Calopsita pode comer mandioca? Descubra os riscos

Postado por PETZ, em Atualizado em Mar 15, 2021

Aves
Calopsita pode comer mandioca? Descubra os riscos
Tempo de leitura: 4 minutos

Nativa da América do Sul, a mandioca (ou Manihot esculenta, seu nome científico) é um alimento importante para a história e para a economia do Brasil. Por ser tão tradicional no país, muitos tutores se perguntam se sua calopsita pode comer mandioca.

calopsita na mão de tutor

Considerada ainda hoje uma importante cultura e fonte de renda para diversos povos indígenas que ainda surpreendem o mundo com diversos derivados deliciosos do vegetal. Entre eles está o tucupi, típico do norte do país, e a famosa tapioca, que já tem presença garantida no café da manhã de muitos brasileiros.

Com tantos predicados a favor da mandioca, é natural que muitos tutores considerem incluí-la na dieta das calopsitas. A seguir, saiba se calopsita pode comer mandioca e outras informações!

Faz mal dar mandioca crua para a calopsita?

Afinal, será que pode dar mandioca para calopsita? A mandioca é um alimento extremamente nutritivo, rico em carboidratos e em diversos minerais importantes, como cálcio, magnésio, fósforo e potássio. Porém, você nunca deve oferecer o alimento cru às calopsitas, visto se tratar de um vegetal tóxico para elas.

O problema está principalmente nos glicosídeos cianogênicos — compostos que são sintetizados e armazenados nas folhas e nas raízes da mandioca. 

Eles liberam cianeto de hidrogênio, uma substância tóxica não apenas para as calopsitas, mas também para outros seres vivos, incluindo os seres humanos, dependendo da quantidade e do modo de preparo. Por isso, não está na lista do que calopsita pode comer.

Os principais sintomas de intoxicação por cianeto de hidrogênio em calopsitas são: vômitos, diarreia, irritação bucal, perda da coordenação motora, alterações na frequência cardíaca e óbito. Se você se perguntar se calopsita pode comer mandioca, tenha a certeza de que mandioca crua está fora de questão.

Para oferecer como petisco, prefira outras verduras e legumes para calopsita que são permitidos. Caso sua amiga tenha ingerido mandioca crua por acidente, não perca tempo. Leve-a imediatamente a uma consulta com um veterinário em hospital de pronto-atendimento.

Por que a mandioca cozida não é tóxica?

Desde cedo, aprendemos que não devemos comer mandioca crua. Até porque gostoso mesmo é apreciá-la bem-cozida na panela ou fritinha, como aperitivo (o que nunca deve ser feito para a calopsita!). 

Isso é importante, pois o cozimento do vegetal ajuda na liberação do cianeto de hidrogênio, reduzindo significativamente a concentração da substância na raiz tuberosa. Assim, ela acaba perdendo sua toxicidade para nós e outros animais. 

Vale destacar, também, que nem todos os tipos de mandioca são seguros para seres humanos. Nesse sentido, a mandioca pode ser dividida em dois tipos principais: a mandioca de mesa (também chamada de mandioca-mansa) e a mandioca-brava.

calopsita no galho

A mandioca-mansa é aquela que comemos normalmente, conhecida também como aipim ou macaxeira em determinadas regiões do país. Com uma concentração menor de glicosídeos cianogênicos, ela pode ser consumida sem grandes riscos, desde que bem-cozida.

Mais difícil de ser encontrada nos centros, a mandioca-brava possui uma concentração muito maior da toxina. Encontrada em diversas regiões do país, ela também pode servir de alimento, mas exige um preparo bem mais dificultoso, uma vez que, ao contrário do que acontece com a mandioca-mansa, apenas o cozimento não é suficiente para garantir sua segurança.

Podendo ser realizada com mais facilidade em ambiente industrial, a “domesticação” da mandioca-brava é feita há milhares de anos pelos povos indígenas. 

O processo envolve etapas como remoção da casca, prensa da polpa, fervura e fermentação do vegetal. Além de ser trabalhoso, pode levar dias até que o alimento esteja pronto para o consumo.

Mas o ritual é imprescindível. Entre as consequências da ingestão de mandioca-brava crua, mesmo que em pequena quantidade, estão paralisia das pernas, perda da fala e diversos outros problemas neurológicos, podendo, em muitos casos, levar o indivíduo à morte.

Mandioca para calopsita: pode ou não pode?

Algumas frutas e legumes para calopsita são permitidos, mas mandioca crua, não. Nunca sirva mandioca crua para a ave. Além disso, independentemente do preparo, você também não deve oferecer mandioca-brava para sua amiga emplumada. 

Devido ao tamanho e ao peso da calopsita, os glicosídeos cianogênicos presentes nesses alimentos certamente acarretarão prejuízos à saúde da ave, podendo, inclusive, levá-las a óbito.

Calopsita pode comer mandioca-mansa cozida. Se o preparo for feito de maneira correta, ela pode não ser tóxica para a penuda. Contudo, o excesso de carboidratos presente no alimento contribui para o aumento de peso. 

calopsita branca e vermelha

Na dúvida se calopsita pode comer mandioca e se quiser variar a alimentação da ave, dê preferência a outros alimentos mais leves e seguros. Exemplos são maçã sem sementes, melão, almeirão, entre outros. 

Para mais dicas e informações alimentares para seus pets, continue navegando pelos conteúdos aqui, no blog da Petz! Postamos recomendações diariamente para assegurar a saúde e bem-estar do seu bichinho.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *