Peixes recifais: como funciona esse ecossistema

Postado por PETZ, em 23/07/2020

Curiosidades
Peixes recifais: como funciona esse ecossistema

Os recifes possuem bastante variedade de ecossistema e vida marinha. Apesar de haver grande população de animais em corais, os peixes são os mais comuns nesse ambiente. Por esse motivo, é válido questionar quais são os peixes recifais mais populares.

peixe em recife de corais

É de conhecimento geral que os peixes possuem escamas, nadadeiras, e respiram o gás oxigênio da água através de brânquias. No entanto, os tipos de peixes do mar podem ser divididos em dois grupos que facilitam sua identificação. 

Por exemplo, os peixes ósseos são aqueles conhecidos como os que têm espinhas, já os peixes constituídos por cartilagem, como tubarão, são chamados de cartilaginosos. 

Uma curiosidade é que os peixes ósseos correspondem a mais de 22 mil espécies, e muitas delas vivem em recifes. Quer saber mais curiosidades sobre peixes de recife? Continue lendo, explicaremos quais são as espécies e como sobrevivem. 

Ecossistema de um recife 

Os peixes desempenham diversas funções ecológicas em um recife. Isso porque esses animais compõem diferentes níveis de cadeia alimentar ou trófico-recifal. Algumas espécies se alimentam de plânctons, outras de macroalgas, e outras são carnívoras. 

As espécies de peixes recifais que se alimentam de macroalga são extremamente importantes para a manutenção de equilíbrio das algas e corais. No entanto, quem ocupa o topo da cadeia alimentar são os peixes carnívoros, como tubarões e barracudas. 

Os maiores ecossistemas de um recife são encontrados em regiões tropicais, de águas quentes e rasas. Por isso, na Austrália é encontrada a grande barreira de corais, local com a maior formação recifal do mundo. Outras regiões com grande população de peixes recifais são a Indonésia e o Caribe. 

No Brasil, apesar de não haver uma grande concentração de recifes, encontra-se bastante peixes em recifes costeiros, que se localizam em Santa Catarina, Maranhão e em ilhas oceânicas, como Fernando de Noronha. 

peixes em recife

A endemia de peixes recifais 

Espécies endêmicas são aquelas encontradas em uma única região. Nesse caso, a maioria das espécies de peixes recifais são endêmicos. No Brasil, por exemplo, foram encontradas 50 dessas espécies.

Mas como se formam as espécies endêmicas de peixes do mar se esses ecossistemas estão conectados pela água? Para responder a essa questão, é válido levar em conta a capacidade de dispersão das espécies. Além disso, existem peixes, como os tubarões, que nadam pelo oceano aberto livremente. Por esse motivo, há bastante ampliação geográfica da espécie. 

No caso de peixes que precisam de recifes para obter alimentos e abrigo, como no caso dos peixes-donzela, a deslocação é mínima, o que causa bastante endemias em diferentes regiões. Outro fator para a endemia em ambientes recifais está os eventos históricos climáticos, oceanográfico ou tectônicos. 

peixe palhaço em coral

Agora que sabe tudo sobre os peixes recifais e seu ecossistema, acesse o blog da Petz para outras curiosidades!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *