Gato vomitando espuma branca? Saiba o que fazer!

Postado por PETZ, em 09/01/2021

Gatos
Gato vomitando espuma branca? Saiba o que fazer!

Quem tem um bichano em casa sabe que encontrar um pouquinho de vômito na sala não é tão raro assim! Porém, um gato vomitando espuma branca é sempre motivo de atenção. Esse sintoma pode estar associado a diversos problemas, desde uma simples indigestão até doenças sistêmicas graves. 

gato doente

Por isso, é necessário estar atento aos outros sinais de que seu pet precisa de ajuda. Pensando nisso, elaboramos um guia com tudo o que você precisa saber sobre gato vomitando espuma. Continue lendo para aprender a cuidar do seu filho de quatro patas! 

Vômito é normal? 

Os bichanos são pets com um jeitinho particular. Afinal, você conhece outro peludo que toma banho sozinho, enterra as próprias necessidades e ainda adora sua independência? Porém, tais comportamentos podem trazer algumas consequências para os felinos, como os vômitos. 

É o que explica a Dra. Juliana Brondino, médica-veterinária da Petz. “O costume de lamber a pelagem causa esse fenômeno. A formação das bolas de pelos é quase inevitável”, afirma. 

Além disso, há o fato de os felinos serem muito restritos em suas dietas. Por isso, se comem algo diferente daquilo que estão acostumados, logo colocam para fora.  Assim, um vômito ou outro é completamente normal para os bichanos. Mas quando devemos ficar atentos? A Dra. Juliana explicou também os pontos de atenção. 

Quando é sinal de perigo? 

Os bichanos, assim como outros pets, podem vomitar de vez em quando devido a diferentes problemas. Então, como saber quando o gato vomita espuma branca é sinal de perigo? De acordo com especialistas, quando um peludo está regurgitando muito, é possível classificar em dois quadros. São eles: 

  • Vômitos agudos: ocorrem quando um gato saudável passa a vomitar com muita frequência. Geralmente, o pet pode vomitar várias vezes em um curto espaço de tempo ou passar a regurgitar diariamente. 
  • Vômitos crônicos: são chamados vômitos crônicos quando os pets vomitam regularmente em um longo período de tempo. Geralmente, se o bichano está vomitando com frequência por mais de três meses, é considerado um quadro de vômitos crônicos. 

Porém, o  mais importante é ficar atento a outros sintomas. Em alguns casos, as características podem se alterar, como gato vomitando espuma branca e não come, vômito com sangue, diarreia ou vômito amarelo. 

A Dra. Juliana explica que se seu pet estiver apresentando dor, apatia, falta de apetite ou não estiver cuidando da própria higiene, é necessário buscar ajuda de um veterinário o mais rápido o possível! 

Gato vomitando espuma branca: o que pode ser? 

Alguns problemas podem deixar um gato vomitando espuma branca. Conforme explica a Dra. Juliana, as causas mais comuns podem ser: 

1. Gastrite

A gastrite é uma das principais causas para um gato vomitando espuma branca. Ela ocorre quando há uma inflamação em seu estômago e pode ser divida em dois tipos: aguda ou crônica. 

A aguda geralmente acontece quando o bichano ingere algo tóxico, como objetos, plantas ou produtos químicos. Após o tratamento, o organismo do peludo volta ao normal e ele não apresenta mais problemas. 

Já a crônica é mais grave e precisa de tratamento constante. Nela, o estômago do felino fica permanentemente sensível e, caso haja um descuido, ele pode voltar a apresentar sintomas de inflamações, como o vômito. Em ambos os casos, um veterinário deve ser consultado para avaliar qual o tratamento mais indicado.

2. Pancreatite

O pâncreas é um órgão importante, essencial para uma boa digestão. Por isso, quando ocorre inflamação, o pet pode apresentar problemas gastrointestinais, como o vômito. Nesse caso, é comum aparecer outros sintomas, como queda de pelo, emagrecimento, apatia e falta de apetite. 

3. Vermes

Os vermes são parasitas que se alojam no organismo do pet e causam diversos problemas à sua saúde. Alguns deles podem infectar o trato gastrointestinal, causando problemas como vômito com espuma branca, emagrecimento, diarreia e apatia. 

4. Bolas de pelo

As famosas bolas de pelo também podem deixar um gato vomitando espuma branca. Conforme explica a Dra. Juliana, em alguns casos a pelagem em excesso pode obstruir o canal gástrico. 

Nesse caso, o bichano terá dificuldades de ingerir seus alimentos e realizar uma digestão correta. Como resultado, temos vômitos, emagrecimento e apatia. 

gato cabisbaixo

5. Corpos estranhos

Não são só as bolas de pelo que podem obstruir o sistema gastrointestinal dos bichanos. Se seu pet ingerir objetos indevidos, ele também pode ficar com problemas em sua digestão. 

Como os bichanos são muito seletivos em sua alimentação, essa não costuma ser uma causa frequente. Porém, se seu filho de quatro patas for um tanto travesso, esse pode ser o caso. 

6. Insuficiência hepática

O fígado também é um órgão essencial para a digestão. Entre suas funções está liberar a bile, uma substância necessária para a quebra da gordura no estômago. Além disso, também é responsável por desintoxicar o organismo, eliminando substâncias nocivas. 

Um problema no fígado leva a várias complicações de saúde, e o vômito é um sintoma comum. Outros sinais de doenças hepáticas incluem perda de peso, falta de apetite e mucosas amareladas.

7. Doenças sistêmicas

Além dos problemas passageiros, algumas doenças sistêmicas também podem deixar o gato vomitando gosma branca. É o caso da diabetes e do hipertireoidismo, duas enfermidades que necessitam atenção veterinária constante para preservar a saúde do bichano. 

Além dos vômitos, as doenças sistêmicas também podem apresentar outros sintomas, como sede excessiva, apatia e comportamento arredio. 

Gato vomitando: como tratar? 

O tratamento para meu gato que está vomitando espuma branca pode ser complexo? Sim! Isso porque, como várias doenças podem deixar o bichano com esse sintoma, o primeiro passo é descobrir a causa do problema. Para isso, consultar um veterinário é essencial. 

Apesar de, algumas vezes, um gato vomitando não ser nenhum sinal de perigo, somente o especialista poderá determinar a origem da doença e iniciar um tratamento. 

Agir às pressas, sem descobrir as causas do problema, pode causar ainda mais prejuízos para seu pet! Por isso, não confie em tratamentos alternativos ou remédio caseiro para gato vomitando. Tratar sem a orientação de um profissional coloca em risco a saúde do seu filho de quatro patas! 

Como prevenir o problema? 

Ver seu filho de quatro patas doente não é nada agradável. Por sorte, há formas de proteger seu amigo! Seguindo alguns passos preventivos, você pode oferecer mais saúde, bem-estar e qualidade de vida! 

  • Ofereça rações de qualidade: a ração é a base da alimentação dos nossos amigos de quatro patas. E, por isso, precisam de uma origem certificada. Os produtos premium e super premium são elaborados com ingredientes de qualidade, oferecendo mais segurança para os pets. 

Apesar de mais caras, essas rações possuem alto valor nutricional e, por isso, o bichano se contenta com porções pequenas. Ou seja, é um bom custo-benefício! 

  • Mantenha a vacinação e a vermifugação em dia: os vermes estão entre as principais causas de vômitos em gatos. Mas, para a alegria dos tutores, é fácil proteger nossos peludos! 

Administrando o vermífugo de forma regular, conforme a orientação de um veterinário, seu pet estará livre desses visitantes indesejados. Além disso, não podemos esquecer da vacinação, um processo essencial para manter a saúde dos nossos amigos sempre em dia. 

  • Faça visitas regulares ao veterinário: nas tarefas de uma boa tutoria, devemos contar com um aliado poderoso: o veterinário! Além de acompanhar o desenvolvimento dos peludos, os profissionais da saúde poderão notar qualquer alteração em seu organismo. 

Lembre-se que diagnosticar os problemas de saúde rapidamente e iniciar um tratamento precoce é a chave para uma recuperação rápida e tranquila! 

Seguindo os passos acima seu peludo estará mais seguro e protegido contra eventuais doenças. Além disso, lembre-se de oferecer um ambiente estimulante com brincadeiras, acessórios e, claro, muito carinho! 

gato miando

Se precisar de itens para deixar a vida do seu filho de quatro patas ainda mais divertida, conte com a Petz! Em nossas lojas você encontra rações, brinquedos, e tudo que seu amigo precisa. Venha nos fazer uma visita!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *