Como cuidar de uma iguana: espaços grandes e pequenos

Postado por PETZ, em Atualizado em Dec 4, 2020

Pets
Como cuidar de uma iguana: espaços grandes e pequenos
Tempo de leitura: 4 minutos

Campeãs de popularidade quando o assunto são répteis de estimação, as iguanas encantam por sua beleza exótica. Para quem não busca interação constante com o pet, elas são uma ótima opção. Contudo, ainda existem muitas dúvidas sobre como cuidar de uma iguana do jeito certo.

Isso vale tanto para aqueles que moram em locais espaçosos, como casas, quanto para quem mora em apartamentos. Vamos descobrir como criar uma iguana em qualquer lugar?

Terrário: a casa da iguana independente do local

As iguanas são frequentemente recomendadas como pets para aqueles que moram em locais pequenos. Um dos principais motivos para isso é que, diferentemente de um cão ou gato, o réptil não ocupa a casa inteira. Muito pelo contrário!

Por serem animais exotérmicos, isto é, que regulam sua temperatura interna a partir da temperatura externa, é fundamental que sejam criados em um terrário. Afinal, somente nele será possível controlar as condições de temperatura e de umidade adequadas. Isso é muito importante para o bem-estar de uma iguana!

Cuidado com o tamanho do terrário!

Por passar o tempo todo dentro do terrário, as iguanas se adaptam muito bem a casas e apartamentos. No entanto, antes de optar por esse pet, é preciso pensar no tamanho do acessório. Isso porque, embora tenham em média 20 cm quando novas, iguanas saudáveis podem chegar a 2 metros de comprimento!

Portanto, se não quiser ter que comprar um novo terrário no futuro, é bom já escolher um de tamanho adequado. Ao mesmo tempo, verifique se você terá espaço para ele na sua casa, o que nos leva ao formato do terrário.

Formato: é melhor um terrário vertical ou horizontal?

Você talvez já tenha ouvido falar em pedra aquecida de iguana, não é mesmo? Pois saiba que se trata de um acessório bastante inapropriado para esse réptil. Ao contrário do que muitos acreditam, o réptil não gosta de ficar parado sobre o solo.

Na verdade, são animais tipicamente arborícolas, ou seja, que passam a maior parte do tempo nas árvores. Sendo assim, não adianta comprar um terrário grande, mas horizontal.

O formato de terrário mais adequado nesse caso é o vertical. Lembrando que você também deverá equipá-lo com tronco e substrato, entre outros itens e acessórios. Fique atento a essa dica importante na hora de entender como cuidar de uma iguana.

As condições de temperatura e de umidade no terrário

Como já dissemos por aqui, a iguana doméstica ou não regula sua temperatura interna a partir da temperatura externa. Mas isso não significa que ela se adapta bem a qualquer tipo de ambiente.

Originárias de regiões tropicais, as iguanas dependem de temperaturas entre 25°C e 30°C pela manhã, e entre 20°C e 25°C durante a noite. Com menos do que isso, o metabolismo delas desacelera, comprometendo o crescimento e a imunidade do pet.
Já em relação à umidade, o ideal é que ela fique sempre entre 70% e 80%. Se mantida num patamar inferior, a iguana pode ficar com a pele ressecada. Por outro lado, deixar o índice de umidade acima do recomendado contribui para o surgimento de fungos e de doenças de pele.

Para manter o terrário nas condições adequadas de temperatura e de umidade, os acessórios mais recomendados são respectivamente lâmpada de aquecimento e umidificador.

Em ambos os casos, eles devem ser usados junto com termômetro e higrômetro para fazer a medição. Vale lembrar, ainda, que iguanas precisam de ao menos 12 horas diárias de claridade. Por isso, aposte nas lâmpadas para répteis com emissão de raios UVB.

Cuidar de uma iguana é prático, mas não é barato

Quando bem cuidado, esse réptil pode viver por mais de 10 anos e chegar a quase dois metros de comprimento. Mas é raro ver isso acontecer, o que nos leva à pergunta: se entender como cuidar de iguana é relativamente fácil e elas podem ser criadas em casa, por que é tão comum que fiquem doentes?

Segundo a Dra. Mariana Pestelli, veterinária da Petz especialista em animais silvestres, o problema é que boa parte das pessoas adquire o réptil de maneira ilegal. Logo, não estão dispostas a gastar para garantir o bem-estar do animal e criar a iguana de forma adequada.

Nesse sentido, a médica-veterinária diz que, apesar da praticidade, a maior parte dos acessórios para répteis é importada. Sem contar o uso de rações específicas do tipo super premium, que garantem a nutrição do pet.

Vale a pena pensar em tudo isso antes de adquirir uma iguana! Na hora da compra, é fundamental verificar se o vendedor é autorizado pelo Ibama, pedir o certificado de manejo e se o pet está microchipado.

Isso mostra que a iguana nasceu e foi criada corretamente em cativeiro e não retirada da natureza. Ao comprar répteis e aves de maneira legal, você contribui para conter o tráfico de animais, responsável pela morte de milhares de animais todos os anos.

Se você é um tutor que sabe bem como criar uma iguana ou deseja adotar esse réptil, aproveite e encontre tudo para ela na Petz. Aqui, temos os melhores acessórios e rações para que o bem-estar do seu bichinho de estimação.

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *