Gato soltando muito pelo: o que pode ser?

Postado por PETZ, em Atualizado em Mar 11, 2021

Dicas
Gato soltando muito pelo: o que pode ser?
Tempo de leitura: 5 minutos

Quem convive com bichanos em geral está acostumado a encontrar bolas de pelo em locais inusitados. Porém, em caso de gato soltando muito pelo, além do habitual, é normal se preocupar com o bem-estar do felino. 

gato recebendo carinho

Afinal, muito mais do que um obstáculo para a manutenção do asseio da casa, a queda de pelos em excesso pode indicar problemas de saúde, como doenças de pele, presença de parasitas ou deficiências nutricionais. Saiba, a seguir, quando gato soltando muito pelo é um sinal para procurar ajuda.

Ciclo folicular: entenda a queda natural dos pelos

Meu gato solta muito pelo! Devo me preocupar?”. Nem toda queda de pelos em gatos é prejudicial e indica problemas de saúde. 

Na verdade, conforme explica o Dr. Manrique Cardoso, médico-veterinário da Petz, a queda é uma etapa inevitável do ciclo folicular dos bichanos, que inclui também as fases de crescimento (anágena) e de repouso (catágena). À fase de queda dá-se o nome de telógena.

Segundo o especialista, alguns fatores fisiológicos explicam porque gato solta pelo de forma mais acentuada. Entre eles, podemos destacar:

  • Raça do indivíduo: de acordo com o Dr. Manrique, algumas raças possuem um ciclo folicular mais rápido, com mais trocas de pelo. Logo, a queda também será maior;
  • Idade: os gatos apresentam uma queda de pelos importante por volta dos quatro meses de idade, quando o filhote troca de pelagem;
  • Estações do ano: alterações climáticas, como as mudanças do verão para o outono e do inverno para a primavera, também podem estar associadas a trocas de pelos fisiológicas. “Porém, no Brasil, essa influência não é tão importante devido ao nosso clima”, diz.

Apesar desses fatores, na dúvida, quando o gato estiver soltando muito pelo, consulte um veterinário. Em caso de problemas de saúde, quanto antes você obtiver o diagnóstico do pet, melhor será o prognóstico dele.

4 causas comuns para a queda de pelos em gatos

Ainda que pareça algo inofensivo a princípio, um gato soltando muito pelo também pode ser sinal de problemas de saúde. 

gato branco deitado

Nesse sentido, além de observar o aumento da frequência de quando o gato solta muito pelo, é importante estar atento a outros sinais. 

Entre eles estão queda de pelo localizada ou generalizada, presença de feridas, presença de parasitas, assim como o acompanhamento de sintomas inespecíficos, como falta de apetite, perda de peso, apatia, entre outros.

Abaixo, separamos algumas das principais causas da queda de pelos.

Nutrição inadequada

A alimentação tem grande influência na saúde interna dos bichanos e, consequentemente, na aparência deles. Entre outros problemas, um aporte inadequado de nutrientes, como proteínas e vitaminas, interfere nos processos de formação, proteção e regeneração das células da pele e dos pelos. 

Portanto, procure alimentar seu bichano de maneira apropriada, com rações de qualidade, de acordo com as orientações de um veterinário.

Estresse

Outro fator que, assim como a alimentação, pode levar a uma queda generalizada de pelos, é o estresse. Este pode estar associado a diversas situações, como:

  • Mudança de casa;
  • Alteração na disposição dos móveis;
  • Introdução de um novo pet no domicílio;
  • Chegada de um novo membro na família;
  • Viagens, etc.

Tenha sempre em mente que os bichanos são territorialistas e muito sensíveis a mudanças. Caso tenha que passar por uma das situações citadas acima, procure fazer isso da maneira menos estressante para eles. Se necessário, consulte um especialista em comportamento felino.

Dermatites 

Quedas localizadas de pelo frequentemente estão associadas a inflamações na pele do bichano que, em geral, causam muita coceira, podendo levar inclusive ao surgimento de feridas. Tais inflamações podem ser provocadas por diferentes fatores, com destaque para:

  • Infestação por pulgas ou carrapatos;
  • Picada de insetos (como mosquitos);
  • Contaminação por fungos;
  • Alergias alimentares.

Além de coceira, especialmente nos casos de Dermatite Alérgica por Picada de Pulga (DAPP), picadas de pulgas, carrapatos e insetos são potenciais transmissoras de doenças mais graves. 

É o caso da Anemia Infecciosa Felina, causada por uma bactéria que destrói os glóbulos vermelhos e é transmitida pela pela picada da pulga. Portanto, mantenha seu amigo protegido.

Sarnas

Os diferentes tipos de sarna em gatos — notoédrica, otodécica, demodécica e sarcóptica — também estão entre as causas relativamente comuns ao se perguntar por que o gato solta muito pelo. 

Causadas por ácaros de espécies distintas, cada tipo de sarna tem características próprias. No entanto, todas elas provocam coceiras e podem levar à queda de pelos localizada ou generalizada. 

Como prevenir a queda de pelos 

Como visto, a queda de pelos pode ser desencadeada por uma série de fatores. Da mesma maneira, evitar o problema envolve diferentes medidas, com destaque para mudanças no manejo ambiental. A seguir, confira as principais medidas preventivas:

  • Converse com um veterinário sobre como garantir uma alimentação de qualidade e balanceada;
  • Mantenha seu amigo protegido com o uso de antipulgas e anticarrapatos. Respeite o intervalo entre uma aplicação e outra e verifique as indicações de porte e idade;
  • Mantenha o ambiente do pet limpo e organizado. Isso ajuda a evitar a contaminação por micro-organismos, como ácaros e fungos; 
  • Acessórios usados pelo pet, como caminha, cobertores, etc. devem ser higienizados com regularidade;
  • Não deixe que os bichanos tenham acesso livre à rua. Isso os deixa mais expostos a contaminações, brigas com outros animais e acidentes; 
  • Check-ups com um veterinário devem ser realizados ao menos uma vez por ano. Assim, é possível identificar quaisquer alterações logo no início e o que fazer quando o gato solta muito pelo.

dois gatos deitados no sofá

Para saber mais, continue acompanhando o blog da Petz! Aqui, temos várias dicas de como aumentar o bem-estar e a qualidade de vida do seu amigo de quatro patas!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *