Criação de iguana: conheça 5 doenças que podem afetar esse réptil

Postado por PETZ, em Atualizado em Jul 19, 2019

Bem-Estar
Criação de iguana: conheça 5 doenças que podem afetar esse réptil
Tempo de leitura: 5 minutos

As iguanas provaram ser ótimas companheiras e, nos últimos anos, vêm ganhando popularidade entre os tutores que buscam um pet diferente. Então, se você é interessado em criação de iguana e deseja conhecer mais sobre sua saúde, está no lugar certo!

Pode ser um pouco difícil encontrar muitas informações sobre essas amigas de sangue-frio. Mas, para te ajudar, separamos um guia com as cinco doenças mais comuns e como evitá-las.

Continue lendo para aprender mais sobre como é ter uma iguana de estimação!

1. Criação de iguanas: doença osteometabólica

Esta é, sem dúvidas, a doença mais popular em criação de iguanas. Este problema é muito comum entre os répteis domésticos de maneira geral, e ocorre quando há uma deficiência de cálcio. Ou seja, ela faz com que os ossos do pet se enfraqueçam.

Segundo especialistas, a principal razão para a doença osteometabólica é a alimentação inadequada. Como a iguana não encontra uma boa fonte de nutrientes, acaba por utilizar o cálcio dos ossos, deixando-os frágeis.

A falta de iluminação correta também pode ser um motivo, já que prejudica a formação de vitamina B, essencial para a saúde.

Os principais sintomas da enfermidade são:

  • Letargia;
  • Dificuldade em se locomover;
  • Inchaço nas pernas;
  • Maxilar inchado e mole.

Para evitar a doença osteometabólica, o principal é fornecer uma alimentação saudável e equilibrada.

A boa notícia é que rações específicas para iguanas são facilmente encontradas em lojas especializadas, como a Petz. Caso queira enriquecer a dieta com outros vegetais, também está permitido.

Além disso, manter a iluminação adequada é essencial. Lembre-se que elas são animais tropicais e devem receber 12h de sol por dia. Para reproduzir este ambiente, utilize lâmpadas UVA e UVB, ligadas durante metade do dia.

2. Estomatite Ulcerativa em iguana

Apesar do nome complicado, esta doença é simples e bastante comum entre répteis. Nos Estados Unidos, país em que a criação de iguanas é muito comum, veterinários chamam a estomatite ulcerativa de “boca podre”. Isso porque, é exatamente isso que ela causa: feridas nos lábios e gengivas.

As causas podem variar, e geralmente envolvem um ferimento na região. Especialistas destacam os seguintes motivos:

  • Autolesão ao se alimentar: isso ocorre principalmente em animais que ficam muito ansiosos com sua comida;
  • Machucados causados pelo terrário: terrários muito pequenos podem prejudicar o comportamento da iguana, que vai desejar sair deste espaço apertado. Ao colidir com o vidro ou esbarrar na tampa, o pet pode se machucar.
  • Brigas entre dois pets: se a iguana tiver companhia, pode ser que uma machuque a outra. Nem sempre o comportamento é intencional, mas uma ferida na região da boca pode evoluir para uma estomatite ulcerativa.

Para evitar a estomatite ulcerativa, o primeiro passo é adquirir um terrário para iguana adequado. Com um espaço confortável, ela ficará calma e menos ansiosa, e não irá se machucar com tanta facilidade.

Outra dica é colocar barreiras físicas, para evitar que o pet se confunda com o vidro e acabe se chocando contra ele. Por fim, a higienização correta do espaço é essencial para evitar doenças.

3. Criação de iguana: cuidado com os parasitas

Parasitas são um problema em todos os pets, inclusive nos répteis. Há dois tipos de parasitas: os externos e internos, e ambos podem trazer problemas de saúde.

Os externos, como ácaros e carrapatos, se alojam na pele, boca ou pálpebras, e causam muito incômodo em nesses animaizinhos. Esse tipo de enfermidade causa coceira excessiva e lesões na pele.

Apesar de ser muito desagradáveis, parasitas externos não costumam causar grandes problemas. Basta visitar um médico-veterinário que poderá receitar um tratamento simples.

Já os parasitas internos mais comuns são vermes e protozoários. Eles causam diferentes problemas gastrointestinais, e podem ser muito prejudiciais à saúde. Uma iguana filhote de estimação, por exemplo, com parasitas internos apresenta problemas de alimentação, perda de peso sem explicação e diarreia.

Uma visita a um veterinário especializado em pets silvestres irá ajudar sua amiga a se livrar destes hospedeiros indesejáveis.

4. Doenças respiratórias em iguanas

Assim como os humanos, as iguanas também podem sofrer problemas respiratórios. Há diversas doenças que podem afetar a saúde desse réptil. Podendo ser desde uma simples gripe até uma pneumonia severa.

Por isso, é necessário estar atento aos sinais que o pet não está bem de saúde. Segundo especialistas, os sinais de doenças respiratórias durante a criação de iguana são:

  • Dificuldade de respiração;
  • Apatia;
  • Falta de apetite;
  • Respiração chiada.

Ao notar um desses sinais, procure um veterinário imediatamente. A respiração, como todos sabem, é essencial para uma boa saúde. Problemas como esses podem gerar outras doenças.

5. Criação de iguana: preste atenção na iluminação

Além de saber que a iguana morde por conta do temperamento alterado, a iluminação é outro problema comum que pode ser evitado pelos tutores na criação de iguanas.

Os répteis precisam de luz artificial para manter uma boa saúde, e para isso lâmpadas especiais são essenciais.No entanto, uma iluminação mal instalada pode gerar queimaduras em nossas amigas de sangue-frio.

Para garantir que sua iguana terá um ambiente seguro e não sofrerá com queimaduras, instale as luzes fora do alcance do pet.

Seguindo as instruções de segurança, as lâmpadas fornecerão a luz, calor e vitaminas necessárias para seu réptil crescer saudável!

Apesar de algumas dessas doenças serem comuns em iguanas, a veterinária especialista em pets silvestres da Petz, Dra. Mariana Pestelli, explica que elas são animais resistentes.

Se o tutor oferecer todo o necessário para seu conforto, a iguana dificilmente ficará doente. Com um terrário espaçoso, luz em abundância e temperatura e umidade corretas, a iguana será uma boa companhia por muitos anos!

Precisa de equipamentos para seu pet? Na Petz você encontra todo o necessário para criação de iguanas! Visite a unidade mais próxima de você!

Compartilhe:

#

Petz

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Petz

#

Aqui você encontra tudo e um pouco mais sobre o incrível mundo animal e fica por dentro dos cuidados essenciais com seu bichinho de estimação, seja para um cachorro, gato, passarinho, hamster, peixes e muitos outros — ou todos eles!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *