Olfato dos gatos: descubra porque ele é potente

Postado por PETZ, em 31/07/2021

Curiosidades
Olfato dos gatos: descubra porque ele é potente

O olfato dos gatos é muito importante para os pets, pois os ajuda a entender o que está acontecendo ao redor. Então, é normal chegar da rua com sacolas e ver seu bichano cheirando e o que está ali dentro. 

olfato dos gatos

Por trás do focinho de gato, há muita potência. Ele consegue perceber o cheiro que uma pessoa nunca notaria, descobrindo até informações sobre outros gatos, só de usar o órgão vomeronasal. 

Quer saber como tudo isso funciona? Então, leia mais sobre a função do olfato dos bichanos! 

O olfato dos gatos é muito potente

Além do sentido do olfato, os bichanos usam a visão, o paladar, o contato tátil e a audição para se comunicarem e interagirem com o meio. No entanto, em cada espécie, essas sensações atuam de uma forma.

Por que essa diferença acontece? Cada animal tem uma maneira de viver e sobreviver. Assim, os sentidos devem ser eficientes para a vida que ele leva, permitindo-o interagir com os demais seres da espécie. 

Vale lembrar que, quando um gato se esfrega ou “afofa” um objeto, ele deixa um cheiro ali. Nisso, ele comunica os outros gatos de que aquele território é dele. Como isso ocorre? O outro gato passa, sente o odor e sabe que um felino passou por lá. 

Isso já mostra como o faro do gato é importante na rotina de vida dele. Esse sentido também é muito potente. Se formos comparar o olfato do gato com o nosso, por exemplo, é possível dizer que o do pet é até 20 vezes mais potente que o dos humanos — incrível, não é?

Estruturas permitem que o olfato seja muito potente

O epitélio olfativo tem muito mais amplitude, o que dá um poder maior para as cavidades olfativas dos felinos. Ele ainda tem uma especialização a mais que o dos humanos: a presença do órgão vomeronasal, também chamado de órgão de Jacobson. Você já ouviu falar nisso?

Mesmo que você nunca leu nada sobre esse assunto, caso tenha um felino, provavelmente, já viu o pet usar o  órgão vomeronasal. Sabe quando os gatos cheiram muito um objeto ou um local e, na sequência, abrem a boca um pouco? Nesse momento, eles estão ousando o órgão vomeronasal.

olfato dos gatos

O ato de abrir a boca para usar o órgão vomeronasal recebe o nome de reflexo de Flehmen. O abrir da boca permite que o “cheiro” chegue a esse órgão especializado, que consegue identificar, de forma mais específica, o que foi cheirado. Ele está localizado, aproximadamente, atrás dos dentes incisivos.

É graças a ele que um gato macho consegue identificar se uma fêmea no cio passou por ali e fez xixi, por exemplo. O órgão vomeronasal ajuda nessa identificação, por isso é considerado de suma importância no acasalamento dos animais, principalmente no caso do gato feral. 

Glândulas odoríferas

O órgão vomeronasal também ajuda o animal a identificar as marcas deixadas pelas glândulas odoríferas de outros gatos, presentes nas patas, na cabeça, na bochecha, no queixo, na base da cauda e no rabo.

Cada lugar do corpo do gato deixa um cheiro característico daquela região. Então, sempre que o pet se esfrega pela casa ou até em você, está deixando o cheiro dele, marcando o território e avisando para os outros gatos que ele está por ali. 

Essa demarcação também é prazerosa para o gatinho. Assim, se você notar o seu pet se esfregando em algum lugar, saiba que ele está demarcando-o contentemente.

Remédio para gato na comida X olfato

Agora que você já sabe o quão apurado é o olfato dos gatos, fica mais fácil descobrir porque, ao colocar vermífugo ou qualquer medicamento misturado na comidinha, o pet não come o alimento, não é? Com os cães, isso funciona muito bem, mas, com os bichanos, é falha na certa.

O olfato dos gatos é apurado tanto para perceber a presença de uma presa ou de outro pet, quanto para notar que o tutor está tentando colocar algo a mais no “almoço” dele. Dessa forma, qualquer medicação será percebida pelo bichinho, que só vai comer se estiver com muita fome ou se o sabor do medicamento for agradável.

olfato dos gatos

Assim, é difícil “enganar” o felino para medicá-lo colocando o remédio no meio do alimento. O melhor é inseri-lo diretamente na boca, para evitar que fique sem tomar a medicação prescrita pelo médico-veterinário. 

Por falar em olfato dos gatos, os bichanos também adoram o cheiro da erva de gato. Na Petz, temos o produto disponível para a venda. Adquira e deixe o seu gatinho muito feliz! 

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *