Comportamento felino: conheça melhor os hábitos do seu gatinho

Postado por PETZ, em 09/05/2019

Comportamento
Comportamento felino: conheça melhor os hábitos do seu gatinho

Sem dúvida, uma das maiores dificuldades de quem adquire um bichinho de estimação pela primeira vez, é saber quais costumes são normais e quais indicam que algo não vai bem. Com o comportamentos felino, essas dúvidas são ainda maiores.

Embora a situação fique mais fácil com o passar do tempo, conforme os tutores se acostumem com o jeitinho dos bichanos, a verdade é que a maioria acaba se desesperando à toa. Mas, o que não pode, é deixar de lado sintomas importantes de que algo não vai bem com o animalzinho.

Pensando nisso, confira abaixo as respostas para algumas dúvidas frequentes relacionadas ao comportamento dos bichanos.

Meu gato dorme o tempo todo, tem algo de errado?

Fique tranquilo! Esse é um ato bastante comum entre os felinos, e ocorre porque os movimentos ágeis e habilidosos de outras atividades demandam bastante energia. Desse modo, os bichinhos precisam de muitas horas de descanso e chegam a dormir até 18 horas por dia!

Além disso, gatos têm hábitos noturnos, preferindo dormir durante o dia, o que contribui para a impressão de que são grandes dorminhocos.

Meu gato não usa a caixinha de areia, o que pode ser?

Nesses casos, é possível que algo esteja errado com seu felino. Entre as principais razões para os gatinhos deixarem de usar a caixinha de areia, estão as doenças urinárias, já que elas causam dores nos pets e impedem que façam suas necessidades fisiológicas.

Portanto, os tutores precisam estar atentos a linguagem corporal dos gatos e sempre verificar se não há sangue na urina dos seus bichinhos e, caso necessário, procurar o médico-veterinário o quanto antes.

Mas, se o gatinho estiver com a saúde em dia e, mesmo assim, não usar o acessório, pode ser que ele não esteja adaptado à areia. Para isso, estimule o uso e procure manter a caixinha sempre bem higienizada.

Meu gato vem se lambendo bastante, será que ele está mais sujo?

Que os gatinhos têm o costume de se lamber para “tomar banho”, não é novidade para ninguém. No entanto, quando esse hábito se torna muito frequente e for repetido de maneira compulsiva, os tutores precisam estar atentos.

Pode indicar que o bichano esteja com dor, com algum problema de pele ou até mesmo estressado. Em casos mais graves, é possível que o gato comece também a perder pelos. O ideal é procurar um veterinário imediatamente.

Devo me preocupar quando meu felino vomita bolas de pelo?

O significado do comportamento de gatos pode até variar, no entanto, esse em específico é bastante comum. E, é causado justamente por conta do modo como eles se limpam. Após as lambidas, é normal engolirem pelos e então vomitá-los logo em seguida, esse processo inclusive, é conhecido como tricobezoar.

Mas, para reduzir a quantidade de pelos ingeridos, uma dica é pentear seus gatinhos pelo menos duas vezes por semana. Mas, vale lembrar que é sempre fundamental prestar atenção ao conteúdo dos vômitos! Se tiver ração ou objetos estranhos, procure o médico-veterinário!

É normal meu gato comer tudo o que vê pela frente?

Na verdade, não! Embora seja normal que gatos lambam alguns objetos para reconhecê-los, quando eles passam a comê-los é sinal de que algo não vai bem. A alteração costuma ser chamada de síndrome de pica, ou seja, desenvolver apetite por produtos não comestíveis.

Diversas causas podem estar por trás da síndrome, como má alimentação, genética ou mesmo estresse. Mas, felizmente, esse problema é bem fácil de ser descoberto. O importante é procurar um especialista em comportamento felino o quanto antes e, assim, evitar intoxicação, perfuração de trato gastrintestinal e outros problemas mais graves.

Tenho um gato que sacode muito a cabeça. O que pode ser?

Quando um gato chacoalha a cabeça com frequência, sem demonstrar qualquer alívio com o gesto, pode ser sinal de que ele está com algum incômodo na região do ouvido. Portanto, o ideal é procurar o veterinário e, assim, avaliar se o animal sofre de otite, alergia ou qualquer outro problema.

Agora que você leu nossas dicas, caso note algum comportamento anormal no seu felino, procure pelos médicos-veterinários da Petz na unidade mais perto de você. Dessa forma, você garante o melhor tratamento para seu felino!

 

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *