Piometra em gatos: conheça essa perigosa doença

Postado por PETZ, em Atualizado em Jun 21, 2021

Bem-Estar
Piometra em gatos: conheça essa perigosa doença
Tempo de leitura: 5 minutos

Apesar de ser uma doença pouco comum, é necessário estar atento à piometra em gatos. Essa condição, considerada grave, se caracteriza pela infecção do útero e pode levar a sérias consequências para o pet. 

gato na garagem

Por isso, o tutor deve estar alerta aos sinais de perigo, além de fazer o máximo para prevenir o problema. Pensando nisso, preparamos um guia com tudo sobre piometra em gatos. Continue lendo para aprender o que é piometra em gatos, causas, sintomas e tratamento. 

Piometra em gatos: o que é? 

A palavra “piometra” tem sua origem na língua grega: “pyon” significa pus e “mētra” significa útero. Assim, a piometra em gatas é uma infecção no útero das bichanas, causada por alterações hormonais. Dependendo das características da doença, a doença pode ser dividida em dois tipos:

  • Piometra aberta: a piometra é considerada aberta quando o colo do útero está aberto. Nesse caso, pode haver secreção de líquidos e, geralmente, é uma condição mais leve,
  • Piometra fechada: é quando o colo do útero está fechado. Quando isso ocorre, há um maior acúmulo de líquidos no interior do útero, levando a consequências mais graves. 

Independentemente do tipo da doença, a piometra em gatos é considerada uma doença grave que merece atenção veterinária imediata. 

Causas

Para entender as causas da piometra felina, precisamos conhecer o ciclo reprodutivo dos bichanos. Durante o cio, também chamado de estro, o corpo da pet passa por diversas alterações para se preparar para uma possível gestação. 

Uma dessas modificações é o aumento da progesterona, um hormônio que possui diversos efeitos no útero para torná-lo mais propício para receber os possíveis filhotinhos. Entre essas ações estão:

  • Reduzir a resposta imunológica e diminuir possíveis defesas para que não haja um ataque aos fetos;
  • Inibir movimentos de contração;
  • Realizar o fechamento do colo do útero,
  • Aumentar a secreção de líquidos no interior do útero. 

Entretanto, quando a gestação não ocorre, a progesterona em excesso torna o útero um ambiente perfeito para o surgimento de bactérias. Com as defesas baixas, muitos líquidos e o fechamento do colo do útero, as bactérias podem se espalhar pelo organismo com grande facilidade. 

Assim, ocorre a infecção conhecida como piometra em gatos. Esse quadro, porém, é bastante raro nas bichanas, já que o estro dos felinos é um tanto diferente. 

Por que a piometra em gatos é tão rara? 

O aumento da progesterona durante o cio da fêmea é um fenômeno comum em diferentes espécies. Porém, nos felinos, isso ocorre de uma forma diferente. Geralmente, a ovulação das bichanas só ocorre após o coito. 

Só assim há o aumento dos hormônios que preparam o corpo para receber filhotinhos. Como a progesterona só vai se elevar caso a gatinha cruze, e a piometra só ocorre quando não há fecundação, é muito raro que a infecção ocorra nas bichanas. Geralmente, após o coito, elas logo engravidam. 

Porém, veterinários têm registrado um aumento nesse quadro nos últimos anos. De acordo com pesquisas, isso se dá graças ao uso de anticoncepcionais para pets. Esse tipo de medicamento desregula os hormônios do organismo da gatinha, buscando impedir a gestação mesmo caso haja relações sexuais. 

Graças à essa desregulação, a gatinha pode ter aumento de progesterona em seu corpo e, consequentemente, as condições propícias para infecção. Assim, de acordo com estudos, a principal causa para a piometra em gatos hoje é a administração de anticoncepcionais. 

Principais sintomas

Perceber a piometra em gatos pode ser um desafio. Como os bichanos são muito independentes, evitam mostrar que estão sentindo dores ou incômodos. Além disso, como o quadro é relativamente raro nos felinos, a infecção muitas vezes é confundida com outras enfermidades. Os sintomas da piometra irão depender do tipo da doença, aberta ou fechada:

1. Aberta

  • Secreção vaginal de coloração amarela, avermelhada ou marrom, com cheiro forte e desagradável;
  • Apatia;
  • Febre;
  • Vômitos,
  • Diarreia. 

2. Fechada

  • Apatia;
  • Falta de apetite;
  • Febre;
  • Vômitos,
  • Diarreia.

Como a piometra fechada não apresenta secreção, sua identificação é mais difícil. Por isso, é importante buscar ajuda de um veterinário ao notar qualquer um dos sintomas acima. Ambos os quadros são graves e precisam de um atendimento médico veterinário o mais rápido o possível. 

gato com olhar sério

Diagnóstico e tratamento

Para identificar a piometra, o médico-veterinário irá analisar os sinais clínicos, identificando quais os sintomas e o histórico do pet. Em alguns casos, alguns exames podem ser necessários, como ultrassom e análise da secreção vaginal. 

O único tratamento, não é feito com remédio para piometra em gatos, mas sim com a castração da gatinha, removendo todo seu útero. Esse é o processo mais seguro e recomendado pelos veterinários, já que assim a bichana fica segura de outras possíveis infecções. 

Prevenção da piometra em gatos

Todo tutor deseja o melhor para seu filho de quatro patas. É fundamental compreender que as necessidades dos nossos amigos são distintas das nossas. 

Assim, os médicos-veterinários são os melhores conselheiros quando o assunto é a saúde dos pets. E especialistas do mundo todo concordam: a castração é uma forma de prevenir doenças e cuidar do seu peludo. 

Além de evitar uma gravidez indesejada, a castração previne contra doenças como a piometra em gatos, além dos temidos e perigosos tumores. Por isso, se você não tiver o desejo de ter filhotinhos em casa, converse com seu veterinário. Castrar seu pet é um ato de amor e cuidado! 

gato preto filhote

Nas clínicas da Petz você encontra profissionais responsáveis e capacitados, que poderão tirar todas as suas dúvidas sobre o tema. Procure a unidade mais próxima e venha nos fazer uma visita! Ficaremos felizes em conhecer seu filho de quatro patas! 

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *