Descubra 7 fatos incríveis sobre o olfato canino

Postado por PETZ, em Atualizado em Aug 26, 2019

Cachorros
Descubra 7 fatos incríveis sobre o olfato canino
Tempo de leitura: 4 minutos

Que cachorros são incríveis, ninguém duvida! Não faltam motivos para considerarmos os cães nossos melhores amigos. Mas, há muitos fatos sobre eles que ainda são verdadeiros mistérios. O olfato canino, por exemplo, é um dos assuntos que ainda hoje intriga cientistas!

Com narizes adaptados e uma capacidade muito superior a nossa para sentir odores, seu filho de quatro patas é quase um super-herói!

Se você se interessa pelo mundo dos pets, continue lendo para aprender 7 fatos e saber tudo sobre o olfato canino!

1. O focinho dos cachorros é um órgão perfeito

O nariz dos nossos amigos de quatro patas pode parecer muito fofo, mas este importante órgão é, na verdade, uma maravilha da natureza. O focinho do cachorro foi perfeitamente desenhado para ser uma máquina de cheirar.

Começando pelo formato. O desenho do nariz dos cães permite que ele inspire por um canal e expire por outro. Dessa forma, o pet bom de faro pode “cheirar” muitas vezes uma mesma amostra de ar, capturando mais elementos a cada fungada!

Além disso, o nariz dos cachorros não é gelado por puro charme. A umidade no focinho permite que as partículas presentes no ar fiquem mais ativas e grudem mais facilmente órgãos sensíveis.

2. Olfato canino: Eles conseguem cheirar “em estéreo”

Sim, pode parecer estranho, mas esta é uma capacidade dos cães! Os narizes dos cachorros possuem células olfativas com características impressionantes: a capacidade de cheirar com suas narinas de forma independente.

Assim, os cães podem perceber com mais clareza de onde vêm os cheiros: se do lado esquerdo ou do direito. Funciona, mais ou menos, como nossos ouvidos. Podemos perceber quando um som vem da direita ou da esquerda, correto? O mesmo ocorre com o olfato canino!

3. Os cães possuem um canal só para o olfato

Enquanto nós, humanos, respiramos e cheiramos pelo mesmo caminho, os cachorros possuem um canal apenas para o olfato apurado. Quando um cão inspira, parte do ar segue a rota até os pulmões.

Porém, parte do ar segue um caminho diferente, dedicado exclusivamente aos cheiros. Ali, ele consegue decifrar os códigos presentes no ar, de forma muito mais eficiente que a nossa.

4. Olfato canino com muitas mais células olfativas

No compartimento exclusivo para os cães farejadores há muitas células olfativas. Estes órgãos especiais são desenhados para compreender o cheiro. Um cachorro, em média, possui 300 milhões destas células, contra apenas 5 milhões presentes nos humanos.

Isso garante aos nossos amigos peludos uma capacidade de farejador infinitamente superior que a nossa. Na verdade, estudos mostram que cachorros conseguem sentir amostras 100 milhões de vezes menores que o necessário para um humano.

Um exemplo prático: você está no último andar de um prédio de 100 metros e prepara uma receita. Um cachorro poderá sentir o mesmo cheiro que você, mesmo estando do lado de fora do edifício.

5. Cachorros não têm preconceito

Quando comparamos com os cachorros, o nosso jeito de perceber os cheiros é um tanto primitivo. Podemos, por exemplo, sentir o cheiro bom de uma boa macarronada, ou notar que um algo na geladeira está estragado porque cheira mal.

Para os cachorros, tudo é diferente! Ele saberá dizer que os ingredientes utilizados foram cebola, alho, tomate, pimenta, farinha e óleo. Mais que isso, ele sabe dizer até mesmo se você exagerou no sal, tudo isso apenas com o olfato.

O mesmo ocorre com cheiros ruins e, para os cães, não faz tanta diferença. Eles não distinguem os cheiros entre “bons” e “maus”. Para eles, tudo é informação e, como são curiosos por natureza, podem perfeitamente cheirar um monte de lixo, sem se incomodar.

6. Com o olfato, eles podem sentir nossas emoções

Muitas pessoas acreditam que os cães podem sentir emoções à distância. Bom, estudos mostram que há uma razão científica para isso! Cachorros possuem um órgão específico para olfatos, chamado órgão de Jacobson ou vomeronasal.

Localizado entre a boca e focinho, este órgão especial sabe identificar hormônios a partir de seus cheiros. Assim, os cachorros podem perceber quando alguém está bravo, estressado e até mesmo doente!

7. O olfato canino é uma máquina do tempo!

Talvez o fato mais interessante do olfato canino é que ele atua como uma verdadeira máquina do tempo. Como sua capacidade é tão potente, os cachorros podem, por exemplo, perceber coisas do passado.

Ao entrar em um cômodo, sabem dizer quem esteve ali, o que essa pessoa comeu, quando saiu e para que lado foi. Por outro lado, também podem sentir no ar coisas à distância. Assim, percebem se alguém se aproxima ao longe, se a pessoa vem a pé, de carro ou bicicleta, e até mesmo se irá chover em breve!

Conhecendo esses fatos interessantes sobre o olfato canino fica ainda mais fácil se apaixonar por esses pets, não é mesmo? Além de fofos e divertidos, cachorros são quase super-heróis com seus incríveis narizes!

Com seu jeito diferente de ver o mundo, cães e humanos se complementam em uma relação que é pura harmonia! Tem alguma curiosidade sobre o olfato canino? Compartilhe aqui na Petz através dos comentários!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *