Miado de gato no cio: saiba como ajudar sua bichana

Postado por PETZ, em Atualizado em Jan 7, 2021

Bem-Estar
Miado de gato no cio: saiba como ajudar sua bichana
Tempo de leitura: 6 minutos

Ter uma bichana não castrada em casa pode ser um desafio em alguns momentos. De tempos em tempos, chega o momento no qual é necessário lidar com o miado de gato no cio, além das diversas alterações comportamentais. 

gato miando

Porém, devemos lembrar que o mais importante é o bem-estar de nossos amigos de quatro patas. Como tutores, é possível ajudar os bichanos e, de quebra, suavizar o temido miado de gata no cio. Quer saber mais sobre o assunto? Continue lendo!

O que é cio?

Para os especialistas, o famoso cio tem outro nome. É o que explica o Dr. Rogério Carletti Rocha, médico-veterinário da Petz. “A fase do ciclo reprodutivo das gatas conhecido como cio é chamada (tecnicamente) de estro”, comenta. 

Esse é o período no qual os níveis hormonais do pet estão muito altos, deixando seu organismo propenso à cópula. Como consequência, o peludo terá uma série de alterações comportamentais, como propensão à fuga, carência e o temível miado de gata no cio

Se você deseja receber novos filhotinhos em sua casa, esse é o momento ideal para cruzar seu pet! Entretanto, se você prefere evitar “ser vovô de pet”, alguns cuidados são necessários. Um deles é saber como identificar miados de gatos no cio para saber que o período começou.

Cio de gata: frequência e características

O cio é um fenômeno comum em boa parte dos mamíferos. Porém, os felinos guardam suas particularidades. O Dr. Rogério explicou as principais características do fenômeno nas bichanas: 

  • Primeiro cio: ocorre quando a bichana entra na puberdade. É um período bastante variável, mas, geralmente, acontece entre o 8° e 10° mês de vida;
  • Frequência: o Dr. Rogério explica que a regularidade do estro dos felinos é difícil de se medir. Isso porque o cio das gatas não é regular como nas outras espécies. A duração e os intervalos mudam de acordo com o ambiente;

O fator mais importante para que a bichana entre nessa fase é a presença de bichanos machos e não castrados na região. A partir do odor e do miado de gato no cio, os felinos podem se comunicar. Com isso, o organismo da gata já começa a se preparar para receber os futuros filhotinhos; 

Assim, enquanto houver gatos machos próximos a uma fêmea, ela poderá ficar em cios constantes ou muito próximos. A incidência de luz também pode influenciar as taxas hormonais da gata, e o estro ocorrerá com mais frequência durante o período de mais sol, 

  • Duração: assim como a frequência, a duração vai depender do ambiente. Geralmente, o período fértil da bichana dura de 5 a 20 dias. Entretanto, tudo vai depender dos estímulos recebidos e da presença de machos não castrados por perto. 

Vale ressaltar, ainda, que diferentemente de outros pets, as gatas não passam por “menopausa”. Assim, caso você escolha não castrar, os períodos de estro e o temido barulho de gato no cio continuarão por um bom tempo. Para se ter uma ideia, registros mostram que a gata mais velha a dar à luz tinha 30 anos! 

gato miando alto

Gato macho também fica no cio? 

Quando falamos sobre cio dos gatos, é frequente falarmos sobre as fêmeas. Mas será que os bichanos também possuem fases reprodutivas? Especialistas explicam que sim, há um período conhecido como cio dos felinos machos. Mas esse é um processo bem diferente. 

De acordo com estudos, a partir da puberdade, o bichano já estará pronto para acasalar com uma fêmea, basta que ela demonstre interesse. Porém, há outros fatores que influenciam seu comportamento, como a incidência de sol. 

Pesquisas mostram que durante os meses mais iluminados, os felinos estão mais propensos a acasalar. Entretanto, diferentemente das fêmeas, os bichanos não apresentam o desagradável miado de gato no cio. 

No caso dos machos, o problema é outro. Seu comportamento fica mais agressivo, se tornando mais fujão e briguento.  

Miado de gato no cio: como ajudar? 

Se você tem um gato miando no cio em casa e está pensando em como ajudar sua amiga, o primeiro passo é saber que esta também é uma fase difícil para ela. Imagine que, nesse momento, a bichana está sentindo uma necessidade constante de sair de casa. 

Por isso, o principal é fornecer o necessário para que sua amiga se sinta o mais confortável o possível. Algumas atitudes que podem auxiliar são:

  • Brincadeiras extras: as atividades são excelentes para distrair a bichana da vontade de sair de casa. Por isso, invista no enriquecimento ambiental, com brinquedos e acessórios com os quais a peluda possa se divertir! Essa também é uma ótima forma de evitar o miado de gato no cio; 
  • Doses de carinho: você deve ter percebido que sua gata no cio fica mais carinhosa, não é mesmo? Dedicar alguns momentos de carícia a sua amiga pode ajudá-la a se acalmar; 
  • Considere os florais: os florais são essências vegetais que buscam auxiliar a acalmar os pets. Apesar de não haver uma eficácia comprovada de seus efeitos, não há contraindicações para sua utilização. Por isso, se você gostar de terapias alternativas, um floral para cio de gatas pode ser uma boa opção; 
  • Utilize feromônios: outra parte desagradável do cio das gatas é a urina em excesso.  Muitas vezes, os pets fazem esse xixi como forma de marcação de território, com o objetivo de chamar a atenção dos felinos da região. 

Para evitar que sua bichana urine fora do local, utilizar os feromônios é uma boa ideia. Esse produto simula o odor dos gatos, afastando-os de determinados locais; 

  • Fuja das fórmulas milagrosas: o cio, no caso das gatas, é estimulado por fatores ambientais. Assim, o melhor remédio para cortar o cio do gato é mantê-lo afastado de outros pets não castrados. 

Outras opções, como remédios caseiros para acalmar gato no cio, não possuem efeito comprovado e, em alguns casos, podem até mesmo causar reações adversas no pet. 

Em alguns locais, encontramos um medicamento conhecido como vacina para cio de gato. Entretanto, esse produto não é recomendado por veterinários. Sua atuação é agressiva e pode ter diversos efeitos colaterais, como o desenvolvimento de câncer e infecções;

  • Castre seu pet: como vimos, o cio pode ser um momento muito desagradável também para os pets. Por isso, a melhor forma de evitar esse período é fazendo a castração. 

Especialistas do mundo todo reforçam os benefícios de castrar seu filho de quatro patas. Além de acabar com o estro, você evita uma gravidez indesejável, que pode levar a uma maior população de pets de rua. 

A castração é uma operação simples, sem riscos, e que ainda pode prevenir doenças. Por isso, lembre-se que castrar é um ato de amor e responsabilidade! 

Agora que você já sabe como lidar com o miado de gato no cio, poderá cuidar do seu pet de forma mais responsável e segura! 

gato miando fora de casa

E se precisar de acessórios para seu peludo, conte com a Petz! Em nossas lojas você encontra rações, brinquedos, casinhas e tudo que seu filho de quatro patas precisa. Procure a unidade mais próxima ou acesse nossa loja virtual!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *