Cachorro tremendo: o que pode ser?

Postado por PETZ, em Atualizado em Oct 15, 2020

Cachorros
Cachorro tremendo: o que pode ser?
Tempo de leitura: 4 minutos

Muitos fatores podem deixar um cachorro tremendo. Frio, excitação e estresse, por exemplo, são algumas das causas mais comuns. Porém, a tremedeira também pode significar algo mais sério, como um problema no sistema nervoso ou envenenamento. 

cachorro escondido

Por isso, é importante que você saiba as principais causas e como ajudar seu amigo. Se você encontrou seu cachorro tremendo e está se perguntando o que fazer, continue lendo. Preparamos um guia com tudo sobre o assunto! 

Cachorro tremendo: principais causas

Nem sempre um cachorro tremendo está com um problema se saúde. Algumas situações comuns podem deixar o peludo mais agitado e, consequentemente, vem a tremedeira. 

É o que explica a Dra. Heloísa Souza, médica-veterinária da Petz. Tudo vai depender do ambiente, da personalidade do cãozinho e de sua rotina. As principais causas para cachorro tremendo e o que pode ser são:

  • Frio: os pets são tão sensíveis às temperaturas quanto nós. Dessa maneira, os cachorros também podem tremer de frio! Nesse caso, o problema é fácil de resolver. Basta aquecer seu peludo com roupinhas, uma cama confortável, cobertores e muito carinho! Se mesmo aquecido o cachorro continuar tremendo, busque um veterinário; 
  • Medo: algumas situações podem deixar um cachorro tremendo de medo! Isso ocorre especialmente com filhotes que ainda não estão acostumados com um novo ambiente. Nesses casos, o melhor é deixar seu peludo confortável e esperar até que ele se acostume ao novo lar. Não force interações, pois você poderá amedrontar ainda mais o cãozinho;
  • Dor: a dor é outro motivo por que o cachorro fica tremendo. Pode ocorrer quando o peludo sofre um trauma ou está doente. Geralmente, é associada a outros sintomas, como apatia, choros ou dificuldade de se locomover. Buscar ajuda de um veterinário é essencial.
  • Intoxicação: as tremedeiras também podem significar que o peludo comeu algo tóxico. É importante lembrar que mesmo em nossos lares há substâncias nocivas para os cães, como produtos de limpeza ou o temido chocolate. Além de tremer, o cachorro pode ter sintomas como vômitos, apatia ou perda de consciência. O recomendado é buscar auxílio veterinário o mais rápido possível. 
  • Causas nutricionais: problemas na alimentação também podem causar tremores. A hipoglicemia, ou baixo nível de açúcar no sangue, é o quadro mais comum. Nesse caso, um bom pote de ração deve resolver. Se os tremores persistirem, busque ajuda profissional. 
  • Questões neurológicas: alguns quadros neurológicos podem deixar o cachorro tremendo e triste. As causas podem ser tanto momentâneas como sistêmicas, e um veterinário sempre deverá acompanhar o caso. 
  • Síndrome do Tremor Idiopático: é uma doença sistêmica que pode atingir pets de todas as raças e tamanhos. Geralmente, causa tremores na cabeça, membros ou no corpo todo. A ciência veterinária ainda está tentando descobrir a causa do problema. Acompanhamento veterinário é essencial. 

A Dra. Heloísa explica que se os tremores persistirem, é essencial buscar ajuda de um profissional. Somente o veterinário poderá chegar a um diagnóstico preciso e dizer o que pode ser quando o cachorro fica tremendo, receitando o tratamento correto. 

Outros sintomas preocupantes

Alguns sintomas podem indicar que os tremores significam algo mais sério. Por isso, é importante ficar de olho no peludo e observar seu comportamento de perto. A Dra. Heloísa reforça alguns sintomas que indicam que o pet pode estar com um problema de saúde: 

  • Sangramentos;
  • Vômitos;
  • Diarreia;
  • Dificuldade de locomoção,
  • Desmaios.

Esses sintomas indicam um quadro mais grave e que precisa de uma atenção imediata. Assim, se você encontrar um cachorro tremendo que não consegue ficar em pé ou mancando, busque auxílio profissional o mais rápido o possível!

cachorro com olhar atento

O que fazer ao encontrar um cachorro tremendo

Como os tremores são sintomas comuns em diferentes problemas, o primeiro passo é analisar a situação. Outro ponto importante é tentar lembrar o histórico do cãozinho. As perguntas abaixo podem ajudar a pensar o que fazer ao encontrar um cachorro tremendo: 

  • Está um dia frio?
  • O pet está em um ambiente novo? 
  • Há outros cães ou pessoas desconhecidas por perto? 
  • Os tremores acontecem com frequência ou esse é um fato isolado? 
  • Ele está se recuperando de uma cirurgia? 
  • Houve um acidente ou trauma recentemente? 

Responder tais perguntas podem indicar se o pet está tremendo por razões naturais ou se há uma causa mais complexa. Alguns casos, como um cachorro tremendo após cirurgia, costumam ser menos preocupantes. Porém, há quadros graves e que precisam da ação de um especialista. 

Os tremores, de maneira geral, não são naturais e devem ser investigados. Se você não conseguir descobrir a causa, busque auxílio de um veterinário. Lembre-se que saúde é algo sério, e seu peludo merece sempre o melhor! 

cachorro tremendo

Nas clínicas da Petz você encontra consultórios bem equipados e uma equipe preparada para ajudar seu melhor amigo. Procure a unidade mais próxima e venha nos fazer uma visita!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *