»
»
»
Dogo Argentino

GUIA DE RAÇAS
Dogo Argentino

Neste guia você vai encontrar:

Um cão muito valente e fiel ao dono

CBKC - Grupo 02

Esse cão de grande porte é inteligente, alegre, forte e super ágil

Quem vê o Dogo Argentino pela primeira vez, talvez até se engane com sua fisionomia séria. Mas, na verdade, a aparência rústica e atlética contrasta com uma personalidade alegre e carismática. Não é à toa que o apego entre ele e seu tutor seja sempre tão forte.

Acompanhe o guia que preparamos e saiba tudo sobre essa raça tão popular na terra dos nossos hermanos. Assim, você já fica apto para receber um filhote desse cachorro como novo integrante da família!

Condição física

Cheio de energia, o cachorro dessa raça é conhecido em seu país de origem pelos trabalhos de guarda, busca e como cão-guia. Essas funções se dão por conta da facilidade em relação ao adestramento, assim como a resistência física acima da média.

Se você se identificou e pensa em ter um Dogo, leve em consideração que ele vai adorar uma rotina com atividades físicas. Além disso, trata-se de um animal que precisa de bastante espaço por conta da movimentação constante.

Expectativa de Vida

Expectativa de Vida do Dogo Argentino

Média de Altura

Média de altura do Dogo Argentino

Média de Peso

Média de peso do Dogo Argentino

Nível de Fofura

Nível de fofura do Dogo Argentino

Características

É adaptável?

Requer atenção?

Apartamento?

Late muito?

Gosta de gatos?

Gosta de crianças?

Gosta de cães?

Precisa exercitar?

É espaçoso?

Fácil tosar?

Problemas saúde?

É inteligente?

Gosta de brincar?

Cai muito pelo?

É sociável?

É amigavel?

É territorialista?

Fácil de treinar?

É cão de guarda?

É friorento?

É calorento?

Rações para Dogo Argentino

Destaques e curiosidades

Todo animal de estimação tem suas peculiaridades, e com nosso amigão não é diferente! Esse cachorro argentino possui excentricidades e várias histórias incríveis. Confira mais informações e fique por dentro de dados curiosos sobre o mundo dos Dogos.

A raça Dogo é hoje uma das duas únicas restantes com origem na Argentina. Ela divide o posto com o Pila Argentino. O Cão Polar Argentino e o Cão de Briga de Córdoba, espécies também criadas no país, já entraram em extinção.

Assim como acontece com importantes personagens históricos, existem estátuas e outras homenagens a cães da raça pelas cidades do país. Até porque, ela faz parte dessa restrita lista de últimos a resistirem bravamente, e continuarem a conquistar tantos tutores.

Ele também já serviu como cão de caça a diversos animais ao longo da história. Essa característica o deixou com fama de perigoso e foi uma das razões pela qual alguns países proibiram a entrada do Dogo em seus territórios. Reino Unido, Austrália e Nova Zelândia fazem parte desse grupo.

Dogo Argentino guia raças

A História do Dogo Argentino

Origem

A raça é originária de Córdoba, na região central da Argentina. O processo de reprodução e os registros históricos sobre a espécie são de autoria do Dr. Antonio Nores Martinez. Seu irmão, Agustín, foi responsável por continuar a popularização desse cachorro pelo país. O objetivo da dupla era criar um animal imbatível para a caça de pumas e javalis.

Ancestrais

Várias raças foram utilizadas durante os cruzamentos que levaram à obtenção do Dogo. Cães como os Bracos, Dogues Alemães, Dogo Argentinos, Buldogues Ingleses, Mastins dos Pirinéus, Pointers Ingleses e Galgos Irlandeses fizeram parte do processo. Todas essas têm o grande porte, a resistência e a vivacidade como pontos em destaque.

Padronização

A padronização da raça foi feita por Antonio Nores ainda na década de 1920. Esse registro tinha como ponto principal a definição das características físicas do novo cachorro e como ele poderia atuar como caçador. Infelizmente, o criador não conseguiu ver a espécie ser reconhecida pelas entidades cinológicas antes de seu falecimento, em 1956.

Reconhecimento

O reconhecimento do cachorro Dogo Argentino pela Federação Cinológica Argentina e pela Sociedade Rural Argentina aconteceu em 1964. Já a Federação Cinológica Internacional só reconheceu a raça em 1973. No ano de 1985, foi fundado o Dogo Argentino Club of America. Entretanto, a raça ainda não possui o reconhecimento definitivo do American Kennel Club.

Dogo Argentino guia raças

Características físicas

A musculatura desse cachorro é uma característica marcante. Muita gente o confunde com o Pit Bull por causa das tantas semelhanças físicas, no entanto, o Dogo Argentino tem tamanho grande e possui um crânio maior, com um focinho mais largo. Os lábios são aderentes com pigmentos pretos, enquanto os olhos são escuros e têm tamanho mediano.

As orelhinhas são médias e arredondadas na ponta, costumam ficar eretas, principalmente em estado de alerta. Com movimentação sempre ágil e firme, ele possui trote amplo e pode correr bastante.

Conheça rações para Dogo Argentino

Personalidade

O Dogo Argentino tem temperamento calmo. Trata-se de um cachorro silencioso, que só late em situações específicas. Ele também não costuma ser agressivo com os humanos, principalmente em relação ao tutor, por quem ele cria um amor incondicional.

Por outro lado, ele pode ter uma personalidade forte e independente. Ele costuma carregar o instinto de matilha em relação à família. Portanto, é essencial que seu tutor tenha autoridade e tome posse como líder de grupo, para determinar a hierarquia a qual ele deve obedecer.

Convivência

O apreço desse cão aos donos é um ponto forte que norteia uma convivência tranquila. Ele adora estar sempre acompanhado pela família, inclusive, com muito contato físico. O mesmo pode acontecer em relação à recepção de visitas e hóspedes. Contudo, é importante deixar claro que ele vai proteger seus familiares quando sentir alguma ameaça.

Se com as pessoas esse cão lida tão bem, a situação muda com outras figuras caninas. Ele é agressivo e dominante com outros indivíduos da mesma raça, principalmente os machos. Com bichinhos menores, o convívio é praticamente impossível, já que o Dogo Argentino tem comportamento e instinto forte de caça.

Socialização

O processo de socialização do Dogo varia muito de acordo com o adestramento, que deve ser iniciado ainda quando filhote. Lembre-se de que, originalmente, ele não era utilizado como cão de companhia e seu instinto de caçador e de guarda continuam.

Além do trabalho em relação à autoridade do tutor, é muito importante manter uma rotina adequada de exercícios físicos e brincadeiras. Essas atividades estimulam a mente e o equilíbrio físico, fora que contribuem para que ele não desenvolva um comportamento agitado demais.

Saúde e Bem-estar

Escovação dos pelos

Os pelos do Dogo são bem curtos e inteiramente brancos, com alguma mancha pretas na cabeça. A escovação da pelagem é uma tarefa fácil, porém, levando em consideração o porte desse nosso amigo, talvez possa demandar algum tempinho.

De qualquer forma, o ideal é que esse cuidado seja feito semanalmente. Utilize uma escova apropriada, de preferência com cerdas naturais, ou uma luva específica. O cachorro não solta muito pelo e as quedas podem diminuir ainda mais com a escovação regular.

Escovação dos Pelos do Dogo Argentino

Higiene

Esse cachorro não demanda tanta preocupação em relação aos banhos, que podem ser feitos a cada três meses. Esse intervalo não só pode, como deve, diminuir se o animal ficar muito sujo ou se o médico-veterinário indicar uma periodicidade maior.

Entretanto, tenha muito cuidado com a quantidade de banhos. O Dogo Argentino possui a pele bem sensível. Procure aplicar somente shampoos e condicionadores adequados ao tipo de pelagem dele e secá-lo muito bem.

A mesma precaução vale para os momentos em que o cachorro estiver ao ar livre. Ele não possui subpelo e a pele não tem proteção natural contra a incidência solar. Por isso, evite caminhadas em período de sol forte e aproveite todas as sombras pelo percurso.

Recomenda-se aparar as unhas uma vez por mês, caso não se desgastem naturalmente durante as atividades físicas. Contudo, alguns Dogos não toleram o corte, nesses casos, o tutor pode lixá-las. Lembre-se de utilizar sempre equipamentos apropriados, ou recorrer ao serviço de profissionais qualificados.

A escovação deve ser feita regularmente com uma escova indicada pelo médico-veterinário. O creme dental também deve ser recomendado pelo especialista. Seu uso é essencial para combater o aparecimento de tártaro e outros problemas bucais.

Cuidados com a saúde do Dogo Argentino

Por ser uma raça forte e super resistente, o Dogo Argentino raramente apresenta problemas de saúde. Contudo, algumas complicações podem acontecer em eventuais fases da vida desse cachorro, como a predisposição à surdez e à enfermidades nos olhos, como glaucoma e catarata, que são de origem congênita.

Assim como acontece com outros cães, ele também pode enfrentar doenças no quadril. A chamada displasia coxofemoral é muito comum em raças que passaram por vários cruzamentos. O importante é ficar atento a possíveis sintomas e procurar sempre a ajuda de um médico-veterinário.

Escovação dos Pelos do Dogo Argentino

Higiene e Limpeza para Dogo Argentino

Alimentação

A dieta alimentar desse cachorro também demanda alguns cuidados. O ideal é levar o pet ao nutricionista veterinário para receber orientações de uma alimentação saudável e nutritiva, com especificação para cada fase da vida do bichinho. O uso da ração apropriada e de petiscos na medida certa faz toda a diferença!

Acompanhamento

Mantenha as consultas com o veterinário sempre em dia. O acompanhamento da saúde do animal é essencial, pois previne diversas doenças e facilita o diagnóstico precoce de certas complicações. Além disso, os chamados check-ups de rotina também são oportunidades perfeitas para tirar dúvidas com o profissional sobre o comportamento, as atividades diárias e a alimentação do seu pet.

Filhotes

Filhotes

Além de ser a coisa mais fofa do mundo, o filhote de Dogo Argentino possui particularidades que devem ser levadas em conta antes da adoção. Assim como o cão adulto, o pequeno também vai precisar de bastante espaço para se movimentar. Essa fase é super importante pois ele está desenvolvendo sua musculatura e descobrindo o ambiente.

Todo filhotinho deve estar devidamente vacinado e vermifugado. Certifique-se de que seu novo amigo tenha passado por esse processo. Assim, você garante que ele tenha uma vida bem feliz e tranquila!

Dicas de adestramento

Os especialistas nessa raça não costumam indicá-la para tutores de primeira viagem. Essa restrição acontece porque o Dogo Argentino precisa ser controlado desde muito cedo. E mesmo que a pessoa já tenha tido outras experiências com outros cães, o adestramento ainda é fundamental.

Apesar de precisar deixar claro ao Dogo quem é que manda na casa, é essencial tomar cuidado com a forma como as ordens são dadas. Por apegar-se tão fácil ao tutor, ele pode ficar triste com determinadas ordens. Procure adequar o adestramento às brincadeiras e outras atividades interativas. Logo, seu cão estará contente e disciplinado!

Encontre produtos para Dogo Argentino aqui na Petz

Curtiu saber tudo sobre Dogo Argentino? Realmente, essa raça é super legal! Aproveite para conhecer opções incríveis de rações, medicamentos e acessórios que nós separamos especialmente para esse cãozinho.

Aqui, no Pet Shop on-line da Petz, é possível encontrar uma variedade incrível de produtos, com preços sensacionais, e ainda receber tudo diretamente em casa!

Produtos mais comprados para o Dogo Argentino

Ração Golden Special Sabor Frango e Carne para Cães Adultos
Ração Golden Special Sabor Frango e Carne para Cães Adultos
Comprar

Ração Golden Fórmula Senior para Cães Adultos Sabor Frango e Arroz - 15kg
Ração Golden Fórmula Senior para Cães Adultos Sabor Frango e Arroz - 15kg
Comprar
Ração Premier Fórmula Senior para Cães Adultos de Raças Grandes Sabor Cordeiro - 15kg
Ração Premier Fórmula Senior para Cães Adultos de Raças Grandes Sabor Cordeiro - 15kg
Comprar
Ração Premier Fórmula para Cães Filhotes de Raças Grandes Sabor Frango - 15kg
Ração Premier Fórmula para Cães Filhotes de Raças Grandes Sabor Frango - 15kg
Comprar

Raças relacionadas

Ver mais raças