Como saber a raça do meu cachorro: veja as dicas

Postado por PETZ, em Atualizado em Nov 19, 2021

Cachorros
Como saber a raça do meu cachorro: veja as dicas
Tempo de leitura: 4 minutos

Nem sempre, quando adotamos um cãozinho, conseguimos identificar a espécie dele, principalmente quando ele é parecido com tantos outros ou foi doado por alguém que não tinha essa informação. Então, muitos tutores perguntam: como saber a raça do meu cachorro

cachorro marrom em cima da cama

Afinal, descobrir mais sobre o novo amigo de quatro patas ajuda a entendê-lo e garantir a saúde do pet. Isso porque existem alguns tipos de cachorro que possuem predisposições a doenças. Sendo assim, todo o cuidado é pouco para garantir a segurança dos peludos, não é mesmo?

Se você vive se perguntando “como saber a raça do meu cachorro?”, continue lendo e veja as dicas que separamos!

Como identificar a raça do cachorro?

Mesmo que você não saiba a raça do seu cachorro, deve ao menos desconfiar, não é mesmo? Isso porque existem algumas características físicas que dão pistas sobre isso.

A altura, a cor dos olhos, o formato do focinho, o pelo e as orelhas são alguns traços nos quais você deve dedicar um pouco mais de atenção. Entenda nos tópicos abaixo.

Tamanho e peso

O primeiro passo para aqueles que perguntam “como descobrir a raça do meu cachorro?” é analisar a altura e o peso do animal. Afinal, o porte do cãozinho é um grande indicativo sobre a origem dele.

  • Toy (de 1 a 6 kg, altura menor que 28 cm), como Chihuahua  e Pinscher;
  • Pequena (de 6 a 15 kg, altura de 28 a 35 cm), como Maltês e Lhasa Apso;
  • Média (de 15 a 25 kg, altura de 36 a 49 cm), como Chow Chow e Shar Pei;
  • Grande (de 25 a 45 kg, altura de 50 a 69 cm), como Labrador e Pastor Alemão;
  • Gigante (de 45 a 60 kg, altura maior que 70 cm), como Dogue Alemão e São Bernardo.

Porém, se o seu animalzinho é filhote, será um pouco mais difícil descobrir o porte dele, mas não se preocupe: prestar atenção às patas pode ajudar você a entendê-lo melhor, já que, quanto maiores forem, mais chances ele tem de se tornar um cão de grande porte.

Orelhas

Outro grande fator são as orelhas do seu companheiro, já que alguns tipos de raça de cachorro têm características únicas. É o caso do Akita e do Pastor Alemão, por exemplo, que possuem orelhas empinadas e pontiagudas.

Já no caso do Labrador e do Basset Hound, as orelhas são caídas e pendentes. As do Basset também são mais longas e em formato triangular. Fique atento, pois essa característica sozinha não diz muito sobre o seu cãozinho: lembre-se de levar em consideração todos os aspectos.

cachorro husky deitado

Cabeça e focinho

O formato da cabeça e do focinho também pode dar indícios da raça ou da herança genética do seu pet. Por exemplo, os Border Collies possuem um focinho mais projetado e fino.

Já os Pugs possuem um focinho achatado e bem curto. Mesmo se não for um cachorro de raça, o animal terá aparência semelhante a outras, indicando a descendência.

Pelagem

Para os tutores que perguntam “existe algo mais que me ajude a como saber a raça do meu cachorro?”, saiba que tanto a cor quanto a textura do pelo do bichinho são indicativos importantes de certas raças. 

Existem diversos tipos de pelagem: curtas, longas, lisas, onduladas, macias, duras e duplas. O Pastor Alemão, um pet muito popular pela lealdade e pelo companheirismo, é marrom e preto em partes específicas, por exemplo.

Como identificar as diferenças entre as raças?

Mesmo analisando as características físicas, algumas raças são muito parecidas, por isso, nem sempre é possível saber ao certo qual é a origem do seu companheiro. 

Para ajudá-lo a verificar as informações que você tem, separamos exemplos de duas raças muito parecidas, mas que contam com algumas características que as diferenciam. Assim, pode ser mais fácil entender sobre o seu amiguinho.

Shih-Tzu e Lhasa Apso

Já viu um cachorro pequeno e peludo passeando e ficou se perguntando se era um Lhasa Apso ou um Shit-Tzu? Então, você não é único, já que essas raças são muito parecidas.

Apesar disso, existem algumas diferenças entre elas. Geralmente, os pelos do Lhasa são mais longos e lisos, enquanto o focinho não é tão achatado. Por outro lado, a pelagem do Shih-Tzu é mais cheia e tem uma textura mais grossa, além dos olhos serem mais saltados. 

Bulldog Francês e Bulldog Inglês

Outro exemplo clássico são as raças Bulldog Francês e Bulldog Inglês: enquanto o primeiro possui mais rugas no focinho curto e olhos mais arredondados, o segundo tem um corpo mais robusto e musculoso, além de mais rugas não somente no focinho.

chihuahua na grama

Pronto para cuidar do seu animalzinho? Agora que você não precisa mais se perguntar “como saber a raça do meu cachorro?”, o próximo passo é contar com uma loja de qualidade, como a Petz, para mimá-lo. Acesse e veja quais produtos temos à venda.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *