Você sabe quais são as fases da vida de um cachorro?

Postado por PETZ, em Atualizado em Sep 29, 2020

Cachorros
Você sabe quais são as fases da vida de um cachorro?
Tempo de leitura: 4 minutos

Quando se trata de nossos bichinhos de estimação, sempre vamos considerá-los nossos bebês. Mesmo assim, é possível observar certas mudanças na aparência e principalmente no comportamento, de acordo com as fases da vida de um cachorro. Mas, afinal, quais são as fases da vida de um cachorro

cachorro filhote com a língua de fora

Conforme explica a Dra. Karina Mussolino, médica-veterinária da Petz, saber mais sobre as etapas da vida de um cão é importante para atender melhor às suas necessidades em cada uma delas. 

“De acordo com a idade, as necessidades nutricionais se alteram em função do maior impacto nas articulações, maior predisposição à obesidade, problemas renais, entre outros problemas”, diz a especialista. Da mesma maneira, os cuidados de higiene, saúde, rotina e socialização também variam conforme ele se torna um cachorro idoso

Período neonatal: do nascimento à segunda semana de vida

A não ser por aqueles que convivem com uma cadelinha não castrada, é muito difícil que os tutores estejam presentes nessa fase. Correspondente ao período que vai do nascimento até cerca de 13 dias de vida, este é um período bastante delicado, no qual o cachorro recém-nascido ainda não consegue controlar a temperatura corporal por conta própria. 

Ele também é dependente do leite materno e precisa de ajuda para urinar e defecar.  “Nessa fase, o cachorro filhote dedica 30% do seu tempo à alimentação e os 70% restantes ao sono”, explica a Dra. Sabrina Donatoni, médica-veterinária da Petz. 

Embora seja possível, em situações excepcionais, substituir os cuidados maternos — com a ajuda de suplementos que substituem o leite da cadela, por exemplo — especialistas recomendam que o filhote não seja afastado da mãe nesse período.

Período transacional: de 13 a 20 dias

De acordo com a Dra. Sabrina, é nesse período, a partir da segunda semana de vida, que o filhote começa a abrir os olhinhos como resposta ao estímulo luminoso e a objetos em movimento. “Ao final desse período, também ocorre a abertura do canal auditivo, que resulta no início da resposta sensorial aos estímulos sonoros”, explica.

Graças a todas essas mudanças, é nesse período também que o filhote começa a adquirir uma independência maior em relação à mãe, passando a fazer suas necessidades sozinhos.

Infância ou fase de socialização: de 3 a 16 semanas

A fase entendida como infância ou fase de socialização pode ser subdividida em:

  • Infância 1: de 3 a 6 semanas;
  • Infância 2: de 6 a 12 semanas,
  • Infância 3: de 12 a 16 semanas.

Em conjunto, elas correspondem a uma das mais importantes fases da vida do cachorro, ajudando a definir seu comportamento dali em diante. Isso porque, nessa fase, o pet é mais receptivo a novas experiências. “No período, ocorre a diminuição progressiva do tempo dedicado ao sono e à alimentação, bem como o início das atividades sociais dos filhotes”, explica Sabrina. 

“Essas experiências permitem o aprendizado do pet, ajudando a definir seus padrões de comportamento no futuro”, completa. Portanto, na fase de socialização e sociabilização, é fundamental proporcionar experiências múltiplas em ambiente controlado. 

Nesse sentido, ao apresentar o filhote a outros cachorros, certifique-se de que estes estejam vacinados e vermifugados, uma vez que, nessa idade, o filhote ainda não completou o ciclo de vacinação e não está 100% protegido. 

cachorro adulto com a língua de fora

Fase juvenil: de 12 semanas de vida até a puberdade

O período conhecido também como pré-adolescência canina é marcado principalmente pelo aperfeiçoamento das destrezas motoras e devido ao crescimento corporal, além da troca da pelagem. Não à toa, os cães costumam ser extremamente ativos nessa fase, explorando o ambiente com curiosidade. 

Permitir que o pet desenvolva seus comportamentos naturais — como latir, farejar, brincar, etc. — é importante e muito saudável. No entanto, também é importante criar uma rotina e estabelecer regras, a fim de evitar comportamentos indesejados. 

Fase adulta: de 1 a 7 anos de idade (varia de acordo com a raça)

Cães saudáveis e com uma rotina rica em estímulos costumam se manter curiosos e ativos mesmo com a aproximação da terceira idade. No entanto, é normal que, ao amadurecer e se tornar um cachorro adulto, ele se torne um pouco mais tranquilo. Para isso, é preciso que tenha um temperamento seguro, independente e livre de ansiedade. 

Além de mudanças na alimentação e cuidados de saúde, essa fase também requer a manutenção de uma rotina adequada às necessidades do cachorro, com muitos passeios, brincadeiras, assim como horários para comer e para dormir. 

Velhice: a partir dos sete anos

Assim como acontece conosco, a velhice canina também demanda atenção redobrada com a saúde, uma vez que o pet se torna mais propenso a desenvolver problemas como diabetes, obesidade, alterações cardíacas, renais, entre outras. Sendo assim, é recomendado encurtar o intervalo entre um check-up e outro, levando o pet ao veterinário a cada seis meses.

Justamente por causa da tendência maior a desenvolver certos problemas, rações específicas para cachorro idoso costumam ser recomendadas. Entretanto, é importante que sejam recomendadas apenas por um veterinário. 

Dependendo do estado de saúde do seu amigo, pode ser indicado o uso, inclusive, de rações medicamentosas. Consulte um veterinário para receber orientações de acordo com as diferentes fases de um cachorro e com o estado de saúde do seu filho de quatro patas.

cachorro idoso com a cabeça na mão da tutora

Além disso, para cuidar do seu melhor amigo em todas as fases de sua vida, acesse o Petshop on-line da Petz garanta ração, brinquedos e outros cuidados para seu bichinho!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *