;
  • Informe sobre restrições alimentares específicas do pet e deixe uma lista pronta com todos os alimentos proibidos para cães (chocolate, abacate, cebola, etc.);
  • Explique qual é a quantidade certa de ração e em quais horários ela deve ser dada,
  • O pet tem problemas de comportamento? Converse sobre eles com o cuidador e dê orientações sobre o que fazer para evitar complicações.

Portanto, procure deixar o pet mais à vontade. Garanta que ele tenha alguns acessórios essenciais, como caminha e brinquedos. Em alguns casos, deixar uma roupa com o cheiro do tutor também pode ajudar a tranquilizá-lo.

Hotel para cachorro: por que eles são uma boa opção

Dessa forma, é fundamental verificar o ambiente e dar as devidas orientações. Assim, não haverá problema em deixar o pet com um cuidador de cachorro de sua confiança.

No caso de um cuidador ou passeador de cães com o qual o seu amigo já está acostumado, a experiência será menos estressante para o pet. Mesmo assim, um hotelzinho para cães oferece vantagens em relação a um cuidador de cachorro.

“Esses espaços estão preparados para receber seu cachorro com toda infraestrutura e profissionais capacitados. Além de monitoramento integral, conforto e atividades diárias que o deixarão muito confortável e entretido”, diz o Dr. Samuel.

Hotel e Day Care na Petz

No hotel e day care da Petz, instalado na unidade Ricardo Jafet, os cães dormem em quartos separados e realizam diversas atividades ao longo do dia. Tudo feito, sempre, de acordo com as necessidades do pet.

Ah! Lembrando que, mesmo para quem pensa em deixar o pet em um hotel, é importante se programar com antecedência. Conheça mais sobre a Petz e todos os serviços e produtos que oferece para deixar a vida do seu pet mais feliz!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *