Acupuntura animal: conheça tudo sobre o procedimento

Postado por PETZ, em Atualizado em Dec 18, 2019

Cachorros
Acupuntura animal: conheça tudo sobre o procedimento
Tempo de leitura: 4 minutos

No Brasil, práticas complementares de medicina veterinária, como a acupuntura animal, vêm ganhando espaço e já estão disponíveis para quem busca maior variedade de terapias para ajudar na saúde do pet.

Se você se interessa pelo assunto, continue lendo e aprenda mais sobre acupuntura veterinária e quatro outros tratamentos complementares!

Lembre-se: saúde animal em primeiro lugar!

Antes de falarmos sobre acupuntura em animais, é importante lembrar que saúde é coisa séria. Se seu amigo de quatro patas apresenta algum sintoma, a primeira coisa a fazer é procurar o médico-veterinário. Os tratamentos complementares são ótimos e podem ajudar muito em casos específicos.

No entanto, eles devem ser sempre prescritos e acompanhados por um especialista. A falta do tratamento adequado pode complicar o quadro de saúde de seu melhor amigo. Por isso, sempre consulte um especialista antes de qualquer terapia!

1. Acupuntura animal

A acupuntura para animais é uma das terapias mais procuradas por tutores que buscam um tratamento menos invasivo! Milenar, a prática foi reconhecida como especialidade médica no país em 1995, após sucessivos estudos comprovarem sua eficácia.

cachorro olhando para cima

Conforme explica a médica-veterinária acupunturista da Petz, Dra. Marcela Michilato, o procedimento é indicado para diferentes enfermidades, sendo que os pacientes mais frequentemente atendidos são cães e gatos que precisam recuperar os movimentos após alguma doença.

Além de eficiente, a acupuntura animal é indolor e não possui contraindicações. Ou seja, não faltam motivos para buscar esse tratamento para seu melhor amigo! No entanto, a Dra. Marcela lembra que o tratamento só deve ser feito por profissionais capacitados. Caso tenha interesse na acupuntura de animais, busque um veterinário acupunturista certificado em uma clínica de sua confiança.

2. Florais: excelente opção terapêutica

Os florais também fazem parte dos cuidados com cachorro e tratamentos complementares para pets que vêm conquistando espaço! Indicado para diferentes situações, o floral para cachorro ou gato funciona de maneira simples.

São essências naturais de flores e outros elementos orgânicos, que auxiliam nossos amigos a atingirem uma melhor saúde mental. Os florais para pets podem ser uma ótima opção para diversas situações, como:

  • adestramento;
  • agressividade;
  • ansiedade;
  • depressão;
  • estresse;
  • latido excessivo,
  • síndrome do abandono.

Basta pingar algumas gotinhas na língua do pet. Caso seu filho de quatro patas seja agitado, também é possível diluir o floral na água. Como é natural, o produto não possui contraindicações.

No entanto, os médicos-veterinários lembram que os florais devem ser utilizados como terapia complementar, principalmente em casos de estresse e alterações de comportamento. Eles não substituem tratamentos com remédios e não curam doenças mais graves.

Cachorro na grama.

3. Homeopatia animal

A homeopatia é um tratamento similar ao uso dos florais. Aliás, muitos profissionais utilizam as duas técnicas em conjunto! Um princípio ativo é diluído em certa proporção em um líquido ou colocado em pequenos comprimidos para tratar diferentes doenças e sintomas, especialmente problemas comportamentais.

Basta misturar o composto na ração ou água de seu amigo de quatro patas. A homeopatia, assim como os florais, deve ser utilizada com acompanhamento do médico-veterinário e, de preferência, como terapia complementar.

4. Musicoterapia para cães e gatos

Ninguém duvida do poder da música, não é mesmo? Pois saiba que os pets também adoram uma boa melodia! Estudos demonstram que a música possui grande efeito terapêutico para os animais. É a chamada musicoterapia!

Conforme explica a médica-veterinária Dra. Luciana Martins Neves, a musicoterapia para cães e gatos tem mostrado excelentes resultados nos cuidados com filhotes de cachorro e bichanos.

A especialista cita um estudo no qual os pets que ouviram música tiveram redução de inquietação, ansiedade, agressividade e frequência respiratória em comparação com os que não passaram pelo tratamento.

Cachorro com fone de ouvido

E quando nossos amigos estão mais tranquilos, podem combater doenças de forma muito mais eficaz! Apesar de excelente para a saúde de nossos amigos peludos, a musicoterapia deve ser utilizada como terapia complementar e sempre com aconselhamento de um médico-veterinário.

5. Massagem como cuidados com pets

Quem não gosta de uma boa e relaxante massagem? Mais do que uma atividade prazerosa, a massagem para pets pode ser também uma terapia! Além de deixar nossos amigos mais calmos e tranquilos, a massagem ainda auxilia na movimentação dos membros e melhora a circulação do sangue.

É um tratamento especialmente utilizado por veterinários fisioterapeutas, que sabem como realizar o movimento adequado para cada caso. Claro, isso não impede que você realize gostosas massagens no seu filho de quatro patas enquanto está em casa. Para uma terapia eficaz, porém, o ideal é sempre procurar um especialista.

Conhecer tratamentos complementares é excelente para descobrir novas maneiras de auxiliar seu melhor amigo. Contudo, é importante lembrar que todo tratamento deve ser acompanhado por um veterinário e que, em alguns casos, o medicamento para cachorro é obrigatório.

Só um especialista saberá analisar cada caso e indicar os melhores caminhos para a saúde de seu filho de quatro patas. Se você se interessa por tratamentos de acupuntura animal, procure uma unidade da Petz!

Nossas clínicas possuem diversas especialidades, inclusive em medicina complementar. Venha nos fazer uma visita!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *