Cuidados com filhotes – O que os tutores devem saber

Postado por PETZ, em Atualizado em Jul 12, 2017

Cães
Cuidados com filhotes – O que os tutores devem saber
Tempo de leitura: 4 minutos

Se você adotou ou comprou um filhote recentemente ou, ainda, tem pensado seriamente em fazer isso pela primeira vez mas está inseguro (a) sobre os cuidados com filhotes que tutores de pets devem ter, se acalme!

Por mais preocupações que os cuidados com filhotes podem trazer a você, você rapidamente perceberá que toda a responsabilidade e preocupação são compensadas pela quantidade de amor que um filhote de cachorro poderá te dar em troca do seu tempo, esforço e dedicação.

Criança aprendendo sobre cuidados com filhotes

Pensando nisso, preparamos um manual sobre cuidados com filhotes de cães e gatos para te ajudar a perceber que a tarefa não é tão impossível quanto ela pode parecer!

Dicas básicas de cuidados com filhotes

  • Compre uma caminha para cachorros

Ainda que seu filhote chore durante a noite, não o permita dormir na sua cama. Um filhote de cachorro precisa de uma caminha para cachorros ou de uma casinha própria para que ele possa descansar, aprender as regras da casa e praticar fazer as suas necessidades no lugar certo (cachorros não sujam os locais onde dormem!).

Seu filhote deve dormir na caminha ou na casinha durante a noite e ser colocado nela sempre que você não estiver em casa ou não puder supervisiona-lo, mas lembre-se de permitir que ele saia algumas vezes por dia para se exercitar e brincar pela área que você permitir que ele circule.

  • Coloque um brinquedo macio na caminha

Grande parte dos filhotes usa um brinquedo de pelúcia como travesseiro, pois o conforto os lembra de quando eles ficavam aninhados às suas mães.

Alguns tutores de pets, ainda, optam por colocar um relógio tic-tac na caminha ou na casinha do filhote, pois o som produzido pelo relógio lembra o de uma frequência cardíaca bastante tranquilizante.

Outros tipos de brinquedos, como os de morder, os que fazem algum outro tipo de barulho ou os educativos (que permitem esconder petiscos ou ração no interior), podem estimular o filhote a se movimentar e preveni-lo de tédio, choro, choramingos e resmungos em excesso.

Filhote com coelho de pelúcia

  • Demarque uma área para o seu filhote

Como dissemos, seu filhote não deve ser mantido preso na casinha ou na caminha o tempo todo; filhotes de cachorro precisam de espaço para brincar com você e com os brinquedos. Portanto, é fundamental preparar bem o local para recebe-lo e permitir que fique confortável.

O ideal é mantê-lo em uma área livre de objetos que possam ser destruídos por aqueles dentinhos em crescimento e deixá-lo circular livremente por ali, ou então delimitar o espaço de circulação dele em cercado.

 

  • Recolha a tigela de comida depois que o filhote comer

Ainda que a tigela de água deva ser mantida sempre à disposição, é importante que o seu filhote de cachorro tenha uma rotina de alimentação e saiba que ele precisa comer nos horários delimitados por você, por isso sirva a comida a ele e retire a tigela depois que ele terminar de comer, evitando que ele aprenda a comer aos poucos durante o dia inteiro.

  • Saiba que acidentes irão acontecer

Seu filhote não chegará em casa sabendo exatamente como se comportar, por isso não bata ou grite com ele quando acidentes acontecerem. Quando seu filhote fizer as necessidades dele no lugar errado, limpe tudo e leve o filhote e o que você tiver usado para limpar a sujeira para fora da área onde isso aconteceu.

Deixe que o filhote cheire o pano ou a toalha de papel, mas não esfregue no focinho dele nem nada do tipo, pois agressão não é o caminho para um bom treinamento, certo?

  • Evite acidentes desnecessários

Filhotes são supercuriosos e não têm noção do que pode ser perigoso para eles. Por isso, é essencial fazer uma busca na casa antes da chegada do filhote, retirando do caminho e do alcance todo tipo de objeto que possa acabar facilitando acidentes. Fios e tomadas devem ser cobertos, e objetos pequenos, produtos de limpeza, plantas tóxicas e venenos, entre outros, devem ser retirados do alcance do pet.

  • Leve o seu novo filhote de cachorro ao veterinário

Assim que possível, leve seu filhote a uma consulta com um veterinário, que poderá aplicar todas as vacinas e vermífugos necessários para o bem-estar do seu novo mascote, além de poder te aconselhar sobre os outros cuidados, alimentação e dicas de socialização.

Para ter acesso a excelentes profissionais para te ajudar com os cuidados com filhotes, encontre a unidade Petz mais próxima a você e nos faça uma visita!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *