Parasitas em cachorros: os 5 principais visitantes indesejáveis

Postado por PETZ, em Atualizado em Jul 8, 2020

Cachorros
Parasitas em cachorros: os 5 principais visitantes indesejáveis
Tempo de leitura: 4 minutos

Ficar doente pode ser desagradável, mas muitos tutores preferem encarar eles mesmos uma gripe do que ver o filho de quatro patas passando mal! E, entre os problemas que afligem os pets, os parasitas em cachorro estão entre os mais comuns.

Estes visitantes indesejados entram sem convite e ainda carregam diversas enfermidades, muitas vezes levando a graves consequências. Se você quer entender mais sobre o assunto, está no lugar certo.

Chamamos o Dr. Samuel Teófilo, médico-veterinário da Petz, para explicar tudo sobre os tipos de parasitas em cães. Continue lendo e aprenda a proteger seu pet!

1. Parasitas em cachorro: pulgas

O ocupante do primeiro lugar deste ranking é bem previsível. O parasita mais comum dos cachorros é uma velha conhecida dos tutores: a pulga. Como seu desenvolvimento é muito rápido, em poucos dias o pet está cheio de parasitas!

Além da típica coceira, as pulgas trazem vários problemas de saúde. Muitos pets possuem alergia às picadas e podem ter graves inflamações de pele. A anemia também é uma condição comum em cachorros com muitas pulgas, principalmente em filhotes.

Há diversas opções de prevenção e combate a pulgas, como coleiras, shampoos e comprimidos. Mas, como o Dr. Samuel reforça, qualquer tratamento deve ser acompanhado por um veterinário.

2. Cachorro com parasitas: carrapatos

Os carrapatos são parasitas em cachorros tão famosos quanto as pulgas e também merecem a devida atenção dos tutores. Esses pequenos aracnídeos, além de incômodos, podem causar doenças graves ao seu amigo.

São muito resistentes e se reproduzem rápido, o que faz com que uma infestação por carrapato seja relativamente comum. Eles grudam na pele e sugam o sangue do animal. E, nessa hora, ocorre a transmissão de doenças. As mais comuns são:

  • Erliquiose: bactéria que agride as células do organismo, desencadeando algumas vezes anemia e redução do número de plaquetas, 
  • Babesiose: protozoário que ataca os glóbulos vermelhos, causando anemia. 

Apatia, perda de apetite e sangramentos são sintomas comuns de um cachorro com hemoparasitose (doença do carrapato). Além de se livrar dos parasitas, o veterinário irá receitar o tratamento correto para as possíveis doenças que ele tenha transmitido ao cão. 

3.  Parasitas caninos: giárdia

A doença conhecida como giardíase é causada pelo protozoário Giardia lambia. Este parasita se aloja no intestino do pet, onde se prolifera, causando uma série de problemas.

O contágio se dá quando um cão saudável ingere os cistos do protozoário, que podem ser encontrados na água, nos alimentos ou nas fezes de um animal contaminado. Os principais sinais da infecção por giárdia são:

  • Diarreia;
  • Vômito;
  • Apatia;
  • Perda de peso.

Muitas vezes, no entanto, o cão contaminado não apresenta sintomas, mas serve de fonte de infecção para outros animais e para as pessoas da casa.

Por isso, um veterinário deve ser consultado sobre a possível presença de parasitas em cachorros, entre eles a giárdia.  O tratamento da giardíase em cães, o especialista irá receitar remédios específicos para o problema.

4. Parasitas em cães: vermes

Os vermes são um grupo grande de animais que podem parasitar o organismo de diferentes hospedeiros. Nos cachorros, esse tipo de parasita é muito comum, principalmente no sistema digestório.

Nesse caso, os sintomas mais frequentes de verme em cachorro são:

  • Diarreia;
  • Perda de peso;
  • Vômito;
  • Apatia.

Mas há vários tipos de vermes de cachorros, e algumas espécies se alojam em outros órgãos, como coração e pulmão. Causando assim, consequências ainda mais graves.

O tratamento é feito com vermífugos para cães. Para evitar vermes em cachorro e garantir que seu filho de quatro patas esteja seguro. Faça visitas regulares ao veterinário e mantenha e vermifugação em dia.

Aqui na Petz, você encontra diversos tipos de vermífugos para cães.

5. Parasitas: coccídeos

Dentre os tipos de parasitas em cães estão os coccídeos. São protozoários que atacam o sistema intestinal, geram muito desconforto para nossos amigos.

Além de cachorros, esses parasitas também atacam gatos e até humanos! Por isso, o cuidado deve ser redobrado.

O contágio se dá quando o cachorro entra em contato com os oocistos do protozoário, que são expelidos nas fezes dos pets doentes e contaminam o ambiente. Seus sintomas envolvem:

  • Diarreia;
  • Sangue nas fezes;
  • Desidratação;
  • Vômito;
  • Apatia.

Sempre que perceber que seu melhor amigo está com o intestino desregulado, procure um veterinário. Realizando exames específicos será possível iniciar o tratamento. Além de antiparasitários, o médico-veterinário pode receitar remédios para aliviar os sintomas!

Os parasitas em cachorro podem causar diversos problemas de saúde, desde simples alergias até anemias graves.

Visitas regulares ao veterinário, uma boa higiene, alimentação equilibrada e, claro, vermifugação em dia são cuidados essenciais para a saúde dos pets.

Se você está buscando um lugar para cuidar de seu amigo peludo, as clínicas da Petz estão de portas abertas! Procure a unidade mais próxima e venha nos fazer uma visita.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *