Truques para cachorro: 4 comandos para ensinar em casa!

Postado por PETZ, em 29/04/2019

Cachorros
Truques para cachorro: 4 comandos para ensinar em casa!

Quem nunca se encantou ao ver um cachorro sentar, deitar ou dar a patinha após um comando? Esses truques para cachorro são sempre impressionantes. E não é para menos. Afinal, ele demonstra inteligência, além da ótima comunicação entre o pet e seu tutor.

Mas você sabia que, além de divertidos, os comandos para cães podem reforçar comportamentos positivos e melhorar a saúde física e mental do seu amigo?

Conversamos com um especialista que explicou os benefícios dos comandos avançados para cachorros e compartilhou 4 truques fáceis de ensinar ao pet em casa por conta própria!

Alguns truques, muitos benefícios

Existe uma grande lista de truques para cães fáceis de ensinar. Além de divertidos, comandos simples podem trazer uma série de benefícios para o cachorro.

“Quando ensinamos truques para os cães, estamos motivando o animal a aprender algo novo”, explica o médico veterinário da Petz, Dr. Thiego Aguilar. E, claro, aprender é sempre bom! Segundo o especialista, ensinar truques pode contribuir para:

  • Saúde mental: ao estimular o raciocínio e a memória do pet, o ensino de truques é bom para que ele fique mais motivado e menos ansioso no dia a dia;
  • Saúde física: passeios diários são fundamentais. Porém, a realização de truques também estimula o pet a se movimentar, o que é ótimo para seu organismo;
  • Comportamental: além de menos ansiosos e entediados, cães que aprendem truques se tornam mais obedientes, facilitando a correção de problemas de comportamento,
  • Comunicação: conforme aprende truques, o cachorro fica mais atento e aprende a ler melhor os seus sinais, assim como você aprende a ler os dele.

Além de tudo isso, quando fazemos uma sessão de adestramento com reforço positivo, sem perceber, acabamos dedicando um tempo exclusivo para o pet. E, o que é melhor, de maneira muito agradável e estimulante! O resultado é que o vínculo afetivo também sai fortalecido.

4 truques para cachorro para colocar em prática hoje mesmo

Agora que você já sabe a importância do ensino de truques para seu filho de quatro patas, pode estar se perguntando: certo, mas como fazer isso? Para que seja, de fato, agradável e benéfico ao cão, a melhor maneira de fazer o adestramento é por meio do reforço positivo.

A seguir, ensinamos como aplicar a técnica para alguns dos truques mais conhecidos:

Passo a passo: sentar

Você já se perguntou como ensinar o cachorro a sentar? Um dos truques mais populares, o famoso “senta” é muito útil para acalmar o cachorro quando ele está muito agitado, como, por exemplo, antes de um passeio. Além disso, ele é um dos primeiros comandos que devem ser ensinados, já que serve de base para os demais.

  • Pegue um petisco para cachorro;
  • Chame a atenção do seu amigo com a guloseima;
  • Mova o petisco do focinho até atrás da cabeça, fazendo com que ele se sente para acompanhar o movimento;
  • Quando o cachorro sentar, diga “senta”, e dê o petisco para ele,
  • Elogie o comportamento do pet sempre que ele acertar.

Passo a passo: dar a pata

Igualmente popular, é um dos truques para adestrar cachorros que mais impressiona as pessoas. E também tem uma utilidade prática! Por exemplo: depois de aprendê-lo, fica mais fácil engajar o pet em brincadeiras que estimulam os sentidos dele, como adivinhar em que mão um petisco está.

  • Faça o cão sentar;
  • Pegue um petisco com a mão fechada para que ele apenas sinta o cheiro;
  • Espere até que o cachorro estique a pata na sua direção
  • Diga o comando “dá a pata” quando ele se aproximar, abra sua mão e dê o petisco;
  • Elogie o comportamento do pet.

Passo a passo: ficar

Muito útil quando se quer que o cachorro fique parado em um lugar ao abrir a porta da rua ou ao receber visitas, o “fica” também pode ser usado em brincadeiras, como esconde-esconde ou caça ao tesouro. Nelas, você diz fica para que o pet não siga você, enquanto se esconde ou espalha alguns petiscos pela casa.

  • Faça o cão sentar;
  • Segure a coleira do cachorro e diga “fica” com uma mão aberta na frente dele sem tocá-lo
  • Aumente gradualmente o tempo que ele precisa ficar parado, enquanto você vai se afastando. Até ele dominar o comando;
  • Elogie o comportamento do pet.

Passo a passo: ficar de pé

Pode até não ser tão útil em situações cotidianas, mas é, sem dúvida, um dos truques mais graciosos e impressionantes, demonstrando habilidade, inteligência e uma ligação incrível entre pet e tutor.

  • Faça o cão sentar;
  • Capture a atenção do cão com o petisco;
  • Mova o petisco do focinho até o alto;
  • Diga o comando “ fica em pé” e, quando o cachorro se erguer, dê o petisco;
  • Elogie o comportamento dele.

Alguns cães podem levar mais tempo que outros para aprender truques. Mas todos eles são capazes de aprender, independentemente da raça e da idade. Seja paciente: quanto mais vezes um truque for realizado e rapidamente recompensado, mais ele ficará gravado na cabeça do seu amigo!

Sem contra indicação!

Muita gente pensa que os truques são apenas para cachorros menores, ou que pets mais velhos não podem ser adestrados. Na verdade, não há idade para ensinar seu amigo.

“Os cães conseguem aprender truques durante a vida inteira”, explica o Dr. Thiego, “A diferença é que, como cachorros mais velhos já possuem manias e vícios, eles levarão mais tempo para aprender os comandos”.

E se seu pet ainda é filhote e você já quer introduzir alguns truques simples, também está liberado! “O ideal é começar a ensinar truques para os filhotes nos primeiros meses de vida”, complementa o veterinário. Nesse período, os cachorros são mais flexíveis e aprenderão com maior facilidade.

Cuidados com o adestramento

Apesar dos truques serem positivos e recomendados pelos veterinários, é necessário atenção na hora de ensinar os comandos. O mais importante é saber o que ensinar para um cachorro e, garantir que o pet e o tutor estejam se divertindo nesse momento. Respeite seu amigo e saiba parar quando ele estiver cansado.

Também devemos lembrar que qualquer adestramento mais complexo, como controle de agressividade ou mesmo circuitos de agility, deve ser feito apenas por profissionais. Eles conhecem técnicas que garantirão a segurança tanto do pet quanto do tutor.

Um adestramento amador pode ser desastroso! Lembre-se: truques devem estimular um bom relacionamento e comunicação entre o cachorro e tutor. E você, qual o truque favorito do seu amigo? Conta para gente nos comentários!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

#

Próximo evento