Como fazer um viveiro: 5 dicas para o lar ideal

Postado por PETZ, em Atualizado em Apr 5, 2019

Aves
Como fazer um viveiro: 5 dicas para o lar ideal
Tempo de leitura: 4 minutos

Para os amantes das aves, ter um viveiro talvez seja um dos maiores sonhos. Afinal, quem não quer ter um espaço grande e organizado para que os pássaros possam voar, cantar e se divertir com mais liberdade? Mas a pergunta central é: como fazer um viveiro perfeito?

Com a proposta de proporcionar alegria às nossas amigas emplumadas e ao mesmo tempo ser sempre um passatempo agradável, do tipo que traz um enorme sentimento de tranquilidade, conheça as principais dicas para construir um viveiro para a sua ave.

Viveiros: 5 dicas para dar mais qualidade de vida para os pets

Se nós, que só observamos, já adoramos os viveiros, imagine as aves! Com maior autonomia, elas podem aproveitar melhor seu espaço, se exercitando e divertindo, o que contribui para sua saúde e longevidade. Além disso, o viveiro também se parece mais com o habitat delas, e por isso, costuma ser menos estressante.

Viu como aprender como fazer um viveiro pode trazer diversos benefícios? Para te ajudar na empreitada, preparamos 5 dicas de como fazer isso.

1. Escolha um local adequado

A escolha do local deve ser sempre o primeiro passo. A partir dele, podemos analisar o espaço disponível e calcular melhor o tamanho do viveiro. Por isso, atenção: devemos sempre considerar alguns fatores importantes!

Viveiros no quintal ou outras áreas externas são muito comuns. Porém, o mais recomendado é que eles estejam localizados dentro de casa ou em uma área fechada. Assim, os pets não ficam tão sujeitos às condições climáticas como chuvas e ventos.

Um espaço com sol é bem-vindo, mas devemos sempre nos lembrar de providenciar uma boa área de sombra para nossos amigos. Uma dica importante: nunca devemos construir viveiros perto de cozinhas. As substâncias que saem das panelas, principalmente de teflon, são prejudiciais aos pássaros.

2.  Calcule bem o tamanho

O tamanho é outro ponto fundamental na hora de se construir um viveiro. De maneira geral, a regra é bem simples: quanto maior for o aviário ou a gaiola, melhor será o ambiente para os pássaros!

Além disso, devemos sempre considerar quais as espécies de aves vão viver dentro do espaço. Os viveiros devem dar liberdade para pequenos voos. Assim, é preciso considerar tanto o espaço vertical como horizontal.

Com a seguinte regra não há erro: para a altura do viveiro, devemos calcular seis vezes o tamanho da maior ave que vai viver no local. Para a largura, três vezes o tamanho total de sua envergadura. Não se esqueça que, além dos pássaros, o viveiro terá equipamentos e itens de decoração.

3. Fique atento aos materiais

A escolha dos materiais deve ser levada a sério, já que alguns itens não são adequados para as aves. Há metais que soltam substâncias tóxicas e tipos de madeira que podem se desfazer ou soltar lascas. Por isso, o ideal é buscar uma estrutura já pronta, pensada por profissionais, disponíveis em lojas confiáveis, como as lojas físicas ou o Pet Shop on-line da Petz.

Hoje, é possível encontrar uma ampla variedade de viveiros, com estilos e tamanhos diferentes, muitos deles com rodinhas que permitem mover suas aves de lugar de acordo com o clima, levando-as para onde se adaptarem melhor! Caso deseje construir o espaço, recomendamos utilizar metais não galvanizados, concreto e linóleo.

4. Capriche nos acessórios

Para deixar o ambiente das nossas penudas ainda mais agradável, os acessórios são mais do que bem-vindos! A ideia é construir um espaço que estimule a convivência e a brincadeira, com poleiros, escadas e brinquedos. O bom é que hoje em dia é possível encontrar até playgrounds completos dedicados às aves!

Claro, não podemos esquecer de bebedouros e comedouros para os pássaros. Lembrando que, assim como os materiais dos viveiros em si, os equipamentos também devem ser seguros e indicados para aves. Nesse sentido, além de adquiri-los somente em lojas confiáveis, a Dra. Mariana Pestelli, médica-veterinária da Petz, diz que os melhores são aqueles feitos de materiais naturais, sem muito plástico ou tintas. Tudo para lembrar o habitat das aves!

5. Nunca descuide da limpeza e da manutenção

Depois de montar o viveiro de pássaros no quintal, é hora de aproveitar! Mas não pense que o trabalho acaba por aí. Isso porque não adianta nada montar um viveiro incrível para elas se ele não tiver manutenção. Tanto para evitar doenças quanto para afastar o estresse, é importante deixar o local sempre limpo e organizado para os pets aproveitarem ao máximo sua nova casa!

Seguindo estas dicas, é certeza que você conseguirá garantir um ambiente gostoso e saudável para as suas amigas emplumadas. Procure a Petz mais próxima a você! Lá, você encontra viveiros, acessórios, rações e tudo o que você precisa para dar um lar aconchegante para a sua ave.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *