Pata de cachorro inchada? Descubra o que pode ser

Postado por PETZ, em Atualizado em Oct 6, 2020

Bem-Estar
Pata de cachorro inchada? Descubra o que pode ser
Tempo de leitura: 4 minutos

Todo tutor gosta de ver seu amigo de quatro patas saudável, brincalhão e feliz. Por isso mesmo, ao se deparar com uma pata de cachorro inchada, é normal ficar preocupado. 

pata de cachorro

Afinal, assim como nós dependemos de nossos braços e pernas para uma série de atividades, os cães também usam as patas para tudo: desde locomoção até auxílio na regulagem da temperatura corporal por meio dos coxins, passando pela apreensão de objetos, como os brinquedos. 

A seguir, conversamos com um de nossos veterinários sobre qual é a principal causa da pata do cachorro inchada e o que fazer em caso de suspeita.

Por que as patas do cachorro incham?

Por mais que a gente não saiba por que o cachorro com pata inchada estar assim, alguns sintomas são bons indicativos de que há algo de errado em nosso organismo ou com a saúde dos pets. É o caso, por exemplo, da febre ou de edemas. Mas você sabe por que ocorre o inchaço?

Sintoma típico de inchaço na pata do cachorro, o edema é resultado da reação do organismo a alguma alteração importante. Funciona assim: quando as patinhas são lesionadas ou invadidas por micro-organismos, o corpo dos cachorros emite um sinal interno de que algumas células estão sendo danificadas. 

Como uma das estratégias de defesa, o organismo do pet se “reorganiza” para enviar glóbulos brancos, aumentando o fluxo sanguíneo e de plasma na região. Como resultado, a área lesionada incha e também pode ficar dolorida.

Resumindo, o inchaço na pata de cachorro faz parte de uma reação inflamatória provocada por alguma lesão ou infecção. Especialmente quando o edema vier acompanhado de outros sintomas, como dor e febre, procure um médico-veterinário!

Conheça a causa mais comum para pata de cachorro inchada

Agora que você sabe que o inchaço é resultado de um processo inflamatório de combate a alguma lesão ou infecção, pode estar pensando: certo, mas quais são as principais causas do problema e quais são outros sintomas de que há algo de errado?

“As causas mais comuns na rotina veterinária são os traumas, como esforços ao caminhar no passeio, algumas torções e até mesmo traumas que podem causar fraturas”, diz o Dr. Rafael Fonseca, médico-veterinário da Petz Piracicaba. 

“Porém, não devemos esquecer de causas simples e rotineiras, como subir ou descer de camas e sofás, ou brincadeiras com o pet em que o fazemos correr e saltar. Lembrando que os pisos lisos são sempre mais propensos a causar essas alterações que deixam a almofada da pata do cachorro inchada”, completa o especialista. 

Além do inchaço, outros sinais de trauma na patinha do cãozinho são:

  • Dificuldade para apoiar a pata no chão;
  • Claudicação (cachorro mancando);
  • Vermelhidão;
  • Aumento da temperatura local,
  • Dor local (com vocalizações durante manuseio).

Inflamações em qualquer lugar do corpo também podem provocar outros sintomas menos específicos, como febre, falta de apetite e prostração. 

cachorro dando a pata

Como diminuir o inchaço na pata do cachorro?

O tratamento do edema na patinha vai depender da causa do problema, que poderá ser diagnosticada somente por um veterinário por meio de avaliação clínica e alguns exames de imagem, principalmente nos casos de pata do cachorro inchada e com pus. “Devemos sempre levar em conta possíveis frouxidões, estiramentos e até rupturas de ligamentos”, diz Rafael.

Seja como for, o veterinário diz que, em caso de traumas, é recomendado restringir o espaço do pet, evitando que a situação se agrave. “O uso de compressas geladas é efetivo momentaneamente para diminuir o inchaço. Porém, é necessário levar o cachorro ao médico-veterinário para análise e escolha do melhor tratamento”, completa.

Outras causas possíveis para pata de cachorro inchada

De acordo com o Dr. Rafael Fonseca, os traumas decorrentes de atividades cotidianas são, sem dúvida, as causas mais comuns de cachorro com pata inchada e vermelha.

Isso é válido especialmente para cães que vivem em locais de piso liso, assim como para cachorros de pequeno porte com acesso a locais relativamente altos, como camas e sofás. No entanto, fique atento também a outras causas possíveis do edema, entre as quais podemos citar:

  • Picada de inseto: mais comuns nos focinhos, as picadas de inseto também podem acometer uma das patinhas, provocando dor e inchaço. Em caso de reação alérgica, o pet pode ainda apresentar vômitos, diarreia, tremores e dificuldade para respirar. Nessa situação, procure um veterinário imediatamente;
  • Dermatite por lambedura: quadro comum em cães com problemas psicológicos, como ansiedade, tédio e estresse, é desencadeada pela lambedura em excesso da região das patas, o que pode provocar lesões infeccionadas e inchadas,
  • Berne: mais frequente em cães que vivem na área externa, a miíase furuncular é caracterizada pela entrada de larvas na região afetada, onde essas larvas se alimentam dos tecidos para se desenvolver, provocando muita dor, inchaço, além de um odor forte e característico. Saiba mais sobre a doença aqui. 

cachorro escondendo a face com a pata

Em caso de suspeita de qualquer um desses problemas, não fique especulando. Procure um veterinário! Quanto antes você identificar a causa e der início ao tratamento, melhor será para o seu amigo de quatro patas. E para continuar informado sobre assuntos como este, acompanhe o blog da Petz!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *