Conheça 4 tipos de singônio e renove seu jardim

Postado por PETZ, em Atualizado em Dec 2, 2021

Curiosidades
Conheça 4 tipos de singônio e renove seu jardim
Tempo de leitura: 4 minutos

De primeira, você pode até dizer que não a conhece, porém, se descrevermos essa planta, logo a reconhecerá por ser bastante comum em parques e praças públicas. Mais do que aprender o nome, que tal conhecer os tipos de singônio que existem na natureza?

tipos de singônio

Esse convite pode ser bastante útil para quem está interessado em dar uma cara nova ao jardim de casa ou decorar o lar com outra planta. Embora corriqueira, ela tem uma beleza muito particular. Fique conosco e confira tudo sobre o singônio. Saiba onde encontrá-lo e quais tipos ter em casa.

Como identificar um singônio na rua?

Conhece aquela expressão “olhei, mas não vi”? Isso acontece muito quando estamos distraídos ou nos acostumamos com a paisagem que vemos todos os dias. A segunda opção talvez seja a que mais se encaixa para justificar o que ocorre com essa planta.

Na prática, grande parte das pessoas olha, mas não vê essa planta de folhas largas, cor verde e nervuras amarelas ou cremes, com bordas verdes-escuras. Geralmente, ela está em canteiros, cobrindo o solo, nos muros ou nos troncos de árvores. Relacionou as características ao nome desse vegetal?

Por se adaptar muito bem a qualquer iluminação, resistindo ao sol forte e aos ambientes sombreados, a Syngonium Angustatum, como é conhecida cientificamente, foi a escolhida para ocupar esses espaços que normalmente recebem pouco adubo e não são protegidos contra pisões e xixis de cachorro. 

Agora que você já sabe o nome dessa velha conhecida e entendeu que ela não é simplesmente mato, que tal dar um pouco de atenção a ela? Deixe o seu cão longe e, quando puder, enriqueça o solo onde a folhagem está plantada. A plantinha agradece!

Tipos de singônio

Depois de apresentarmos oficialmente a planta que ornamenta os caminhos por onde você passa diariamente, vamos nos aprofundar um pouco mais e falar sobre alguns tipos de singônio. Escolhemos quatro espécies que podem habitar o seu jardim ou os vasos de sua sala. Confira!

Singônio rosa 

Como o nome já diz, o singônio rosa possui folhas rosadas e pode ser cultivado em qualquer ambiente, desde que receba um pouco de sombra. A rega deve ser diária, deixando o substrato sempre úmido.

Singônio variegata

O singônio variegata apresenta folhas manchadas de branco, por possuir baixo teor de clorofila, muito encontrado nos espaços verdes das cidades. Se for bem cuidado, deixa qualquer lugar mais aconchegante. O cultivo é semelhante ao do tipo rosa.

Singônio verde

Também chamado de cara-de-cavalo, o singônio verde possui folhas escuras e um corte que chega próximo ao caule. Com o passar do tempo, a tendência é que esse tom fique mais claro.

Singônio holly

O holly é um tipo de singônio que possui folhas esbranquiçadas, com bordas verde-escuras. Desenvolve-se bem em vasos. A beleza exótica o coloca entre os preferidos para decorar ambientes internos e externos.

Viu como aquela planta tão facilmente encontrada nas ruas pode ser um tanto complexa? As variadas cores e formatos a tornam uma ótima opção para os decoradores que gostam de plantas.

tipos de singônio

Características marcantes do singônio 

Por falar em formato das folhas, quando é nova, essa planta apresenta a aparência de coração ou flecha, daí vem outro nome: planta-cabeça-de-flecha. Essa forma é cientificamente chamada de saginato, que vem do latim e significa “parecido com uma flecha”.

Quando envelhece, como em um passe de mágica, veias bem marcadas aparecem nas folhas, dando a impressão de recortes. É a natureza dando um retoque na sua obra de arte. 

Outra característica peculiar desse sobrevivente é a produção de uma seiva leitosa, que pode ser tóxica se for ingerida. A origem está no México e na Costa Rica. Todas as espécies, que somam 33, são típicas de clima tropical, ou seja, gostam de calor e umidade.

Como cultivar

Como os tipos de singônio crescem muito rápido, o ideal é que as plantas sejam podadas regularmente, caso estejam no vaso ou no solo. Do contrário, elas subirão no apoio mais próximo, como paredes, árvores e portões.

Embora seja uma trepadeira, essa folhagem não pode ser considerada um parasita. Isso porque, apesar de aderirem fortemente ao tronco das árvores, as raízes não sugam os nutrientes.

Como fazer mudas de singônio 

Essa é uma tarefa muito simples. Basta retirar um par de folhas com cerca de quatro centímetros da ponta do ramo e manter as raízes na água por um tempo. Quando aparecerem novas raízes, está na hora de remanejá-las para o vaso ou o solo. 

Enquanto as raízes novas não aparecem, adicione duas partes de composto orgânico, uma de areia e outra de terra comum. Depois, misture. Você estará preparando o solo para receber a sua nova amiga.

No verão, prepare-se para encontrar pequenos frutos. Já no inverno, a folhagem entra em um estado semelhante ao de hibernação. Nesse caso, o volume de água deverá ser apenas o suficiente para não deixar o solo muito seco.

tipos de singônio

Agora que você já conhece os tipos de singônio, além de ter aprendido como plantá-lo e cultivá-lo, o próximo passo é aderir a essa folhagem para decorar a sua casa. Nas lojas da Petz, você encontra substratos e outros materiais para o plantio. Boa sorte!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *