Dicas da odontologia veterinária sobre saúde bucal

Postado por PETZ, em 25/04/2020

Cães
Dicas da odontologia veterinária sobre saúde bucal

Entre os ramos da medicina animal, a odontologia veterinária talvez seja um dos menos procurados pelos tutores. Mesmo aqueles que buscam uma boa qualidade de vida ao pet, com alimentação equilibrada e exercícios regulares, geralmente se esquecem da saúde bucal e ignoram as doenças que o descuido pode causar.

dentes de cachorro

Pois saiba que, assim como nós, animais precisam de cuidados cotidianos para manter uma boca saudável. Mais que uma questão estética, cuidar dos dentes de seu cachorro vai evitar doenças e garantir maior qualidade de vida para ele. Vamos saber mais sobre os benefícios do cuidado dentário?

O que é odontologia veterinária e por que ela é importante

A odontologia veterinária é o ramo que se preocupa com a saúde bucal dos pets, seja relacionado a problemas mais simples quanto a doenças que afetam não só o dente de cachorro. E pode ser subdividida em diversas áreas, como:

  • Periodontia: destinada a evitar e tratar problemas dos dentes e gengivas;
  • Ortodontia: busca corrigir anormalidades de alinhamento dos dentes,
  • Endodontia: atua na raiz dos dentes, mais conhecida como tratamento de  canal.

Praticamente todos os procedimentos odontológicos disponíveis para humanos também existem para pets, inclusive a utilização de aparelhos dentários. Porém, o mais importante na odontologia veterinária é evitar problemas causados pela falta de hábitos saudáveis.

Por isso, não espere que o amigo peludo apresente uma complicação bucal para buscar um dentista veterinário. As consultas devem ser regulares a fim de garantir a saúde do pet como um todo.

Como evitar problemas bucais

Quando se pensa em saúde bucal, qual é a primeira coisa que você imagina? Muito provavelmente, escovar os dentes! Pois saiba que essa prática também é necessária aos cães.

Restos de alimento podem ficar presos nos dentes do cachorro, provocando o desenvolvimento de bactérias, mau hálito, gengivite, tártaro, entre outros problemas. E a escovação é o principal método para evitar essas doenças.

“Falta de escovação é, sem dúvidas, o principal motivo para doenças periodontais”, diz a Dra. Mariana Lage, especialista em odontologia veterinária da Petz. E, apesar de os pets serem capazes de aprender muitas coisas, escovar os dentes não é uma delas. Por isso, cabe ao tutor realizar essa prática. 

Inclusive, em lojas especializadas, é possível encontrar uma ampla variedade de produtos para escovar dente de cachorro, entre eles escovas, cremes dentais e outros itens que facilitam a vida do tutor e do amigo de quatro patas.

gato com boca aberta

O que causa mau hálito em pet e como prevenir

Uma das queixas mais comuns que leva os tutores a buscarem a odontologia veterinária é o mau hálito em cachorro. Além de ser desagradável, esse problema pode ser sinal de uma doença mais grave, e deve ser acompanhado por um especialista.

A causa mais comum de cachorro com mau hálito é a falta de escovação. Porém, caso os dentes estejam comprometidos, é necessária a avaliação de um veterinário. “A extração de alguns deles pode ser indicada para melhorar a qualidade de vida do pet”, explica a Dra. Mariana Lage. 

“Isso pode acabar com as possíveis dores e evitar que o problema se torne mais extenso — além de reduzir ou, na maioria das vezes, eliminar completamente o mau hálito” conclui.

Tártaro é mais perigoso do que parece

O tártaro é outra disfunção comum entre pets, principalmente cachorros. Trata-se de uma placa bacteriana que endurece, tornando praticamente impossível a remoção por métodos caseiros.

Além de contribuir para o mau hálito e de prejudicar a estética dos dentes, o tártaro pode ser a origem de problemas mais graves, como gengivites ou infecções. De acordo com a Dra. Mariana Lage, para evitar o tártaro em cães, são necessários cuidados rotineiros.

“Dentro de um período de apenas 24 horas, a placa bacteriana já é capaz de se organizar e se transformar em tártaro” diz a médica-veterinária. Após sua formação, a visita ao veterinário é indicada para limpeza dos dentes.

“Em uma avaliação, é possível verificar se todos os dentes do pet estão saudáveis — por meio de raio-x — e se há a formação de tártaro. Caso a resposta seja positiva, é possível anestesiar o pet e fazer uma limpeza, evitando que o problema evolua e provoque consequências mais graves”, diz a especialista.

Problemas de gengivite para a saúde

Outro problema comum decorrente da falta de higiene bucal são as gengivites. Caracterizadas por inflamações nas gengivas, além de provocarem sangramentos e dores no pet, a doença pode levar a complicações e até queda de dentes.

Se não for bem tratada, a gengivite em cães pode, ainda, gerar uma infecção, contaminando o sangue e atingindo outros órgãos, como rins, fígado ou mesmo o coração. Por isso, ao notar sangramento ou inflamação na gengiva do cãozinho, procure um veterinário o mais rápido possível para um acompanhamento.

Previna e cuide da saúde bucal do pet

Todo tutor gosta de saber que o amigo peludo está saudável e contente. Por isso, mais do que buscar um tratamento imediato em caso de problemas, é fundamental tomar medidas para prevenir o surgimento de doenças.

Escovação diária e visitas rotineiras ao veterinário é a melhor maneira de garantir o bem-estar do pet e evitar doenças. Além disso, oferecer rações e petiscos específicos para cachorros, assim como brinquedos destinados à limpeza de tártaro em cães, também ajuda a evitar o acúmulo de restos nos dentes.

cachorro com boca aberta e língua de fora

Agora que você entende a importância da odontologia veterinária, confira o blog da Petz para ter acesso a outras informações sobre conteúdos de bem-estar e saúde animal!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *